Chá de folhas de coca: traz benefícios para a saúde?

24 de novembro de 2019
Existem pessoas que devem ter cuidado ao consumir esse tipo de bebida, pois elas podem prejudicá-las. Portanto, é melhor consultar o médico com antecedência.

O chá de folhas de coca é uma bebida popular na América do Sul. Originária das regiões andinas, é consumido há centenas de anos. Também é conhecido como “mate ou chá de coca”.

Esta bebida tem um efeito semelhante ao do café, portanto, é um estimulante leve, não uma droga (como a cocaína).

O que são folhas de coca?

A coca (Erythroxylum coca) é uma planta nativa das áreas andinas da Bolívia e do Peru, embora o seu cultivo tenha se espalhado para áreas da Colômbia, Equador, Chile e Argentina. Nesses países, você toma o que é conhecido como “mate” ou chá de coca, que é a infusão desta planta.

Tradicionalmente, é tomado após a refeição para facilitar a digestão, acompanhado por um pouco de açúcar ou mel. Também é consumido como se fosse um café, para dar disposição e continuar as atividades com mais ânimo, algo que se torna muito útil ao caminhar por áreas montanhosas ou praticar esportes na natureza.

As folhas de coca foram usadas (e ainda são usadas) nas regiões andinas da América do Sul para combater o mal da altitude e algumas dores menores, porque se considera que tenha algum efeito anestésico local.

Folha de coca para preparar chá

O mate é feito com a folha da coca inteira, natural, sem processar. Portanto, não causa dependência, ao contrário da cocaína.

Não é aconselhável consumir folhas de coca ou a sua infusão em grandes quantidades. É melhor provar e, se desejar incluir na sua rotina diária, sempre o faça com moderação e após consultar o seu médico.

Por outro lado, na esfera popular, a coca é mastigada para aumentar a entrada de oxigênio no sangue e no cérebro. É o que é conhecido como coqueo, acullico ou chacchado, que consiste em mastigá-la até criar um bolo que seca e pode ser fumado como se fosse um cigarro.

Então, é legal consumir esta bebida? Sim.

Mulher vendendo folha de coca

Folhas de coca: benefícios para a saúde

O Dr. Alfonso Zavaleta esclarece o seguinte:

  • A coca não é um alimento nem contém “grandes quantidades” de nutrientes.
  • A folha de coca (e a farinha) contém alcaloides tóxicos e a ingestão não é inofensiva ao ser humano, o que significa que pode causar várias alterações.
  • Os alcaloides da folha de coca não contribuem muito para a saúde; nenhum deles aumenta o oxigênio celular.
  • A folha e a farinha de coca não atendem aos requisitos de um alimento. Por outro lado, eles não são inofensivos e seu valor nutricional é questionável, com exceção da vitamina A.
  • A vitamina A é absorvida no coqueo. Não foi demonstrada uma boa absorção de outras vitaminas (B e C), nem cálcio ou fósforo do pó das folhas de coca ingerido por seres humanos.
  • Não existem compostos que digerem gorduras. Também não é emagrecedor. Portanto, não é um produto que queima gorduras.
  • O coqueo não tem fins alimentícios e nutricionais.
  • Bailey BA. Purification of a protein from culture filtrates of Fusarium oxysporum that induces ethylene and necrosis in leaves of Erythroxylum coca. Phytopathology, 1995 – apsnet.org
  • Gonzales-Carazas EF, Melgarejo-García GC, Chávez-Conde LK, Arellán-Bravo LJ, Carbajal-Lázaro E, Cabrera-Gómez YA, Quiróz-Sáenz GM, García-Antúnez IN, Llanto-Aguirre M, Choque-Nolasco FG. Efecto terapéutico del extracto etanólico de Erythroxylum coca spp. en anemia ferropénica inducida en ratas Holtzman macho. An. Fac. med. Lima 2013;74(1)