Como saber se o seu adolescente está mentindo

24 de junho de 2019
Identificar a tempo as mentiras contínuas em adolescentes pode ser a chave para prevenir problemas de comportamento. Nós ajudaremos você a saber se seu filho está mentindo para você.

Como saber se o seu adolescente está mentindo para você? A comunicação entre pais e filhos é sempre um tópico de estudo e reflexão; especialmente em relação à mentira e ao engano nesse estágio de transição para a maturidade.

Quando você pode saber se o seu adolescente está mentindo para você

Quando os pais percebem que o filho adolescente está mentindo para eles, há um ponto de virada. Os pais, às vezes, evitam falar com o filho por causa do medo; como se fechassem os olhos para o problema. Ao mesmo tempo, o jovem sente a falta de confiança e evita conversar com eles.

Desta forma, um distanciamento gradual é criado e a supervisão dos pais também se torna difícil. E, a longo prazo, se isso não for resolvido, esse comportamento adolescente pode levar a dificuldades em se relacionar com seu ambiente, comportamento agressivoperda de autocontrole, etc.

Por este motivo, o primeiro passo é saber se o seu adolescente está mentindo para você em uma base regular. Se isso acontecer, será hora de buscar apoio profissional para resolver esse problema e recuperar o vínculo saudável entre pais e filhos.

Leia também: 9 regras para educar filhos fortes

Como saber se o seu adolescente está mentindo para você?

Alguns indicadores

Filha ciumenta

Para começar, se você está lendo este artigo é porque você já suspeita que seu adolescente esteja mentindo para você. Nesse caso, você já pode ter detectado um desses indicadores:

  • Ele exagera quando relata as coisas que ele viveu.
  • Ele, muitas vezes, recorre a pequenas mentiras.
  • Ele não lhe diz coisas que estão acontecendo na escola, como professores ou resultados de testes.
  • Você descobre outras coisas nas quais ele está envolvido.
  • Ele mostra fotografias (por exemplo, em redes sociais) que apresentam apenas uma parte muito positiva do que realmente ele é ou vive diariamente.
  • Você não tem a certeza do que ele faz quando sai com seus amigos.
  • Ele só lhe conta uma parte da história quando você pergunta a ele.

Linguagem corporal

Além disso, no momento em que conversamos com nosso filho; também podemos ficar atentos a alguns sinais detectáveis ​​por meio de sua linguagem corporal. Isso nos ajudará a detectar se o que conta é verdade ou não e será mais evidente em uma idade mais jovem.

Por exemplo, primeiro ele evitará olhar nos seus olhos enquanto mente. Além disso, pode ser que olhe para a direita, um movimento ocular relacionado à imaginação, isto é, à possível mentira. Também é possível que sua voz tenha um leve tremor e suas mãos estejam suando.

Leia também: Linguagem corporal: 7 chaves para melhorar sua segurança e convencer os outros

Como isso é expresso?

Quando você faz uma pergunta ao seu filho, você também pode ficar atento à sua maneira de se comunicar. Ele nunca terá a mesma facilidade de falar algo inventado na hora, diferentemente do que acontece quando ele conta algo que viveu na realidade.

Por exemplo, se ele mentir, poderá repetir a mesma coisa várias vezes ou dar muitos detalhes sobre a situação. Dessa forma, ele estaria procurando justificar algo irreal e se entregaria quando se excedesse.

Não deixe de conferir ademais: Mentiras perigosas que nos dizemos a nós mesmos todos os dias

Dificuldades emocionais

Mãe e filha

Todo adolescente já mentiu para seus pais. Este estágio de mudança apresenta muitas atrações para o filho que já se sente mais velho e quer experimentar tudo. Entretanto, se as mentiras são recorrentes; devemos também observar como nosso filho está emocionalmente.

Um adolescente que mente pode estar manifestando dificuldades emocionais. Por exemplo, uma baixa autoestima, um estágio de depressão ou estresse ou um forte sentimento de solidão. Quando mentir, ele tentará mostrar-se uma pessoa que não é, mas que gostaria de ser. Ou, ainda, mente para proteger seus pais para que eles não se preocupem com isso e para que possa resolver sozinho seus problemas.

Como pais, é fundamental detectar as mentiras dos nossos filhos adolescentes a tempo. Só assim poderemos evitar um comportamento negativo que prejudique muito o relacionamento e a confiança da família e, também, o jovem em seus relacionamentos sociais.

  • Engels, R. C. M. E., Finkenauer, C., & Van Kooten, D. C. (2006). Lying behavior, family functioning and adjustment in early adolescence. Journal of Youth and Adolescence. https://doi.org/10.1007/s10964-006-9082-1
  • Bureau, J. S., & Mageau, G. A. (2014). Parental autonomy support and honesty: The mediating role of identification with the honesty value and perceived costs and benefits of honesty. Journal of Adolescence. https://doi.org/10.1016/j.adolescence.2013.12.007
  • Perkins, S. A., & Turiel, E. (2007). To lie or not to lie: To whom and under what circumstances. Child Development. https://doi.org/10.1111/j.1467-8624.2007.01017.x