Fungos nos pés: como prevenir e tratar?

5 de novembro de 2014
Um ambiente úmido é ideal para a proliferação de fungos, por isso devemos tentar manter a área o mais seca possível. Podemos optar por aplicar um pouco de talco.

Os fungos podem se proliferar em qualquer parte do corpo, mas uma das regiões afetadas mais frequentemente são os pés. Assim como qualquer parte do corpo, os pés requerem um cuidado especial. No entanto, a maioria das pessoas não dá importância a essa parte do corpo e só começam a prestar a devida atenção quando algum problema se apresenta.

As infecções por fungos, também conhecidas como micoses, se apresentam com uma coceira muito incômoda que pode chegar a desesperar os que sofrem dela. Além de afetar os pés, também afeta as unhas, chegando ao ponto de destruí-las por completo.

Para evitar o aparecimento de fungos nos pés e nas unhas, é muito importante dar um cuidado especial a essas regiões. Tenha em mente que lugares como piscinas, clubes, e também os calçados que usamos, são os principais causadores de fungos.

Como prevenir o aparecimento de fungos nos pés e nas unhas?

Como prevenir o aparecimento de fungos nos pés e nas unhas?

Para evitar o aparecimento de fungos nos pés e nas unhas, basta ter alguns cuidados quanto à higiene dos pés todos os dias, em especial, no momento de se calçar.

Não deixe de ler: Importância de cuidar dos pés

  • Cuidado com os banheiros públicos. Em clubes, academias, piscinas, campings, entre outros, é comum encontrar chuveiros públicos bastante frequentados. Nesse lugares, devido à alta umidade, há mais risco de se contaminar por fungos nos pés e nas unhas. Por este motivo, é muito importante utilizar chinelos e, ao chegar em casa lavar muito bem os pés.
  • Hidratação. No verão, a pele dos pés tende a sofrer mais agressões do que em outros climas. Para evitar as rachaduras que se formam nos pés, é muito importante hidratá-los bem todos os dias utilizando cremes hidratantes.
  • Talco. O uso de talco, tanto no calçado quanto nos pés, é ideal para prevenir os fungos nas unhas. Escolher um talco anti-transpirante é muito importante para aqueles que sofrem de sudoração excessiva.
  • Calçado. Para evitar os fungos, é recomendável escolher um calçado com ventilação, que permita que o pé respire.
  • Utilize uma toalha pessoal e exclusiva para os pés. Isso é vital para a limpeza dos pés. É preciso separar uma toalha pessoal e que seja de uso exclusivo para os pés. Depois de seu uso, deixe secar ao ar livre para que seque bem e os fungos não se proliferem.

Tratamentos contra os fungos nos pés e nas unhas

Em geral, os fungos afetam os pés e as unhas ao mesmo tempo. Felizmente, existem vários remédios naturais que podem nos ajudar a reduzir e eliminar esse problema para ter pés saudáveis.

Leia também: 11 razões pelas quais seus pés transpiram em excesso

Vinagre branco

Este ingrediente tem mostrado resultados muito favoráveis no tratamento de problemas como o conhecido pé de atleta, bolhas, micose e outros problemas infecciosos na pele. Para isso, basta misturar duas medidas iguais de água e vinagre branco em um recipiente e mergulhar os pés nessa mistura por quinze minutos.

Óleo da árvore do chá

Tratamento contra os fungos nos pés e nas unhas com óleo da árvore do chá

O óleo da árvore do chá pode ajudar a reduzir significativamente a incidência de fungos nos pés. Para aproveitar suas propriedades, basta aplicar algumas gotas do óleo todos os dias nos pés, ou misturar o óleo em água e esfregar nos pés por dez minutos.

Alho

O alho é um alimento conhecido por suas propriedades antissépticas, antibióticas e desinfetantes, que podem combater efetivamente os fungos nos pés e nas unhas.

Para ambos os casos, pode-se socar um pouco de alho e colocar a pasta obtida na região afetada pelos fungos. Envolva com uma venda e deixe agir durante toda a noite. Outra opção é aplicar óleo de alho na região afetada várias vezes por dia.

Limão

Tratamento contra os fungos nos pés e nas unhas com limão

O limão é outro alimento com propriedades antissépticas e desinfetantes que podem combater os fungos com muita efetividade. Basta esfregar um limão na região afetada e deixar agir por dez minutos. Depois lave a área com um pouco de água.

  • Rotta, I., Otuki, M. F., & Correr, C. J. (2014). Athlete’s Foot. In Evidence-Based Dermatology: Third Edition. https://doi.org/10.1002/9781118357606.ch41
  • Gupta, A. K., Daigle, D., Paquet, M., Gandhi, B., Simpson, F., Villanueva, E., … Lyons, D. (2013). Topical treatments for athlete’s foot. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD010863
  • Carson, C. F., Hammer, K. A., & Riley, T. V. (2006). Melaleuca alternifolia (tea tree) oil: A review of antimicrobial and other medicinal properties. Clinical Microbiology Reviews. https://doi.org/10.1128/CMR.19.1.50-62.2006
  • Budak, N. H., Aykin, E., Seydim, A. C., Greene, A. K., & Guzel-Seydim, Z. B. (2014). Functional Properties of Vinegar. Journal of Food Science. https://doi.org/10.1111/1750-3841.12434
  • Bayan, L., Koulivand, P. H., & Gorji, A. (2014). Garlic: a review of potential therapeutic effects. Avicenna Journal of Phytomedicine.