Causas da afonia e seu tratamento

Quando a afonia se deve a causas menores, como resfriado ou irritação, geralmente não dura mais de uma semana. No entanto, também pode ter outras origens, como as que mencionaremos a seguir.
Causas da afonia e seu tratamento

Última atualização: 24 Maio, 2021

A afonia é a perda da voz e pode ser total, parcial ou ser uma alteração da voz que geralmente acaba em um dos dois tipos anteriores. A afonia pode ser imediata ou progressiva, dependendo de suas causas.

Quando a afonia se deve a causas menores, como resfriado ou irritação, geralmente não dura mais de uma semana. No entanto, se a causa for decorrente de lesões nas cordas vocais, a afonia pode ser crônica ou persistente.

Principais causas de afonia

A afonia também pode ter outras causas. Por exemplo, as mais comuns são o uso excessivo da voz e gritos. Uma publicação do Medline Plus sobre distúrbios da voz também afirma que pigarrear, fumar e até mesmo o refluxo gástrico são capazes de causar o problema.

Além disso, a Academia Americana de Alergias, Asma e Imunologia detalha que infecções por vírus ou bactérias também causam disfunção das cordas vocais. Além disso, a exposição a certas condições ambientais, como ar-condicionado, é outra das causas mais comuns da perda de voz.

Como tratar a afonia

Para recuperar a voz, é necessário reduzir a irritação e a inflamação das cordas vocais. Para isso, você pode seguir estas recomendações:

Repousar a voz

Repousar a voz

É aconselhável reduzir o uso da voz por alguns dias, se possível. Além disso, de acordo com os profissionais da Mayo Clinic, você deve tratar todas as alergias que afetam sua respiração e limpar a garganta de forma adequada – um profissional da fala irá ajudá-lo a este respeito.

Hidratação

Como explica uma pesquisa publicada pela revista Current Opinion in Otolaryngology & Head and Neck Surgeryé importante manter as cordas vocais hidratadas. Desta forma, você reduz a sensação de secura na garganta.

Por outro lado, lembre-se de que no inverno, com o aquecimento, as cordas vocais também secam. Por isso é conveniente manter a umidade ambiente entre 40% e 60%.

Remédios naturais para tratar a afonia

A afonia não dói, mas sim incomoda muito. Alguns dos remédios naturais popularmente recomendados para seu tratamento são os que listaremos a seguir.

1. Água e Limão

De acordo com a crença popular, gargarejar água quente com suco de limão é um remédio muito bom para tratar a afonia. Isso pode ser devido às propriedades antissépticas da vitamina C do limão, que seria capaz de combater a infecção bacteriana. No entanto, não há evidências que comprovem sua eficácia nesses casos.

2. Leite com mel

Leite com mel para tratar a afonia

Beber um copo de leite com 2 colheres de sopa de mel pode ajudar a aliviar a garganta e recuperar a voz. De acordo com um estudo publicado pela revista Pediatrics, o mel tem o efeito de ajudar a reduzir os sintomas respiratórios superiores, como rouquidão e tosse.

3. Gengibre com limão ou mel

É dito que a raiz de gengibre tem propriedades benéficas para a voz e ajuda a limpar o muco. Na verdade, há evidências científicas que confirmam que ele pode ser útil no combate a infecções bacterianas. Portanto, combinar as propriedades do gengibre com limão ou mel provavelmente o ajudará a recuperar a voz.

4. Própolis

o própolis é um antibiótico natural popularmente recomendado para o alívio de qualquer problema de garganta. Embora não sejam conclusivos a esse respeito, há estudos que asseguram que a própolis pode ter atividade antimicrobiana contra algumas bactérias e vírus que, como vimos anteriormente, podem ser responsáveis ​​por essa condição.

Isso, junto com suas potenciais propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e imunoestimulantes, torna o própolis uma substância possivelmente útil para a melhora e prevenção de problemas de garganta e respiratório em geral que levam à afonia.

5. Infusão de sálvia

Infusão de sálvia

A sálvia é uma planta que contém uma grande quantidade de mucilagem, uma fibra solúvel, como afirmado, capaz de acalmar a garganta. Além disso, também atuaria como reparador das membranas mucosas, ajudando assim a acalmar desconforto e irritação. Ressalta-se que não há estudos que demonstrem a eficácia dessa infusão, mas seus possíveis benefícios advêm da cultura popular.

6. Alcaçuz

Por sua vez, o alcaçuz é considerado outro dos remédios naturais para a afonia. É uma planta que possui propriedades anti-inflamatórias e expectorantes. os primeiros foram confirmados por um estudo publicado pela revista Antioxidants.

Assim, sugere-se que o alcaçuz ajuda a abrir as vias respiratórias e faz com que a afonia comece a cicatrizar. Pode ser consumido em chás e infusões várias vezes ao dia.

Farmacoterapia

Quando há rouquidão e desconforto na garganta, um anti-inflamatório como o ibuprofeno de 400 miligramas pode ser usadoVocê também pode usar pastilhas para chupar com efeito antisséptico e, às vezes, anestésico.

Além disso, esses tipos de produtos estimulam a produção de saliva e reduzem a irritação. Os antibióticos nunca devem ser tomados para tratar a afonia, a menos que prescritos por um médico devido a uma infecção bacteriana na garganta. Claro, os medicamentos não devem ser consumidos sem a indicação de um médico.

Como prevenir a afonia

Como prevenir?
Beber bastante água pode ajudar, além de ser saudável!

É verdade que não é possível controlar todas as causas da afonia descritas acima. Por exemplo, você não pode evitar ser infectado por um vírus ou bactéria ou ser afetado por mudanças no ambiente.

No entanto, existe a opção de seguir algumas recomendações para prevenir a afonia, como as seguintes:

  • Não grite regularmente, controle o volume da voz, evite falar por muito tempo em ambientes barulhentos.
  • Evite alimentos picantes e o consumo de álcool.
  • Trate alergias, resfriados e problemas digestivos quando eles acorrerem.
  • Não fume.
  • Beba água abundantemente.
  • Aqueça a voz e faça exercícios de relaxamento antes de falar em público ou cantar.
  • Exercite-se regularmente: os exercícios aumentam o tônus ​​muscular. Isso ajuda a manter uma boa postura e torna a respiração mais eficiente, resultando em um sistema mais bem preparado para a emissão da voz.

Cuide das causas da afonia e consulte o médico

Como já dissemos, normalmente a afonia não dura mais do que uma semana. Se os sintomas persistirem por mais tempo, é aconselhável consultar um especialista para evitar a cronicidade.

Lembre-se de que existem outras complicações de saúde, como o refluxo gástrico, por exemplo, que podem causar afonia e outros sintomas muito incômodos. Para prevenir ou tratá-los o mais rápido possível, siga as instruções de seu médico de confiança.