"Amo meu neto, mas não sou berçário", se não for pago, ele não cuidará da criança

Um avô disse que, em sua velhice, apenas abriria mão de seu tempo livre se a filha pagasse 12 dólares por hora. Contaremos todos os detalhes a seguir.
"Amo meu neto, mas não sou berçário", se não for pago, ele não cuidará da criança

Última atualização: 09 maio, 2022

Quando uma criança chega em casa, os avós ficam muito felizes porque terão uma nova pessoa para dar todo o seu amor. Além disso, poderão transmitir os ensinamentos mais importantes e garantir que elas possam viver cheios de bem-estar.

No entanto, muitas pessoas têm entendido mal o papel dos avós, pois acreditam que por eles serem familiares, têm a obrigação de cuidar dos netos todos os dias.

No entanto isso é um erro, pois alguns idosos só querem descansar tranquilos durante a velhice. Por causa disso, eles se recusam a assumir grandes responsabilidades.

Além disso, é importante ter em mente que cada personalidade é diferente. Portanto, o cuidado obrigatório de um neto nunca deve ser imposto. Assim como alguns avós podem fazê-lo com prazer, outros não gostam nem um pouco da ideia.

É importante reconhecer que os pais muitas vezes precisam de ajuda durante a criação dos filhos. Às vezes, a jornada de trabalho atrapalha o cuidado com a criança.

De qualquer forma, por mais necessidade que exista, é preciso consultar os avós para evitar mal-entendidos. É importante saber respeitar os projetos de vida que cada pessoa tem.

Avô com seu neto.

A história de um avô com seu neto

Uma mulher americana pediu ao pai o favor de cuidar de seu filho, pois ela havia sido contratada em uma nova empresa e era impossível cuidar da criança 8 horas por dia.

No entanto, o avô recusou o favor desde o início. Ele disse que havia trabalhado a vida toda e agora merecia um bom descanso.

No entanto, ele se ofereceu para cuidar do neto se a filha lhe pagasse US$ 12 por hora, alegando que estaria voltando a trabalhar, pois teria que assumir uma responsabilidade importante e deixar o descanso de lado.

Além disso, o homem disse que ama o neto com todas as suas forças, mas que também tem uma existência própria. Por isso ele acredita que, apesar de sua idade, qualquer trabalho deve ser recompensado de forma adequada.

Foi assim que a filha entendeu seus motivos e concordou em fechar o negócio, pois sua grande tranquilidade é que o filho estaria em um lar cheio de amor e com os melhores cuidados.

A felicidade de uma neta e o avô.

O debate

Esta notícia foi postada no Reddit pelo próprio avô. As opiniões a respeito foram divididas; por um lado, haviam pessoas que diziam que era injusto cobrar dinheiro da filha e, de outro, os que afirmavam que todos têm o direito de viver a velhice como bem entenderem.

A verdade é que, antes de atribuir responsabilidades aos idosos eles devem ser consultados, pois isso evita que algumas de suas principais atividades precisem ser interrompidas e sua qualidade de vida seja prejudicada.

Por outro lado, os especialistas também recomendam não colocar toda a responsabilidade nos idosos. Nessa idade eles não têm a mesma energia para se movimentar constantemente e atender necessidades complexas.

Além disso, da mesma forma, o excesso de tarefas pode afetar a saúde mental deles. A responsabilidade irrestrita pode provocar um alto nível de estresse diário difícil de controlar.

Por isso, também é essencial consultar o idoso desde o primeiro momento. São eles próprios que devem dizer se estão em condições de assumir esse tipo de responsabilidade.

This might interest you...
Os idosos “forçados” pelos filhos a cuidar dos netos
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Os idosos “forçados” pelos filhos a cuidar dos netos

A terceira idade é uma fase em que merecemos descanso, mas muitos pais atribuem aos avós a responsabilidade diária de cuidar dos netos.



  • Cuervo Martinez, Ángela, Pautas de crianza y desarrollo socioafectivo en la infancia. Diversitas: Perspectivas en Psicología [Internet]. 2010;6(1):111-121.