8 dicas para combater a insegurança

1 de dezembro de 2019
Se as aglomerações de pessoas ou outros aspectos te bloqueiam, é bom aprender a enfrentá-los. Dessa forma, será capaz de vencer este medo e melhorar as relações.

O grande inimigo das relações sociais é a insegurança. Pensar sempre no que dirão é esquecer algo muito importante: você é uma pessoa valiosa. Por isso, descubra como combater a insegurança e melhorar as relações pessoais a seguir.

Se não sabe pode onde começar, coloque em prática nossas dicas. Verá que melhorar os relacionamentos é mais fácil do que pode parecer à primeira vista.

Como combater a insegurança

Pessoa timida

1. Seja cordial

A educação é um excelente passo para melhorar socialmente. Ainda que se trate de uma relação de amigos ou amorosa, mostrar educação será o primeiro passo para que esta seja devolvida.

  • Um dos medos que se pode sentir é considerar que será objeto de ofensas.
  • Por isso, se antes tenha se envolvido em situações incômodas e agora teme repetir a experiência, tente simplesmente ser uma pessoa educada. Verá como seus interlocutores se comportarão da mesma forma.

Leia mais: Como tomar as melhores decisões

2. Se quiser combater a insegurança, ame sua beleza

Vestir-se bem te fará sentir-se seguro, ter confiança em si, assim como melhorar seus relacionamentos.

Todas as pessoas são visuais. Portanto, mostrar sua melhor parte na forma de roupas, maquiagem e acessórios é uma forma de abrir portas.

3. Não tenha medo de rir e chorar

Não existe maior mostra de confiança do que exteriorizar de forma saudável e madura aquilo que sente. Seja amor, dor, raiva ou alegria, é importante que não tenha medo de experimentar essas emoções.

Além disso, talvez até tenha uma grata surpresa ao descobrir que os demais se conectam melhor quando você se permite ser vulnerável. Isso é normal, pois dá oportunidade ao outro de ser empático contigo e te ajuda a melhorar as relações.

4. Não brigue, mas sim debata

Todos temos o direito de pensar de forma diferente. De fato, isso é parte do que enriquece nossas relações interpessoais. Imagina o quão chato seria estar rodeado de gente que pensa exatamente como você?

As pessoas inseguras costumam sentir medo de expressar suas ideias quando estas são contrárias as do restante. No entanto, não há nada que te ajude a aumentar a confiança tanto quanto defender os próprios pontos de vista com argumentos.

Este é um exercício muito saudável que deveria experimentar sempre que seja possível. Contudo, somente lembre que não deve buscar um confronto violento ou agressivo. Ao invés disso, pratique um debate saudável.

  • Exponha seus pontos de vista com inteligência e firmeza, dessa forma, ganhará respeito.
  • No caso de estar errado, aceite o erro e embrace o conhecimento. Permita-se aprender e ensinar.
  • Além disso, estabeleça discussões saudáveis, já que criam respeito e muita confiança.
Converse com as pessoas

5. Para combater a insegurança, experimente falar sozinho

Parece um conselho estranho, não é? Mas realmente é um método que permite se conhecer melhor e ajudar os pensamentos fluírem mais rápido.

Dessa maneira, pratique com um espelho e descubra que isso te ajudará a melhorar as relações e a estabelecer conversas mais longas em pouco tempo. Este é um bom exercício se sempre que conversa com um estranho se sinta sobrecarregado.

6. Compareça em lugares muito movimentados

Morre de medo ante a simples ideia de ir a algum local cheio de gente? Nem sequer se atreve a entrar? Bom, para melhorar as relações é necessário se submeter a estas situações.

No entanto, a primeira vez que o fizer possivelmente ficará parado em um canto e evitará todo contato, mas não desista. Para fazê-lo, existem duas formas:

  • Inclua em sua rotina semanal ou mensal comparecer a algum local de forma constante. Pode ser uma aula de dança, de música, ou academia, onde sentir maior conforto e um local que melhore o bem-estar.
  • A outra é mais improvisada e consiste em realizar viagens e ir a lugares que nunca tenha visitado em sua vida a fim de conhecer pessoas.

O mais importante é lembrar que não se trata de ver como os demais socializam, e sim de se relacionar com eles. Dessa forma, fale com estranhos em lugares inesperados.

Para este ponto é importante não planejar: somente reserve um espaço na agenda para sair sem rumo.

7. Trabalhe nos temas que te geram insegurança

Pode trabalhar muito para melhorar suas relações e consegui-lo logo após vários esforços. No entanto, se quiser que os resultados sejam permanentes, também deve trabalhar as inseguranças.

Comece por analisar quais são as lembranças ou atos que te geram o problema. Ademais, trabalhe nestes fatores sozinho ou com a ajuda de um especialista para que não estrague os sucessos alcançados até o momento.

Antes de ir, leia: Por que o orgulho é considerado uma doença?

8. Aumente seus conhecimentos

Para facilitar as relações é bom ter assuntos para falar. Não é ruim ser especialista em um único tema, mas é muito melhor ter conhecimentos variados.

Contudo, isso não se limita a ler livros e pesquisas acadêmicas. Ver televisão, filmes ou esportes pode ser de grande ajuda. Ter diferentes temas de conversa é um passo grande para socializar mais e melhor.

Com estas dicas poderá melhorar as relações em todos os aspectos. Se souber conduzir sua vida diária, se relacionará melhor em nível social, acadêmico, familiar e amoroso.

A chave do sucesso está na confiança e no amor próprio. Depois disso, as demais portas se abrirão.

  • Branden, N. (1989). Cómo mejorar su autoestima. Círculo de Lectores. https://doi.org/10.1186/cc1474
  • Muratori, M., & Zubieta, E. (2016). La inseguridad subjetiva como mediadora del bienestar social y clima emocional. Psicodebate. https://doi.org/10.18682/pd.v16i2.602
  • Marks, I. M., & Boix, F. (1980). Miedos, fobias y rituales. Biblioteca de Psicología, psiquiatria y salud. Clínica.