Como uma dieta saudável ajuda você a viver melhor

· 8 de fevereiro de 2019
Muitos se perguntam qual é o segredo para a longevidade, mas o certo é que manter uma dieta saudável está entre os fundamentos para viver melhor durante muitos anos.

Todos sonhamos em ter uma vida longa, cheia de saúde e juventude. Agora, contraditoriamente a isso, muitas são as pessoas que na hora das refeições escolhem a primeira coisa que veem na geladeira, ou optam por comprar comida rápida ou fast food. Infelizmente, o que não sabem que a verdadeira chave para a longevidade é ter uma dieta saudável.

Isso não apenas nos ajudará a cuidar de nossa aparência, mas reduzirá o risco de sofrer de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, e ou outras complicações de saúde. Todas acabariam deteriorando a qualidade de vida do indivíduo.

Benefícios de manter uma dieta saudável

Uma dieta saudável e equilibrada é aquela que contém os nutrientes necessários para enfrentar o seu dia a dia. É composta de vegetais, frutas, cereais, peixes, carnes magras, laticínios, gorduras insaturadas, e fibras que garantem o bem-estar físico e mental do indivíduo. Tudo isso serve para o seguinte:

1. Fortalecer o sistema imunológico

O sistema imunológico é formado por um conjunto de estruturas biológicas responsáveis ​​pela proteção do organismo contra as bactérias, os vírus e os fungos. Por isso é importante mantê-lo 100% ativo através de uma dieta rica em vitaminas, minerais, e antioxidantes.

Manter uma dieta saudável aumenta a imunidade

Uma vez que este sistema tenha sido fortalecido, é capaz de reparar danos ou lesões leves no indivíduo.

Você estaria interessado em ler: 3 vitaminas de cúrcuma ricas em antioxidantes tão benéficas que você não vai acreditar!

2. Melhorar as funções cerebrais

Consumir uma dieta rica em nutrientes ajuda a melhorar as funções do cérebro, e a incrementar o desempenho intelectual das pessoas.

Entre os alimentos que os especialistas recomendam consumir para a memória estão os frutos secos, a frutas, os legumes, e o pescado.

A nutricionista Alma Palau, presidente do Conselho Geral de Dietistas-Nutricionistas da Espanha, explica em um artigo publicado no jornal El País que: “os ácidos graxos ômega 3 são muito importantes para a memória”.

Da mesma forma, outros nutrientes essenciais interagem no desenvolvimento cognitivo do sujeito. Entre eles estão o ferro, o iodo e a vitamina B12.

Ela diz que quando as pessoas sofrem de anemia, ou níveis muito baixos de iodo ou vitamina B12, suas funções neuronais são afetadas, seja na concentração ou na assimilação.

3. Fornecer energia ao corpo

Atualmente, as pessoas tendem a levar um estilo de vida acelerado que as exaure e as estressa demais. Em meio a isso, a alimentação é a melhor opção para recarregar nossa energia. Uma dieta rica em proteínas e carboidratos saudáveis ​​permitirá que o corpo recupere sua força rapidamente.

Uma dieta saudável ajuda a fornecer energia ao corpo

Por outro lado, é necessário esclarecer que os açúcares refinados costumam gerar picos de energia no indivíduo, mas de curta duração. No final, acabam causando mais cansaço, fadiga, e até mesmo complicações de saúde.

4. Manter você em forma

Sem dúvida, uma dieta equilibrada é o elemento fundamental para perder peso ou manter um peso ideal. Claro, acompanhado por uma boa rotina de exercícios. Um índice de massa corporal adequado é sinônimo de boa nutrição.

Chave para a longevidade de Valter Longo: uma dieta saudável

Valter Longo, ou mais conhecido como “o guru da longevidade”, é diretor de biologia celular do Instituto da Longevidade da Faculdade de Gerontologia da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos.

Durante 25 anos ele realizou um estudo para descobrir os hábitos alimentares das pessoas mais longevas do século XXI.

Assim, baseado em sua experiência de campo, ele publicou seu livro A Dieta da longevidade no ano de 2017. Nesse livro explicou a rotina alimentar que uma pessoa deve seguir para atingir 100 anos ou mais, com boa saúde.

Alimentos da dieta saudável

Explica que a dieta ideal de longevidade consiste no seguinte:

  • Em primeiro lugar, eliminar a carne vermelha, limitar a carne branca, e tomar 0,8 gramas de proteína por quilo corporal até os 65 anos.
  • Além disso, esse valor aumentará gradualmente.
  • Também os açúcares serão reduzidos ao mínimo.
  • Assim, não se deve consumir grandes quantidades de amidos, como pão, macarrão e arroz.
  • Por outro lado, o peixe só um par de vezes por semana.
  • Finalmente, as verduras e os legumes são abundantes.

Mantenha seu corpo jovem

Da mesma forma, ele recomenda jejuar pelo menos duas vezes por ano. Isso favoreceria a regeneração das células-tronco, o que contribui para manter uma aparência jovem e saudável.

Quanto às pessoas que engordam com facilidade, recomenda comer apenas duas vezes ao dia, além de dois lanches que contenham apenas 100 calorias.

Recomendamos que você leia: 5 lanches que você deveria ter à mão se quiser perder peso

Finalmente, o autor recomenda comer toda a comida do dia em 12 horas, distribuída entre 8 da manhã e 8 da noite. Esta dieta deve ser acompanhada por uma boa rotina de exercícios, que dure entre 20 e 25 minutos por dia.

Em conclusão, como você viu, uma dieta saudável contribui para a saúde e bem-estar do seu corpo. No entanto, este não é um processo que deve ser tomado de maneira irresponsável. Mediante qualquer dúvida, lembre-se de pedir a um especialista em nutrição que prepare um plano alimentar especialmente para você.