Burrito de arroz de couve-flor e salada tailandesa

13 Janeiro, 2019
Se até agora você não provou o burrito de arroz de couve-flor, chegou o momento de aproveitar este delicioso prato, que toma como inspiração a gastronomia tailandesa.
 

O burrito de arroz de couve-flor é um alimento que merece ser provado acompanhado por uma salada tailandesa.

E por quê? Porque não só tem uma boa textura e um bom sabor quando combinado com outros ingredientes, como também tem um excelente valor nutricional.

A grande maioria costuma ser uma combinação de alimentos que se encontram comumente em qualquer supermercado e que não imaginamos que podem ser preparados de tantas maneiras.

Entre esses alimentos que podem surpreender (e de uma boa maneira) encontra-se a couve-flor: uma verdura que sempre nos remete o pensamento à clássica receita com molho bechamel.

Outras formas de desfrutar da couve-flor cozida pode ser na forma de purê. Mas, teste agora o burrito de arroz de couve-flor!

Como se prepara o burrito de arroz de couve-flor?

Ao invés de cortar a couve-flor em pedaços e dispô-los diretamente para começar a preparar o prato, é possível ralar ou processar os pedaços (sem os talos) com ajuda de uma batedeira de mão, e fazer uma espécie de arroz.

Esse procedimento deve ser realizado com a couve-flor crua, para que o arroz fique firme; do contrário, ficaria uma massa de couve-flor cozida.

Couve-flor para preparar burrito de couve-flor
 

Assim que o arroz de couve-flor estiver ralado pode ser cozinhado. No entanto, na receita que apresentaremos a seguir, o utilizaremos cru.

Descubra algumas Dicas para comer mais verduras

Burrito de arroz de couve-flor e salada tailandesa

Ingredientes

  • O suco de 1 limão
  • 1/2 couve-flor branca
  • 2 chalotas cortadas
  • 1 peito de frango picado
  • 1 colher de cebolinha picada (5 g)
  • 1/2 colher de coentro picado (5 g)
  • 2 colheres de arroz glutinoso (40 g)
  • Chilis secos (20 g aproximadamente)
  • 1 colher de hortelã fresca (15 g)
  • Tortilhas de farinha de trigo (a quantidade necessária)
  • Condimentos: sal, óleo vegetal (preferivelmente de oliva)
Tortilha para preparar burritos de couve-flor

Modo de Preparo

  1. Em primeiro lugar, esquente uma frigideira durante um par de minutos (sem untar).
  2. Assim que a frigideira estiver bem quente, comece a tostar as duas colheres de arroz cru.
  3. Aparte, corte em pedaços pequenos os chilis secos e retire todas as sementes do interior.
  4. Em seguida, leve-os para dourar na frigideira juntamente com o arroz. Saberá que estão prontos quando começarem a desprender todo o ser aroma; então, desligue o fogo e deixe repousar.
  5. Com ajuda de um almofariz, triture os chilis e o arroz tostado e reserve.
  6. Enquanto isso, comece a cortar o peito de frango em pedaços pequenos. Tempere.
  7. Unte uma frigideira com um pouco de óleo vegetal e, assim que estiver bem quente, comece a cozinhar os pedaços de frango durante alguns minutos.
  8. Mexa constantemente para evitar que se queimem.
  9. Antes de retirá-los da frigideira, adicione uma pitada de sal e leve-os a um prato.
  10. Esquente as tortilhas de farinha de trigo dentro de um pano no micro-ondas por 1 minuto.
  11. Corte em pedaços pequenos a cebolinha e as chalotas e misture com o arroz de couve-flor.
  12. Adicione o suco de limão ao chili e o arroz amassado e, depois, verta-o sobre o frango.
  13. Por cima, incorpore a hortelã, o coentro, as chalotas e a cebolinha.
  14. Por fim, coloque todos os ingredientes sobre a tortilha de farinha de trigo e comece a enrolá-la para formar o burrito.
 

Descubra as Tortilhas de farinha de trigo caseiras

Variantes

Burrito de arroz de couve-flor

É possível modificar alguns ingredientes dessa receita, já que não existe somente um tipo de salada tailandesa.

O importante é não temperar muito ao longo da preparação, para que assim, não fique um prato tão salgado.

É melhor adicionar pouco sal e consertar depois, caso seja necessário, já que dessa forma não se perde a receita.

Por outro lado, destacamos que os burritos de arroz de couve-flor podem ser armados com outros ingredientes que não pertencem exclusivamente à gastronomia oriental.

No entanto, não se pode esquecer de um detalhe: utilize sempre couve-flor fresca para que o arroz fique ótimo.

A única recomendação que fica é evitar combinar este arroz com uma quantidade grande de alimentos como: a couve, o brócolis, os feijões; já que esses têm um alto teor de carboidratos e podem causar indigestão.

 
  • Bartrina, Javier Aranceta, et al. “Guías alimentarias para la población española (SENC, diciembre 2016): la nueva pirámide de la alimentación saludable.” Nutrición hospitalaria: Organo oficial de la Sociedad española de nutrición parenteral y enteral33.8 (2016): 1-48.
  • Martínez Álvarez, J. R., et al. “Recomendaciones de alimentación para la población española.” Nutrición Clínica y dietética hospitalaria 30.1 (2010): 4-14.
  • Zurita, Ricardo Muñoz. Diccionario enciclopédico de gastronomía mexicana. Clio Editorial, 2000.