3 remédios de canela para pacientes com pré-diabetes

24 Setembro, 2020
A canela pode ser uma opção para quem foi diagnosticado com pré-diabetes. Você quer saber como introduzir esse ingrediente na sua dieta? Descubra a seguir.

A canela é uma especiaria presente em receitas de diferentes sobremesas, como o arroz doce. No entanto, seu uso mais difundido é na forma de infusão. Hoje, vamos descobrir como a canela pode ser usada por pacientes com pré-diabetes.

O que é a pré-diabetes? Quando o médico faz esse diagnóstico, isso indica que o nível de açúcar no sangue está mais alto do que o normal, indicando um risco bastante alto de diabetes tipo 2 se o problema não for resolvido.

A maneira de impedir que esse diagnóstico evolua negativamente é adotando uma série de medidas para reduzir o açúcar no sangue. Para fazer isso, temos 3 remédios de canela que podem ser de grande ajuda para pacientes com pré-diabetes.

Remédios à base de canela para pacientes com pré-diabetes

Leite com canela
As propriedades da canela para prevenir a diabetes tipo 2 foram comprovadas por vários estudos científicos.

A canela, como indica o artigo Plantas medicinais no tratamento do Diabetes Mellitus Tipo 2: uma revisão, permite que o corpo sintetize o glicogênio de maneira mais eficaz.

Seu consumo através dos remédios que vamos expor abaixo permitirá que o açúcar retorne aos seus níveis normais, de modo que o risco de vir a sofrer de diabetes tipo 2 seja reduzido o máximo possível.

Leia também: Usos da canela e suas propriedades medicinais

1. Canela como substituto do açúcar

Como já mencionamos em outros artigos, a canela pode ser usada para acompanhar o leite. Muitas pessoas adicionam cacau e, além disso, canela. No entanto, o resultado também é delicioso se adicionarmos apenas esta especiaria.

Embora seu sabor possa não nos convencer a princípio, uma vez que não fornece a doçura do açúcar ou dos adoçantes aos quais estamos acostumados, ela tem um sabor adocicado.

Recomendamos começar a incluí-la no leite misturado com chá ou cacau e, depois, deixar apenas a canela. Dessa maneira, você não vai estranhar o sabor.

2. Chá de canela

Diferentes estudos ainda estão sendo realizados para fornecer mais informações sobre os benefícios da canela para pacientes com diabetes, como o Estudo do efeito antidiabético das plantas medicinais colombianas em um modelo in vitro.

No entanto, uma maneira muito simples de introduzi-la na dieta é através do chá de canela. Para isso, precisaremos apenas de dois paus de canela e de um copo de água.

  • Ferva a água e, quando atingir o ponto de ebulição, adicione a canela.
  • Então, ferva por mais 2 minutos e depois desligue o fogo.
  • Aguarde 5 minutos para a mistura assentar.
  • Após esse período, é só apreciar.
Chá de canela
O consumo regular de chá de canela pode ajudar a combater a pré-diabetes.

3. Canela com certos alimentos

Existem certos alimentos aos quais podemos adicionar canela. Ela é um dos melhores complementos para a aveia, por exemplo. Além disso, não podemos nos esquecer do arroz doce ou da manteiga de amendoim.

Também há algumas receitas, como a do frango fesenjan, que podem ter canela. Sem dúvida, há uma infinidade de opções para o uso da canela. Se você tem pré-diabetes, incluí-la na dieta é uma opção que pode ter efeitos muito positivos.

Você também pode gostar de ler: Saiba mais sobre o controle do diabetes

Recomendações para o uso da canela em pacientes com pré-diabetes

Apesar de todas essas recomendações para pacientes com pré-diabetes, não estamos sugerindo em nenhum momento que você ignore as orientações do seu médico. Queremos dizer que o medicamento prescrito pelo profissional, bem como suas doses, não devem ser modificadas de forma alguma.

A canela é um suplemento saudável que pode ser uma ajuda em alguns casos. Mas é apenas isso, um elemento que pode ajudar. Portanto, nunca substitua as recomendações do seu médico por outras alternativas.

Você consome canela no seu dia a dia? Você gosta do sabor? As pessoas que usam canela regularmente podem compartilhar como a consomem, porque podem ajudar os demais a desenvolver o hábito de ingeri-la.

Se você foi diagnosticado com pré-diabetes ou tem alto risco de diabetes tipo 2, informe o seu médico que você está pensando em começar a consumir canela com mais frequência.

Tudo isso lhe dará segurança, além de ajudá-lo a melhorar a sua dieta, algo essencial para que os níveis de açúcar no sangue atinjam os padrões desejáveis.

  • Calderín Bouza, Raúl Orlando, Monteagudo Peña, Gilda, Yanes Quesada, Marelys, García Sáez, Julieta, Marichal Madrazo, Sigrid, Cabrera Rode, Eduardo, Orlandi González, Neraldo, Yanes Quesada, Miguel Ángel, Adalys Rodríguez, Mercedes, Prieto Valdés, Mirtha, Carrasco Martínez, Bertha, & Hernández Yero, Arturo. (2011). Síndrome metabólico y prediabetes. Revista Cubana de Endocrinología22(1), 52-57. Recuperado en 10 de junio de 2019, de http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1561-29532011000100010&lng=es&tlng=es.
  • Durán Agüero, S., Carrasco Piña, E., & Araya Pérez, M.. (2012). Alimentación y diabetes. Nutrición Hospitalaria27(4), 1031-1036. https://dx.doi.org/10.3305/nh.2012.27.4.5859
  • Negri, G. (2005). Diabetes melito: plantas e princípios ativos naturais hipoglicemiantes. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas41(2), 121-142.