Como diminuir o uso de plástico na vida cotidiana?

10 Março, 2020
O plástico está presente como um componente nos produtos mais inesperados. Ele está se tornando um problema sério para o planeta, mas com algum esforço, podemos reduzir o seu uso.
 

O plástico é um material que está em toda parte e que usamos em quase todos os momentos. É encontrado em todos os tipos de objetos, principalmente embalagens, materiais de construção, acessórios e até em roupas têxteis e em alguns ingredientes cosméticos. No entanto, é possível diminuir o uso de plástico.

Agora, por que é necessário diminuir o uso de plástico? Neste artigo, vamos nos aprofundar neste tema e também propor algumas medidas muito práticas para que você possa começar a reduzir a presença deste material no seu dia a dia.

O plástico e a poluição

De acordo com a conhecida organização ecológica Greenpeaceuma quantidade de plástico igual a 1200 vezes o peso da Torre Eiffel atinge os mares e oceanos todos os anos. Essa quantidade não é o único problema, é apenas parte dele.

De fato, o aspecto mais preocupante do plástico é que, uma vez terminado o seu uso, ele leva muito tempo para se decompor. Uma garrafa de plástico pode levar até 500 anos para se decompor, por exemplo.

O plástico e a poluição

Tendo em vista que a produção mundial de plástico é de milhões de toneladas por ano, e que nós continuamos adquirindo produtos de todos os tipos e descartando-os em qualquer lugar, o número de resíduos continua aumentando.

 

A maior parte do plástico acaba se espalhando pelos mares e oceanos ao redor do mundo, danificando seriamente os ecossistemas. O impacto é dramático, e embora reciclar a embalagem seja uma boa ação para reduzir o problema, na verdade, o ideal seria reduzir o consumo diário.

Leia também: Embalagens de plástico… Como reutilizá-las?

Como diminuir o uso de plástico?

As medidas a seguir são práticas e muito simples. Elas permitem reduzir o consumo de produtos feitos com plástico (recipientes, utensílios, sacolas, etc.), com pouco esforço e sem sentir que algo está faltando.

Dê preferência às sacolas de pano às sacolas plásticas no supermercado

Desde 1º de julho de 2018, uma medida muito importante entrou em vigor na Espanha: é proibido dar sacolas plásticas gratuitas aos clientes em diversos estabelecimentos. Se alguém solicitar uma, deve pagar uma certa quantia por isso. Essa medida também foi adotada recentemente no Brasil.

O objetivo é aumentar a conscientização e ajudar a reduzir o consumo de plástico. Da mesma forma, essa medida ajuda as pessoas a se acostumarem a carregar as suas próprias sacolas (de tecido ou outros materiais) e a usá-las melhor. Você não a usa e joga fora, como de costume.

O plástico não é a melhor opção. Existem muitas maneiras de evitar o seu consumo. Uma delas é levar a nossa própria sacola de pano no momento da compra no supermercado.

As tote bags ganharam grande popularidade e, graças a isso, hoje é possível encontrar modelos com vários tipos de design. Monocromáticas, estampadas, lisas, etc. Há bolsas para todos os gostos!

 

No entanto, ainda tem mais. Até 2021, as sacolas plásticas não biodegradáveis serão totalmente proibidas. Especialmente as fragmentáveis e mais tóxicas. Essa medida não será adotada apenas na Espanha, mas em países como Itália e França. O objetivo final é implementar essa lei em toda a União Europeia.

Olhando a partir do ponto de vista da economia por não ter que pagar pelas sacolas, e também pela conscientização ecológica, é melhor optar por sacolas de pano toda vez que você for ao supermercado. Dessa forma, você estará contribuindo para reduzir o seu impacto ambiental.

Como reduzir o uso de plástico no mercado?

Compre a granel e evite embalagens excessivas

Se você pensar bem, é ainda mais barato comprar a granel: você compra apenas o que precisa e pode escolher. Os produtos embalados contêm muito plástico (bandejas, invólucros, etc.) que acabam em aterros sanitários e nos mares e oceanos.

Ao pesar a sua fruta, evite envolvê-la em um saco plástico. Em vez disso, coloque a etiqueta que marca o peso e o preço diretamente na casca. Depois, para levar para casa, você pode colocá-la na sua tote bag

Você também pode gostar de ler: Faça molduras para espelhos com material reciclado

 

Evite produtos de limpeza em recipientes de plástico

Para evitar o uso de produtos de limpeza e, quando terminados, jogar fora seus recipientes de plástico, é melhor optar por outros tipos de produtos caseiros e naturais.

Por exemplo, certos ingredientes como sabão, vinagre e bicarbonato de sódio sempre foram usados para lavar e limpar. Dessa forma, você estará usando produtos orgânicos, evitando o uso de plástico extra, e obtendo resultados de limpeza igualmente impecáveis.

Verifique a composição dos seus cosméticos

Se você não sabia, muitos cremes e outros produtos de beleza contêm microesferas de plástico. Além disso, são os mais perigosos para o meio ambiente, pois podem ser facilmente ingeridos por animais e acabam envenenando-os.

São microesferas de nylon, polietileno e polipropileno que normalmente estão presentes em cremes e produtos esfoliantes.

Por esse motivo, é melhor optar por produtos cosméticos naturais que não incluem plástico entre seus componentes. Além disso, outra boa ideia é preparar seus próprios cremes caseiros.

Reciclar para diminuir o uso de plástico

Reciclar para reduzir o uso de plástico

Separar o lixo é muito fácil. Em uma lixeira, coloque tudo que é feito de papel e papelão, em outra, o plástico e o alumínio, e o vidro em outra diferente. Existem países (como a Suíça) onde eles são um pouco mais específicos e separam o plástico em recipientes de PET, alumínio e outros tipos de plástico.

 

No entanto, na Espanha, tudo que é plástico deve ser levado para o recipiente amarelo para ser reciclado. Segundo dados do Eurostat, apenas 29,7% do total de resíduos são reciclados no país. Isso significa que estamos muito longe de uma consciência profunda sobre os benefícios da reciclagem.

Conclusão sobre diminuir o uso de plástico

Ao diminuir o uso de plástico, estaremos minimizando bastante o nosso impacto ambiental. Embora não enxerguemos que a nossa ação possa fazer a diferença, ela vale muito e deve ser mantida ao longo do tempo. Dessa forma, os mares e oceanos serão mais limpos no futuro. Além disso, impediremos o aumento da produção de plástico e as respectivas emissões de CO2.

Para conseguir isso, basta mudar alguns hábitos diários para reduzir efetivamente o uso de plástico em sua vida. Você precisa experimentar a maneira mais inteligente de dar vários usos aos objetos que já tem.