7 passos para deixar de ser uma pessoa triste

Mudar a forma de ver as coisas e se manter em um ambiente positivo pode ajudar uma pessoa triste a melhorar sua perspectiva e evoluir para o bem-estar. Vamos contar tudo sobre o assunto no artigo a seguir.
7 passos para deixar de ser uma pessoa triste

Última atualização: 13 Maio, 2021

Para deixar de ser uma pessoa triste, é importante que você descubra o motivo de sua situação. É necessário analisar o motivo porque, uma vez encontrado, será mais fácil desenvolver uma estratégia de crescimento pessoal adequada e, acima de tudo, um caminho saudável para seguir em frente, pouco a pouco.

Para isso, é recomendável procurar um especialista. Um bom psicólogo saberá aconselhar você, principalmente se, por mais que você se esforce, considera que não consegue levantar a cabeça. O profissional ajudará a desenvolver suas próprias forças e recursos, sem julgamentos, mas ajudando você a crescer e se tornar a melhor versão de si mesmo.

Além de fazer terapia, você pode tentar seguir as seguintes recomendações que vamos compartilhar a seguir. Somadas a um estilo de vida saudável, elas ajudarão você a se sentir melhor.

1. Pare de pensar nas coisas que lhe incomodam

 

Uma maneira de gerenciar o colapso mental é aprender técnicas de resolução de problemas. Além disso, é conveniente praticar técnicas de relaxamento.

O primeiro passo para deixar de ser uma pessoa triste é entender que dar voltas em uma mesma ideia o tempo todo é desgastante e inútil.

Focar toda a sua atenção no que deprime você não só aumentará a tristeza, como também a frustração por não poder fazer nada a respeito. Para interromper esse círculo vicioso, coloque em prática estratégias que permitam desviar a atenção dos pensamentos ruminantes direcionando sua mente para assuntos que tragam bem-estar.

Por outro lado, tente se desconectar realizando uma atividade que seja divertida e mantenha sua mente ocupada. Pode ser um pouco difícil no início, mas aos poucos ficará mais fácil. E se você ainda não encontrou alguma atividade desse tipo, experimente várias opções até encontrar a que mais gosta e funciona para você.

2. Coloque-se em movimento

De acordo com o estudo realizado pela Dra. Martín Escudero, o exercício físico pode prevenir e servir como complemento para os problemas associados à depressão.

Existem diversas atividades que você pode experimentar e só precisa encontrar a que lhe parecer menos tediosa. Experimente várias até encontrar a que se adaptar melhor a você. Assim que começar a se exercitar, você se sentirá melhor. Como um adicional, sua mente estará entretida e você ficará em forma.

3. Durma o suficiente

Pessoa triste na cama

Deixar de ser uma pessoa triste é mais simples quando sua mente está relaxada. Lembre-se de que precisamos dormir de 6 a 8 horas diárias para que o corpo e a mente funcionem de forma adequada.

Se você for do tipo de pessoa que tende a sofrer de insônia, é provável que a falta de sono esteja afetando o seu humor, de acordo com este estudo realizado por um grupo da Universidade de Bristol. Caso sua tristeza se deva a outros fatores, dormir ajudará a relaxar sua mente.

  • Você vai descobrir que tudo fica melhor depois de dormir várias horas.
  • Se você tiver problemas para conciliar o sono, tome uma infusão relaxante.

4. Cerque-se com pessoas positivas

As pessoas ao nosso redor têm um papel de grande importância em nossa vida. Elas afetam nossa forma de pensar e de sentir. Assim como as doenças, os pensamentos e os estados de humor também são contagiosos.

Se as pessoas com as quais você convive são negativas, é normal que você também comece a ter o mesmo tipo de pensamento.

  • É muito importante estarmos abertos a conhecer novas pessoas. Do contrário, será difícil que as emoções positivas o contagiem.

5. Antecipe-se aos momentos de tristeza

 

A vida é como uma montanha russa na qual as emoções vão mudando com rapidez. Por isso, é importante que, quando está bem, você se prepare para os momentos tristes e negativos. Isso não significa que você deva pensar nisso continuamente, apenas que se lembre de que tudo que sobe desce, e isso é normal.

Nos momentos de queda, você pode aproveitar para observar sua forma de viver e refletir sobre a sua maneira de se cuidar e de se tratar no dia a dia. Os exercícios de autoestima também podem ajudar você a se aprofundar e, é claro, a identificar aspectos a serem melhorados.

Quando você se sentir triste, dê-se um mimo. Beba aquela xícara de chocolate quente, veja o seu filme preferido, dê um tempo a si mesmo para descansar, tome um banho de água quente com sais aromáticos… e lembre-se de que, assim como há momentos de queda, melhores momentos sempre virão. O arco-íris pode surgir após uma tarde chuvosa.

6. Mude a sua rotina

Fazer as mesmas coisas todos os dias pode ser deprimente para qualquer um. Para deixar de ser uma pessoa triste, você precisa sair dessa monotonia no momento em que ela mais começar a afetar.

  • Adicione coisas novas sempre que puder ou tire um dia livre do trabalho.
  • Você não precisa se esforçar em gerar grandes mudanças. A realidade é que bastam pequenos toques que adicionem emoção e frescor ao seu dia.

7. Mude de ares

 

Uma das melhores formas de combater a tristeza é mudar o seu entorno. Se a sua tristeza for muito profunda, é possível que chegue ao ponto em que até o ambiente seja uma constante lembrança dos seus problemas.

Você não precisa fazer mudanças tão radicais como se mudar de casa ou de cidade.

A questão principal é fazer algo que traga emoção e inspiração à sua vida.

Faça algo para ajudar a si mesmo

Você não pode deixar de ser uma pessoa triste só tomando a decisão de não sentir mais isso. O que você deve fazer, como recomendamos no início, é procurar a ajuda de um psicólogo.

Isso o ajudará a criar uma estratégia para lidar com o problema. Ter um objetivo em mente ajudará você a manter o foco e, eventualmente, será possível encontrar a resposta para resolver o seu problema.

Pode interessar a você...
A tristeza e a depressão. Veja as 4 diferenças entre elas.
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
A tristeza e a depressão. Veja as 4 diferenças entre elas.

A tristeza e a depressão apresentam muitos pontos em comum, mas ao mesmo tempo são dois conceitos completamente diferentes. Aprenda a diferenciá-los.