Os benefícios emocionais da ioga

Além de nos ajudar a nos conhecermos e nos conectarmos melhor com nosso eu interior, a ioga é muito adequada para evitar a insônia e o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

Costuma-se falar muito sobre os benefícios que esta prática milenar oferece ao corpo (principalmente seus efeitos nos músculos, articulações e coração) mas não tanto sobre os benefícios emocionais da ioga.

Por este motivo, decidimos dedicar este artigo a eles. Não hesite em fazer algumas aulas para experimentar!

A ioga e as emoções

Mulher fazendo ioga

Os principais benefício da ioga podem ser resumidos em três grupos: corpo, mente e espirito.

Esta arte milenar melhora, sem dúvidas, nossa qualidade de vida, e é composta por diferentes posturas, cantos, exercícios de respiração e meditação.

Para muitos a ioga é um modo de vida, uma maneira de encontrar bem-estar e a paz interior.

Implica uma observação do eu interior, uma desconexão com tudo aquilo que nos rodeia e uma busca de realização pessoal como não há igual.

Já que integra a respiração com o movimento (através das posturas) esta prática nos muda de forma indiscutível.

A ioga é usada como atividade preventiva, que cura e reabilita, porque tem a capacidade de estimular vários processos como a circulação do sangue, a oxigenação das células e o transporte de energia.

Todos estes benefícios estão relacionados, sem dúvidas, a uma melhora a nível mental e emocional. A ioga não só é boa para o corpo, mas também para a alma.

Os benefícios emocionais da ioga

Se você está procurando uma atividade que lhe ofereça muitas vantagens a nível psicológico, não hesite em experimentá-la. Estes são os principais benefícios emocionais da ioga:

1. Oferece serenidade e paz

A vida atual nas cidades nos transforma em seres nervosos, inquietos e irritáveis.

Quando fazemos ioga, a respiração serve para nos relaxar, nos deixar serenos e nos ajudar a ver as coisas de outra maneira. Refinamos nossos sentidos, percebemos melhor aquilo que nos rodeia e reduzimos as brigas ou confrontos.

Ao respirar corretamente eliminamos nossos sentimentos de raiva, fúria, ódio… Definitivamente, todas as emoções que nos adoecem e não nos permitem viver em harmonia.

2. Reduz o estresse

Mulheres fazendo ioga

Essa palavra tão conhecida por todos atualmente existe pelo ritmo de vida que levamos.

Caminhamos com pressa, vamos daqui para lá com a sobrancelha franzida, brigamos com pessoas que nem conhecemos, ouvimos barulhos o tempo todo… até que chegamos à aula de ioga e parece que o mundo muda por completo.

Ao praticar esta técnica milenar os níveis de cortisolum hormônio relacionado ao estresse, são reduzidos.

Apesar de ser necessário para regular nossa energia e atuar em situações estressantes, quando está em níveis muito altos ele é prejudicial para a nossa saúde.

3. Aumenta a autoestima

Não são muitas as pessoas que podem dizer “eu acredito em mim” ou “confio em minhas habilidades”.

Graças à ioga podemos melhorar a autoestima, analisar a nós mesmos sem nos criticarmos, eliminar todos aqueles pensamentos negativos que nos limitam e encher a mente de ideias positivas que nos permitem crescer.

Sem dúvidas, é uma ferramenta maravilhosa para ver tudo com mais clareza, aumentar nossa energia vital, ter confiança em nossas capacidades e tomar decisões com mais segurança.

4. Melhora a qualidade do sono

A melatonina é o hormônio encarregado de regular os ciclo do sono. Por sua vez, o neurotransmissor chamado serotonina tem a tarefa de regular desde o humor até o apetite.

Ambos se equilibram quando fazemos ioga e, por causa disso, podemos descansar melhor todas as noites.

Se você tem insônia, muitos pesadelos ou dificuldade para pegar no sono, não há nada mais recomendável do que uma sessão de ioga.

Você “dormirá como um anjinho” e se sentirá totalmente renovado pela manhã.

5. Aumenta as habilidades intelectuais

Mulher fazendo ioga em montanha

Outro dos benefícios emocionais da ioga é o fato de que a prática desta doutrina oriental melhora nossas capacidades para raciocinar, tomar decisões e pensar.

Além disso aumenta nossa capacidade de concentração devido à quietude das posturas e à respiração.

Esta habilidade pode ser transferida a qualquer situação cotidiana (o trabalho, o estudo, etc.) para evitar as distrações e melhorar a memória.

6. Melhora o humor

Os problemas cotidianos, as contas, o trânsito, as horas extras… Tudo isso muda a nossa forma de ver as coisas e nos transforma em pessoas mal-humoradas, irritadas e desanimadas.

Quando fazemos ioga os níveis de serotonina aumentam, o que evita a depressão, a ansiedade e a raiva, assim como acontece com qualquer outro exercício físico.

7. Otimiza a relação com nós mesmos

Se estamos em equilíbrio com o nosso corpo e nossa mente podemos manter boas relações com os demais, conseguir o que desejamos e ser mais felizes.

Se, pelo contrário, não nos perdoamos, procuramos milhares de defeitos em nós e nos comparamos com o resto, a única coisa que conseguimos é tristeza e frustração.

A ioga pode ajudar as pessoas a:

  • Abandonar o hábito de fumar
  • Parar de beber
  • Não comer exageradamente
  • Alcançar suas metas
  • Encontrar o lado positivo das coisas
  • Ficar com o bom que a vida tem
  • Aumentar a autoconfiança

8. Previne doenças neurodegenerativas

A ioga, em conjunto com a meditação, aumenta o tamanho das estruturas chamadas telômeros, as quais, quando são pequenas, causam envelhecimento precoce, certas patologias e até morte prematura.

Com apenas 15 minutos por dia de quaisquer das atividades, asseguramos o crescimento de tais estruturas e, portanto, podemos prevenir doenças degenerativas como o Alzheimer.

Você já conhecia estes benefícios emocionais da ioga? Esta prática milenar já faz parte do seu dia a dia? Não deixe de dar uma chance a ela!

Recomendados para você