Como cultivar uma trepadeira sem prejudicar o seu jardim

14 de julho de 2019
Descubra aqui todos os truques para cultivar uma trepadeira no seu jardim.

Primeiramente, contamos a você que existem 250 tipos de trepadeira. São plantas perfeitas para decorar e muito fáceis de cultivar. Elas pertencem à família Convolvulaceae, e é uma espécie muito comum em todo o mundo: Europa, Ásia, África e América.

Na Europa, talvez a Itália seja o país onde seu cultivo é mais comum. Elas geralmente são cultivadas em jardins, porque é o local ideal para a drenagem.

Aprenda aqui a cultivar uma trepadeira sem danificar seu jardim.

Como cultivar e manter uma trepadeira?

Trepadeira no muro da casa

sementes para poder cultivá-las de maneira “artificial”. Embora o mais comum é que nasçam espontaneamente. No entanto, não há necessidade de se preocupar porque é fácil transplantá-las.

Quando a planta é jovem, é necessário regá-la constantemente. Pelo contrário, quando crescem, a irrigação pode ser mais intermitente. O solo deve ser rico em nutrientes e proporcionar boa drenagem.

Por outro lado, é necessário manter o solo seco. Portanto, geralmente não há problemas em sua manutenção durante as secas. Além disso, elas preferem climas quentes a úmidos. Aliás, os filmes que mostram enormes trepadeiras em castelos muito escuros estão mentindo, porque nesses lugares elas não cresceriam. Então, não devemos nos preocupar se o sol bate nelas. Claro, mantenha-as a salvo do vento e dos climas úmidos e frios.

Entretanto, mesmo que gostem de sol e a preferência seja por climas quentes, isso não implica que elas não precisem de água. Quando há seca ou muito calor, é necessário regá-las com frequência.

Finalmente, a fertilização é realizada com produtos naturais. Estes são, por exemplo, húmus de minhoca ou flores. Elas também precisam de esterco uma vez por ano, mas não mais vezes, porque esse adubo em abundância produzirá folhas mais verdes, mas menos flores.

Gosta de flores? Então leia também: 5 tipos de flores para um jardim na varanda

Outros cuidados com a trepadeira

Flores na janela de casa

As plantas, como qualquer ser vivo, podem ser vítimas de doenças. No caso da trepadeira, é geralmente devido a fungos e mofo. O aparecimento destes parasitas é principalmente devido a uma alta porcentagem de umidade no solo. Portanto, eles se reproduzem principalmente na parte inferior da trepadeira: terra, raízes ou princípio dos caules.

Estes fungos devem ser tratados de forma rápida e eficaz. Caso contrário, a planta poderia apodrecer em questão de meses. A ideia seria usar produtos naturais e nunca artificiais. Estes parasitas surgem quando há água parada ou a terra não consegue drenar o suficiente.

Continuando com os fertilizantes acima mencionados, não é bom usá-los com muita frequência. E isso é porque o seu uso irregular favorecerá que a trepadeira se estenda a áreas indesejáveis. Por outro lado, os transplantes só devem ser feitos quando seu tamanho exceda o do vaso ou da área ocupada. Uma trepadeira mal conservada ou fora dos limites do muro ou da parede estragará o visual do jardim.

Por fim, tenha em conta que a flor da trepadeira sai quase sempre entre a primavera e o verão. Portanto, os transplantes devem ser feitos no outono.

Descubra: Plantas aromáticas para um jardim pequeno

Fertilizantes naturais

Você não precisa ir ao campo para obter fertilizantes naturais. Ou seja, o esterco não é o único fertilizante natural. Se olharmos na cozinha, veremos muitos produtos úteis para esta finalidade. Um exemplo disso seria a borra de café, as cascas de banana ou de ovos.

  • Por exemplo, o café fornece acidez que é benéfica para algumas flores, como a rosa. Mas o que mais podemos destacar no café é o nitrogênio. Para usar o café, você só tem que jogá-lo no solo, regar com uma grande quantidade de água e deixar repousar entre 2 e 3 dias.
  • As bananas, por outro lado, são ricas em potássio. O potássio é benéfico para que as flores aumentem ainda mais seu tamanho. Para o uso, você só tem que enterrá-las na terra e deixar a natureza fazer o seu trabalho.
  • Para usar as cascas de ovo, você tem que triturá-las bem. Uma vez que estiverem bem esfareladas, então sim, coloque-as no solo. Estas cascas fornecem cálcio, o que ajuda a prevenir que a planta apodreça.
  • Outros fertilizantes podem ser encontrados no próprio jardim: a grama recém-cortada, ervas daninhas ou ração animal também são úteis para a nutrição das plantas. Finalmente, outros fertilizantes mais estranhos, mas igualmente eficazes, são as algas e a urina humana.
  •  Cronquist, A. 1981. An integrated system of classification of flowering plants. Columbia University Press, New York, xviii, 1262 
  • González, A.M. y Arbo, M.M. «Plantas trepadoras». Morfología de Plantas Vasculares. Argentina: Universidad Nacional del Nordeste. Consultado el 16 de septiembre de 2012
  • Gianoli, E. 2004. Evolution of a climbing habit promotes diversification in flowering plants. Proc. Roy. Soc. London, Ser. B, Biol. Sci. 271:2011-2015.