Como perdoar a infidelidade e entender se vale a pena fazê-lo

· 28 de abril de 2018
A infidelidade pode marcar para sempre o coração e a mentalidade de uma pessoa, afetando diretamente seus relacionamentos futuros. Se você viveu uma experiência dessas, saiba como perdoar a infidelidade para se libertar.

O dano que uma traição causa a um relacionamento é inquestionável, mas nem sempre tem que significar o fim.

Sabemos que, neste momento, você deve ser uma pessoa deprimida, zangada, insegura, magoada e muito confusa. A traição prejudica profundamente um relacionamento, mas será que dura para sempre? Reflita sobre como perdoar uma infidelidade e entenda se vale a pena fazê-lo.

O engano é uma das principais causas de separação em um casal, mas não pode ser uma causa em si, mas a consequência de uma série de falhas que a relação vem apresentando e em que um dos parceiros decidiu dar-lhe um fim para estar com outra pessoa.

Por que uma infidelidade acontece?

Homem e mulher sendo infieis

Nenhuma razão é válida quando o resultado é a infidelidade. Nesta ação, podemos estar lidando com o próprio ego da pessoa, com o tédio ou com a cultura da sociedade atual que grita aos nossos ouvidos “Isso não significa nada”, “Ninguém tem que saber”, “Não vai dar problema algum”.

Às vezes, a curiosidade pelo proibido também leva uma pessoa a experimentar o que está “lá fora” sem considerar que põe em risco o que tem de mais valioso e sólido “aqui dentro”, colocando-o em um pé de sinuca e chegando a colocar absolutamente tudo em questão.

Da mesma forma, uma mentira pode ser o resultado da falta de comunicação ou o fim do amor. Tenta-se preencher um vazio que a relação formal não consegue preencher, e para satisfazer uma necessidade que, seja qual for a causa, não foi satisfeita.

Veja também: O que tem em comum os casais que sobrevivem a uma infidelidade?

Vale a pena perdoar?

Parceiro pedindo desculpas pela sua infidellidade

É evidente que a capacidade de amar, confiar e ter fé de novo é muito difícil de conseguir de forma imediata, mas é sempre importante que, logo após o sucedido, você se sente e reflita sobre o valor da relação para dar uma segunda chance ou terminar tudo de uma vez por todas.

  • Se a pessoa que traiu você mostrar arrependimento, o que você perderia se não tentasse novamente? Você se sentiria mais feliz? Que garantias você teria que não aconteceria de novo? Isso realmente pegou você de surpresa ou você também sentiu que algo estava errado?
  • Analise se a infidelidade arruinou permanentemente tudo o que funcionou antes entre vocês. Depois de um furacão devastador, pode nascer uma flor que é muito mais forte e mais bonita do que a que o vento levou brutalmente.
  • Talvez você perdoe seu parceiro como ser humano, mas não queira mais compartilhar uma vida juntos novamente. Às vezes, separar-se é a melhor maneira de deixar de se machucar.

Recomendamos que você leia: Casais que superam uma infidelidade: como conseguem?

Como perdoar?

Mulher tentando perdoar a infidelidade do parceiro

Se depois de meditar em profundidade você concluir que o melhor é dar uma nova oportunidade, tem que ter em mente que perdoar a infidelidade não é fácil.

Seguir estes passos abrirá o caminho para você:

  1. Reserve algum tempo sozinho para relaxar e meditar sobre a importância de retornar, ou não, sem a influência de fatores externos (família, amigos ou até mesmo o mesmo seu parceiro). Não deixe que o aspecto econômico ou o “que os outros dizem” afetem sua decisão também.
  2. Mantenha sua autoestima alta. Você não ganha nada em se culpar pelo que aconteceu. Avalie o quanto você colaborou para o que você está vivendo e pense sobre o que pode contribuir agora.
  3. Certifique-se de que seu parceiro esteja realmente arrependido e comprometido em resolver as coisas entre vocês, assumindo um trabalho árduo que pode durar meses ou mesmo anos.
  4. Não viva sob o mesmo teto que seu parceiro enquanto tenta se conciliar. Comece por encontrá-los em dias combinados, como faziam quando estavam no começo do namoro.
  5. Tenha conversas abertas e sinceras em que fique claro tudo o que você sente, a grandeza de sua dor causada pela ação de seu parceiro e o abalo que isso foi para a sua segurança, além de indagar bem por que aconteceu o que aconteceu.
  6. Depois de esclarecer os pontos iniciais, mantenha uma comunicação muito mais aberta com o seu parceiro do que antes da infidelidade.
  7. Não fique obcecado com a terceira pessoa envolvida, não a procure nem investigue sua vida.
  8. Aumente o tempo gasto compartilhando interesses comuns.
  9. Quando você sentir que pode começar de novo, proponha viver juntos novamente e, desta vez, ter um relacionamento muito mais honesto e comprometido para que uma traição não aconteça novamente.

Você é a ferida, então só você saberá quanto tempo precisará para superar o processo que se abriu. Aqui nós mostramos a você como perdoar uma infidelidade e entender se vale a pena fazê-lo. Mas lembre-se de que a última palavra sempre será sua!