Aumente a quantidade de bactérias benéficas no seu intestino

06 Dezembro, 2019
Alimentos fermentados e as leveduras nos fornecem bactérias benéficas que fortalecem a flora intestinal, ajudam a prevenir e combater infecções e otimizam diferentes processos fisiológicos  

Onde quer que vamos, os microrganismos sempre nos cercam, tanto bactérias benéficas, quanto nocivas. Falamos de milhões de seres imperceptíveis a olho nu, de diferentes tipos e espécies.

Estamos acostumados a ler sobre patógenos, ou seja, aqueles que geram infecções e viroses.

No entanto, também existem bactérias benéficas que nos ajudam a fortalecer nosso sistema imunológico e gastrointestinal. Se quisermos nos afastar de microrganismos nocivos, a coisa certa a fazer é termos aqueles que nos ajudam.

A boa notícia é que existem coisas que podemos fazer para que os chamados probióticos ocupem mais espaço em nosso intestino.

O primeiro passo é comer iogurte 

Iogurte com probióticos

A maioria das medidas que podemos tomar para aumentar a colônia de microrganismos positivos em nosso intestino passa pelo tipo de alimento que ingerimos. Quem não pode faltar na nossa dieta é o iogurte.

Este produto é um alimento rico em probióticos. Para ser exato, é uma fonte inesgotável de Lactobacillus acidophilus, uma espécie que produz vitamina K, peróxido de hidrogênio e lactato.

No caso das mulheres, também ajudam a combater infecções vaginais.

Ao ingerir doses moderadas de iogurte, também obtemos doses moderadas de Streptococcus thermophilus. Que também nos ajuda a prevenir infecções.

Leia também: Como fazer um suco desintoxicante para esvaziar os intestinos naturalmente

Comer queijo, pelo menos uma vez ao dia, também contribui 

O queijo contém bactérias

Entre as bactérias benéficas para o organismo humano está também a Lactobacillus reuteri. Esta gera vantagens particulares em mulheres e homens.

  • Em primeiro lugar, no que diz respeito às primeiras, a ingestão serve para restaurar a pele e o cabelo dos danos diários a que estão expostos.
  • Logo, no que diz respeito ao sexo masculino, a ingestão desta bactéria ajuda a gerar níveis mais altos de testosterona. Sem dúvida alguma, tudo isso é positivo para aumentar a massa muscular, melhorar a capacidade reprodutiva, ou até a combater a desagradável perda de cabelo.

Se o que queremos é atrair esse tipo de microrganismos, tudo o que precisamos fazer é manter uma ingestão moderada, mas constante de queijo, alimento que os possui em abundância.

A cerveja é benéfica? 

Levedura de cerveja

Existem leveduras excelentes para prevenir doenças no trato intestinal. Pontualmente, a Saccharomyces cerevisiae tem efeitos bastante positivos sobre a digestão.

  • Se quisermos evitar diarreia é aconselhável beber ocasionalmente uma cerveja ou outro produto que contenha a cevada. Também podemos encontrar esta bactéria no pão.
  • De fato, esse microrganismo é responsável pela fermentação do pão quando está assando, e também pela fermentação da cerveja. Sua eficácia é tal, que também é usada em medicamentos comerciais.

Bactérias benéficas: conheça as bifidobactérias 

Molho

Sem dúvida alguma, este é um dos probióticos mais poderosos que os seres humanos podem escolher para proteger nosso corpo. Em especial, a Bifidobacterium animalis tem excelentes efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e anticancerígenos.

Por exemplo, essas bactérias benéficas são geralmente encontradas em produtos lácteos, como o iogurte. Atualmente, existem suplementos vitamínicos em cápsulas que também podem ser bastante úteis, no caso de sofrer de cólon irritado.

No entanto, é prudente consultar um médico antes de usar este tipo de medicamento.

Recomendamos que você leia: Tratamento para atenuar o melasma à base de iogurte, banana e limão

Outros alimentos ricos em bactérias benéficas 

Azeite de oliva e azeitonas fornecem bactérias bnéficas

A conclusão do que foi visto até agora é que os alimentos que entram em processo de fermentação e as leveduras são ricos em micróbios benéficos. Estes fortalecem a microbiota intestinal e melhoram e aceleram importantes processos fisiológicos.

  • No entanto, existem outras fontes, como as azeitonas ou o azeite de oliva.
  • Outro alimento que aumenta nossa flora bacteriana é a sopa de missô, um prato japonês feito de tofu, e um caldo que leva uma variedade de vegetais.
  • Finalmente, outra excelente opção é o chá kombucha ou, como o chamam na China, “o elixir da saúde imortal”.

Em conclusão, o diferente desta infusão é que, para a sua realização, se submete a um processo de fermentação. Por exemplo, nela entramos em contato com microrganismos e leveduras positivas e benéficas para o nosso sistema digestivo.