Benefícios do chá verde para a saúde dental

· 31 de dezembro de 2018
O chá verde é uma bebida muito adequada para nossa saúde dental, mas devemos nos lembrar de escovar os dentes depois de tomá-lo para que não os manche.

Além dos benefícios que o chá verde oferece à saúde dental. Graças às suas propriedades, também ajuda a tratar a diabetes, e inclusive problemas mentais ou neurológicos.

Além disso, também oferece benefícios na área estética e da beleza, já que é um grande antioxidante e emagrecedor. Costuma ser incluído, por exemplo, em cremes capilares ou corporais, assim como em tônicos para a pele. Saiba mais.

Como o chá verde atua na saúde dental?

Chá verde para a saúde dental

O mito de que o chá verde é contraindicado para os dentes foi desmentido graças a diversos estudos, o último deles publicado pela revista Journal os Periodonology.

  • Neste se expõe que o chá verde tem o benefício de manter, fortalecer e ajudar a nos afastar de doenças que poderiam nos levar a perder os dentes, e assim, comprometer nossa saúde dental.

Veja também: 12 formas de evitar o mau hálito

1. Protege as gengivas das bactérias

Esta erva é rica em antioxidantes, dentre os quais se destacam as catequinas. Além de proteger a muitos órgãos de nosso corpo (dentre eles os dentes e as gengivas) ela ajuda a evitar a inflamação gerada pelas bactérias que se acumulam na raiz do dente e que se transformam em tártaro.

Assim, consegue protege-las das bactérias provenientes do exterior, prevenindo doenças periodontais como, por exemplo, a gengivite.

Além disso, o chá verde consumido diariamente ajudará a evitar o surgimento deste tipo de doenças que podem causar graves danos na cavidade bucal.

Estas atacam diretamente os dentes e depois a gengiva, e causam o enfraquecimento destes. Isso deriva em inflamação e a posterior penetração das bactérias no interior do rebordo alveolar. Podem, inclusive, chegar até o osso da mandíbula.

  • O chá verde, graças ao seu teor vitamínico, não só protegerá as gengivas, mas também as reforçará e neutralizará os agentes bacterianos que se encontram em nossa boca.

2. Efetivo contra as cáries

No que diz respeito à saúde dental, em países como a China e o Japão, onde se consome muito chá verde, são muito poucas as pessoas que sofrem de cáries nos dentes. Isso se deve às catequinas, que combatem as bactérias que causam cáries.

Acima de tudo, estudos respaldam sua efetividade frente ás cáries nos dentes.

3. Luta contra o mau hálito

A chá verde alivia o mau hálito, ajudando a cuidar da saúde dental

Outro dos benefícios do chá verde é que previne o mau hálito ou halitose. Isso acontece porque esta erva é carregada de antioxidantes que, graças às suas propriedades curativas, eliminam as infecções bacterianas. Assim, o consumo de chá verde favorece o aumento de antioxidantes no sistema imunológico.

Assim, permite que nosso organismo possa combater naturalmente as bactérias causadoras de mau hálito.

  • Com o consumo diário desta infusão começaremos a notar a diferença através da respiração.
  • Graças as suas propriedades conseguiremos imunizar a cavidade bucal.

Leia também: Produtos naturais que ajudarão a clarear os dentes

4. Limpeza profunda

Outra das razões pelas quais podemos ter mau hálito é porque poderíamos ter amídalas muito grandes. Isso é um motivo de sabor ruim na boca e expulsão de odores desagradáveis.

  • Nas amídalas pode-se alojar bactérias causadoras de possíveis infecções fruto da acumulação de saliva e restos de comida.
  • O chá verde é tão efetivo que ataca as bactérias e germes que chegam até ali. Ao começar a tomar chá verde nos daremos conta de que diminuirão os episódios de gripe ou irritação na garganta.

5. Portador de flúor

Através de suas raízes o chá verde obtém pequenas quantidades de flúor, que absorve da terra e da água. Assim, quanto mais tempo a planta passa no solo, maior a quantidade de flúor que terá na hora de consumir a infusão.

Um dado importante que não podemos ignorar é que depois do consumo devemos lavar os dentes com pastas de dente ou enxaguantes bucais. O chá verde também tem um pigmento que pode manchar os dentes.

  • Baladia, E., Basulto, J., Manera, M., Martínez, R., & Calbet, D. (2014). Efecto del consumo de té verde o extractos de té verde en el peso y en la composición corporal; revisión sistemática y metaanálisis. Nutricion Hospitalaria. https://doi.org/10.3305/NH.2014.29.3.7118
  • Huertas, R. A. P. (2013). Efecto del té verde (Camellia Sinensis L.) en las características fisicoquímicas, microbiológicas, proximales y sensoriales de yogurt durante el almacenamiento bajo refrigeración. @limentech, Ciencia y Tecnología Alimentaria. https://doi.org/10.24054/16927125.V1.N1.2013.383
  • Vázquez Cisneros, L. C., López-Uriarte, P., López-Espinoza, A., Navarro Meza, M., Espinoza-Gallardo, A. C., & Guzmán Aburto, M. B. (2017). Efectos del té verde y su contenido de galato de epigalocatequina (EGCG) sobre el peso corporal y la masa grasa en humanos. Una revisión sistemática. Nutricion Hospitalaria. https://doi.org/10.20960/nh.753
  • García-Rodríguez, M. C., Vilches-Larrea, R. E., Nicolás-Mendez, T., & Altamirano-Lozano, M. A. (2012). El té verde en la quimioprevención in vivo del daño genotóxico inducido por metales cancerígenos (cromo [VI]). Nutricion Hospitalaria. https://doi.org/10.3305/nh.2012.27.4.5672