Como tratar a candidíase vaginal com remédios naturais

· 27 de outubro de 2018
A candidíase vaginal pode afetar o nosso estilo de vida, uma vez que a coceira será perceptível é muito incômoda. Felizmente, existem muitos métodos de prevenção para evitá-la.

A candidíase vaginal é uma infecção causada por diversas variedades de fungos, principalmente o Cândida Albicans. A infecção das membranas mucosas, como ocorre na boca ou vagina, é comum entre os indivíduos com um sistema imunológico normal. No entanto, essas condições são mais frequentes ou persistentes em pessoas com diabetes ou pacientes com AIDS, assim como em mulheres grávidas.

Esta patologia faz parte do grupo das doenças mais frequentes. Muitas pessoas, ao longo de suas vidas, já sofreram com essa afecção. Existem dois tipos de micose humana: superficial e profunda.

Neste artigo vamos explicar mais sobre essa doença: o que causa, seus sintomas e algumas dicas e remédios naturais para tratar a candidíase vaginal. Nós também vamos oferecer uma série de medidas preventivas para você não sofrer do problema novamente.

Causas

A maioria das mulheres tem candidíase vaginal em algum momento. Ela é frequentemente causada pelo fungo Cândida Albicans, encontrado em pequenas quantidades na vagina, boca, trato digestivo e na pele. Em geral, não provoca infecção ou sintomas.

A cândida e muitos outros micro-organismos que normalmente vivem na vagina mantêm um ao outro em equilíbrio. Às vezes, a quantidade de cândida aumenta, o que causa uma candidíase.

Não perca a seguinte leitura: Dieta para candidíase: alimentos permitidos e proibidos

Sintomas

O prurido vaginal é o sintoma mais comum da candidíase vaginal, embora também possa apresentar:

  • Queimação ou dor na área vaginal
  • Dor ao urinar
  • Dor durante a relação sexual

Prevenção

Homens e mulheres ao longo da vida podem sofrer desta doença. Essas dicas ajudarão a minimizar os riscos.

Manter uma boa higiene geralmente evita episódios de candidíase. É importante secar completamente as dobras cutâneas ao sair do banho.

Para evitar que os sintomas da candidíase oral piorem, é essencial escovar os dentes e usar enxaguante oral com flúor. O tabaco também deve ser evitado.

  • Para prevenir infecções por candidíase na área genital, é recomendado usar preservativos.
  • No caso de mulheres grávidas, recomenda-se também tomar iogurtes bioativos para manter a flora vaginal equilibrada.

Tipos de candidíase

Intertrigo Candidiásico

É a forma clínica mais frequente. Pode se alojar em grandes dobras de pele, como as axilas, virilha, dobra interglútea, região submamária, parte lateral do pescoço, ou em pequenas dobras como espaços interdigitais das mãos, pés e região retroauricular.

A pele fica vermelha, levemente inchada e pode até sair pus na superfície. É muito típico observar como essas áreas são delimitadas por uma fina borda escamosa e avermelhada. A pessoa que sofre com esse problema relata sentir coceira intensa e queimação.

Candidíase no sistema digestivo

  • Esofágica: aparece uma inflamação que causa problemas de deglutição, queimação e dor no tórax.
  • Gástrica: aparece principalmente naqueles pacientes que sofrem de úlcera gástrica.
  • Enterite: causa dor abdominal e movimentos intestinais frequentes. As fezes podem conter vestígios de sangue, causando desidratação devido à diarreia.
  • Anitis candidiásica: coceira com ardor e irritação no ânus.

Candidíase no sistema reprodutivo

Devemos ficar de olho nos seguintes sintomas:

  • Candidíase vulvovaginal: aparece devido a uma alteração do pH vaginal, principalmente em mulheres grávidas. Causa irritação e coceira na vagina.
  • Balanite: causa infecção na glande e no prepúcio do pênis, o que dá origem a pústulas que geram coceira.

Também recomendamos que leia: 5 dicas para evitar o contágio da candidíase vaginal

Remédios naturais eficazes para tratar a candidíase vaginal

Iogurte natural

Um excelente remédio caseiro para tratar a candidíase vaginal é comer iogurte natural. Este produto irá diminuir a acidez da vagina, retardando o crescimento dos fungos, pois eles preferem um ambiente mais ácido para se desenvolver.

Este remédio caseiro também pode ser usado por homens, pois regulariza e equilibra a flora intestinal e genital.

Ingredientes

  • Iogurte natural

Modo de uso

  • Tome 2 iogurtes ao dia até sentir melhoras

Gargarejos para tratar a candidíase vaginal

Gargarejos com alho e óleo para tratar a candidíase vaginal

O vinagre de maçã e o suco de limão têm propriedades antissépticas e antibióticas bem conhecidas. Por sua vez, o óleo essencial de melaleuca é um regenerador natural. A combinação desses três ingredientes efetivamente servirá como um remédio natural potente.

Ingredientes

  • 1 xícara de vinagre de maçã (250 ml)
  • 1 colher de sopa de suco de limão (15 ml)
  • 2 gotas de óleo essencial de melaleuca

Preparação

  • Misture os três ingredientes e mexa bem para formar uma mistura homogênea.
  • Gargareje 2 vezes ao dia para eliminar rapidamente os fungos da levedura.