8 sons do corpo aos quais não costumamos dar atenção

Embora existam sons do nosso corpo que consideramos normais, às vezes eles podem nos alertar para alguma complicação, então não devemos ignorá-los.

Os sinais que nosso organismo nos envia geralmente vêm na forma de sons do corpo, seja em estalos, ruídos nos ouvidos, roncos ou barulhos do estômago.

Nosso corpo é a máquina mais perfeita que existe. Ele é tão sábio que nos avisa quando algo está acontecendo. A questão é que raramente prestamos atenção a esses sinais e os ignoramos completamente.

Para que não passem despercebidos novamente, aqui apresentamos 8 sons do corpo aos quais você deveria dar um pouco mais de atenção.

Sons do corpo que merecem a nossa atenção

1. Estalos nas pernas

Estalos nas pernas

Este tipo de som pode ser causado por vários motivos, tais como:

  • Fadiga muscular, incluindo possível obstrução na corrente sanguínea, e desgaste nas articulações do joelho devido à carga excessiva.
  • Características anatômicas dos ligamentos e meniscos que, embora não afetem a mobilidade das pernas, produzem um clique perceptível ao ouvido.
  • Dias prolongados de movimentos, especialmente quando o corpo não está fisicamente acostumado.

Na maioria dos casos, os estalos não representam nenhum problema. No entanto, quando estes são acompanhados por dor ou inchaço, é necessário consultar um médico.

É importante se submeter a uma revisão médica, pois pode ser causado por uma ruptura de ligamento ou menisco, ou mesmo artrite.

2. Roncos constantes

O ronco é gerado pela vibração das vias aéreas quando o ar entra pela boca ou nariz.

Embora os roncos sejam sons bastante comuns, os médicos sabem que geralmente são devidos a algum bloqueio ou obstrução no nariz, boca ou garganta.

Estas são as razões mais frequentes para os roncos, e por isso é conveniente ir a um médico:

  • Perda de musculatura na garganta
  • Obesidade
  • Reações a medicamentos
  • Ingestão excessiva de álcool
  • Passagens nasais bloqueadas
  • Uma curvatura do septo do nariz

3. Estalos na mandíbula

Mulher bocejando

Em alguns casos, eles podem significar o deslocamento de uma articulação temporomandibular, em outros, pode ser devido à artrite das articulações temporomandibulares.

Também pode ser devido ao bruxismo (hábito de apertar ou moer os dentes inconscientemente), cáries ou fortes tensões dos músculos do rosto.

Em todos os casos, recomendamos que consulte um médico especialista.

4. Diferentes sons nos ouvidos

Muitas vezes o zumbido que se manifesta nos ouvidos desaparece sem ter tratado.

No entanto, nos casos em que o som aparece constantemente e não desaparece com facilidade, é aconselhável visitar um médico especialista. Estes podem ser devidos a uma infecção ou doença na parte interna do ouvido.

5. Estalo forte ao adormecer ou acordar

Mulher acordando pela manhã

Este tipo de ruído aparece de repente. Em geral, são breves e extremamente irritantes.

Nestes casos, as causas exatas são desconhecidas.

6. Estalos nos ombros

Nesses casos, os estalos podem significar várias coisas, tais como:

  • Tendinite, inflamação nos tendões devido a pancadas ou desgaste excessivo.
  • Bursite, inflamação na bolsa entre o osso e os tendões do ombro.
  • Um rasgo no manguito rotador do ombro.

7. Estalos no cotovelo

Dor no cotovelo

Os estalos no cotovelo podem indicar problemas mecânicos na articulação e podem ser gerados por diferentes motivos, tais como:

  • Nutrição deficiente, que afeta a composição dos ossos e articulações
  • Infecções localizadas
  • Distúrbios metabólicos
  • Lesões causadas por pancadas fortes
  • Falta de atividade física e, por sua vez, o excesso desta quando realizada incorretamente

Nestes casos, se o estalo persistir com o passar do tempo e também gerar dor e inflamação, é aconselhável ir a um médico especialista para encontrar uma solução.

8. Estalos na garganta

Os estalos na garganta podem ser mais sérios do que você pensa. Estes, em algumas ocasiões, podem ser um sintoma de distúrbios neurológicos que afetam os tecidos, como é o caso do Parkinson.

Além disso, eles também podem ser gerados por algum alargamento da cartilagem da tireoide. Nesses casos, os estalos deixam de ser ouvidos e o problema se alivia sozinho.

Não se esqueça: caso os sons sejam acompanhados por inflamações ou dores, o tratamento adequado é importante.

Nestes casos, é recomendável ir ao médico e evitar a automedicação e os diagnósticos próprios.

Categorias: Bons hábitos Tags:
Recomendados para você