Cefaleia tensional: remédios fáceis e efetivos

· 29 de março de 2015
Em ocasiões, o estresse é seu principal fator desencadeante, mas também existem outros fatores que precisamos considerar.

Quem nunca teve cefaleia tensional em alguma ocasião? É uma dor opressiva e envolvente que pode ir desde a testa até a nuca. Esse tipo de dor se tornou uma realidade constante entre a população.

A questão principal é: como lidar com a cefaleia tensional e aliviá-la antes de se tornar crônica? Confira!

Cefaleia tensional: a importância de conhecer suas origens

Cefaleia tensional

Médicos afirmam que se sofrermos de cefaleia tensional entre 7 e 10 dias ao mês, podemos considerá-la episódica.

Contudo, quando apresentamos o mesmo problema durante duas semanas seguidas e todos os meses do ano, corremos o risco de sofrer cefaleia crônica.

Leia também: Cefaleias: soluções naturais para combatê-las

É normal, por exemplo, chegar em casa com uma sensação de cansaço que se concentra especialmente na cabeça.

Como uma coroa exercendo pressão ou como uma fita rodeando nossas têmporas, a testa e a nuca. Esses tipo de dores podem se diferenciar das de uma enxaqueca porque não estão limitadas apenas a um lado da cabeça.

Mas o que origina a dor? Quais costumam ser os fatores desencadeadores mais clássicos da cefaleia tensional?

Fatores desencadeadores da cefaleia tensional

Tensão muscular

Ocorre quando permanecemos muito tempo na mesma posição e tensionados ou quando mantemos posturas corporais monótonas durante várias horas.

Quer um exemplo? Trabalhar em frente ao computador ou a uma máquina em uma fábrica são atividades que nos obrigam a fazer movimentos repetitivos.

Cuidado com a visão

Fixar a visão por muitas horas em frente à tela de um computador ou estudar durante muito tempo pode derivar em uma fatiga visual que quase sempre se traduz na clássica cefaleia tensional.

O estresse

Não duvide! A vida diária, as preocupações, a ansiedade e todos os pensamentos, em ocasiões com alta carga negativa, nos trazem sempre efeitos secundários muito severos a nível físico, cuidado!

Controlar adequadamente nosso estresse quotidiano nos permitirá melhorar a qualidade de vida e evitar coisas tão habituais como a cefaleia tensional.

Maus hábitos alimentares

Você costuma sair de casa apenas com um cafezinho no estômago? Ou pular o jantar com a finalidade de perder peso?

Então precisa saber que está arriscando a sua saúde, já que, ao dispor de menos nutrientes, o corpo fica fraco, o que frequentemente leva a uma cefaleia.

Tensão elevada

A hipertensão é uma causa direta da cefaleia tensional. Dor de cabeça, enjoos e mal-estar são sintomas diretos de que o coração está bombeando o sangue com mais força contra as paredes das artérias.

Remédios para a cefaleia tensional

Cefaleia tensional

1. Tratamento frio-calor

O calor e o frio são tratamentos eficazes para as dores de cabeça tensionais. Mas, como fazer? Simples!

Imagine que hoje mesmo você chega em casa com uma incômoda cefaleia tensional. O que você deve fazer é preparar uma compressa fria embebida em vinagre de maçã.

O vinagre de maçã atua como um bom relaxante. Assim, embeba um pano com esse produto e deixe-o no freezer por alguns minutos. Depois, aplique na testa e deixe que atue por aproximadamente quinze minutos.

Passado esse tempo, tome uma ducha relaxante com água quente. Não é necessário muito tempo, apenas o suficiente para tomar um jato de água quente na cabeça e na nuca.

Depois disso, deite por quinze ou vinte minutos e aplique outra compressa fria. Entretanto, desta vez, embebida com água de lavanda ou com uma infusão fria de alecrim. Um tratamento muito fácil e efetivo.

2. Infusão de gengibre

Já falamos em diversas ocasiões sobre os grandes benefícios do gengibre. Uma de suas propriedades mais conhecidas é a de atuar como analgésico natural sem efeitos secundários. É maravilhoso!

Leia também: Batida de abacaxi e gengibre para perder peso

Seu poder anti-inflamatório é muito efetivo para acalmar a cefaleia tensional de uma vez.

Para nos beneficiarmos dele, basta ralar um pedaço equivalente a uma colher de sopa e adicionar essa raspa a um copo de água fervendo. Deixe repousar e beba devagar.

3. Máscara para os olhos à base de menta

O procedimento será o seguinte:

  • Faça uma infusão com 10 folhas de menta em meio copo de água. Depois de pronta, coloque para esfriar na geladeira.
  • Embeba uma compressa com a infusão já gelada.
  • Deite e aplique a compressa empapada com menta sobre os olhos. Fique assim durante, pelo menos, 20 minutos.
  • Mantenha os olhos fechados e relaxe. Isso ajudará não apenas pelo fato de sentir o frescor e de relaxar a vista, mas também porque o perfume da menta é potencialmente relaxante.
  • Quando você notar que a compressa esquentou, volte a embebê-la com a infusão fresca.
  • Outra opção é utilizar óleo de menta.

4. Uma colher de azeite de oliva com suco de limão

Cefaleia tensional

Este remédio simples é muito conhecido. Sabe-se que o azeite de oliva ajuda a desinflamar, hidrata e favorece a circulação. Combinado com o suco de limão, torna-se um medicamento natural que nos cai muito bem para tratar a cefaleia tensional.

Você pode, por exemplo, tomar uma colher de sopa de azeite de oliva com 3 gotinhas de limão e depois descansar no sofá com a compressa de menta que ensinamos a fazer anteriormente.