Aftas, como tratá-las de maneira natural?

Conheça remédios e soluções naturais para tratar as aftas que aparecem em sua boca. Não perca!
Aftas, como tratá-las de maneira natural?

Última atualização: 11 Março, 2019

As aftas são lesões esbranquiçadas, dolorosas e, quando se rompem, costumam sangrar e incomodar muito. São provocadas pelo fungo Candida Albicans, que dá lugar à cândida oral.

Pela regra geral, elas aparecem na língua ou na parte interna das bochechas, ainda que possam se disseminar pelo céu da boca, gengivas e inclusive amígdalas, ou a parte posterior da garganta.

Embora este problema possa afetar qualquer pessoa, é mais provável que ocorra em crianças e pessoas que utilizem dentaduras, aparelhos ou corticosteroides inalados, ou estejam com o sistema imunológico baixo.

Dicas gerais para tratar as aftas

  • Mantenha uma boa higiene bucal, escovando os dentes e usando fio dental regularmente.
  • Proporcione ao seu organismo uma boa ingestão de líquidos para prevenir a desidratação; beba água, infusões de ervas ou sucos de frutas. Se necessário, utilize um canudo par evitar o contato direto com as regiões afetadas.
  • Evite, durante o tempo em que estiver com aftas, o consumo de alimentos muito duros e com arestas, como batatas fritas, oleaginosas, biscoitos, dentre outros, além de alimentos e bebidas picantes e ácidos.

Remédios naturais para tratar a afta

Água com sal

Um remédio caseiro muito utilizado para tratar a candidíase oral pode proporcionar alivio ao realizar enxagues após as refeições, três vezes ao dia. Para isso, misture uma colher de chá de sal em um copo d’água.

Alho cru

O alho apresenta propriedades antibacterianas, por isso comer alho cru pode ajudar em casos de aftas. Além disso, o alho é benéfico para doenças que estejam relacionadas ao sistema imunológico debilitado.

Conheça: Propriedades curativas do alho

Corte um alho e aplique diariamente sobre a afta durante dois minutos, ou moa um alho até formar uma pasta e misture com sal, aplique na área afetada durante dois minutos, depois lave com água.

Iogurte sem açúcar

Consuma iogurte natural sem açúcar; ele contém cultivos ativos que restauram o equilíbrio do pH saudável e o crescimento de bactérias normais na boca, além de proporcionar um alívio nas aftas.

Leia também: Açúcar, mais tóxico do que pensamos

Também é possível tomar acidófilo em capsula, que funciona da mesma forma que o iogurte.

Receitas

Deixaremos algumas receitas que são úteis no tratamento da afta. Fique atento.

  • 1 colher de sopa de suco puro de tanchagem
  • ½ colher de sopa de suco de alecrim

Guarde os sucos em vasilhas de vidro ou louça, tampado na geladeira. Molhe a afta de hora em hora com a mistura.

Babosa

De hora em hora, raspe a parte gelatinosa da babosa e aplique sobre as aftas.

  • 3 colheres de sopa de espinheira-santa
  • 1 colher de sopa de malva
  • 1 colher de sopa de camomila
  • 1 colher de sopa de rubim
  • 2 xícaras de água fervendo

Deixe as ervas indicadas durante 2 minutos em água fervente, desligue o fogo e espere amornar. Coe e faça bochecho de hora em hora. Não beba. Use apenas para lavar a boca em enxágues.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Acelere a recuperação das aftas com estes 7 tratamentos caseiros

As aftas são incômodas e podem evoluir para feridas infeccionadas na boca. Descubra algumas maneiras naturais de combatê-las.



  • Imagen cortesía de Helga Weber
  • The Effect of Coconut Oil pulling on Streptococcus mutans Count in Saliva in Comparison with Chlorhexidine Mouthwash (2016). Kaushik M, Reddy P, Sharma R, Udameshi P, Mehra N, Marwaha A.
    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27084861
  • Bayan, L., Koulivand, P. H., & Gorji, A. (2014). Garlic: a review of potential therapeutic effects. Avicenna journal of phytomedicine, 4(1), 1-14.
    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4103721/
  • Rinsing with Saline Promotes Human Gingival Fibroblast Wound Healing In Vitro (2016). Nam Cong-Nhat Huynh, Chidchanok Leethanakul, Prasit Pavasant, Ruchanee Salingcarnboriboon Ampornaramveth, Vincent Everts.
    https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0159843
  • Rioboo Crespo, M., & Bascones Martínez, A. (2011). Aftas de la mucosa oral. Avances en Odontoestomatología, 27(2), 63-74.
  • Jiang XW, Hu J, Mian FI. A new therapeutic candidate for oral aphthous ulcer: Allicin. Med Hypotheses, 2008; 71(6): 897-9.
  • Rajagopalan, A. (2015). Herbal products in oral hygiene maintenance–a review. IOSR J Pharm, 5, 48-51.
  • Briones, V. G. P. Patología oral.