8 coisas que acontecem quando você não dorme o suficiente

6 de maio de 2017
Dormir pouco ou não ter um descanso reparador tem consequências negativas em seu corpo e em seu humor. Explicamos as mais comuns.

Quantas horas você dorme por noite? Dormir bem todos os dias, por um período não inferior a 8 horas, é determinante para conservar nosso bem-estar físico e mental.

Apesar de não prestarmos a atenção necessária, as dificuldades para ter um sono reparador conduzem a várias reações negativas que, com o tempo, afetam de forma considerável a qualidade de vida.

É assim porque durante o descanso ocorrem processos importantes, incluindo a produção de hormônios, algumas atividades metabólicas e a renovação das energias.

Por isso, após ter interrupções durante a noite ou reduzir as horas de sono, são originados alguns sintomas físicos e emocionais que dificultam a realização das tarefas cotidianas.

Como sabemos que muitos ainda desconhecem estes efeitos, destacaremos agora os 8 principais. Descubra-os!

Consequências de quando você não dorme o suficiente

1. Aumento da pressão arterial

pressao-alta

Ter uma má qualidade de sono afeta as artérias e o fluxo sanguíneo, sobrecarregando a atividade do músculo cardíaco.

Devido a isso, sua falta de controle pode influenciar no desenvolvimento de hipertensão arterial, aumentando a pressão sistólica até 132, quando o nível ideal é de aproximadamente 120.

Quer saber mais? Leia: Quais alimentos reduzem a hipertensão?

2. Desejo por comida

Diminuir as horas de descanso está vinculado ao aumento do índice de massa corpórea, visto que aumenta a ansiedade por comida.

Ao não dormir, os níveis do hormônio chamado leptina diminuem. Esse hormônio se encarrega de manter o apetite sob controle. Em seu lugar, aumentam os níveis de grelina, conhecido popularmente como o hormônio da fome.

Manter este hábito aumenta o desejo de consumir carboidratos e açúcares, inclusive em horas alheias ao período de sono.

3. Sistema imunológico enfraquecido

sistema-imunologico

O esgotamento físico causado por uma noite ruim de sono causa efeitos diretos sobre a saúde do sistema imunológico, diminuindo a produção dos anticorpos que lutam contra os patógenos daninhos.

Por sua vez, esta situação aumenta o risco de infecções bacterianas e virais, além de algumas patologias autoimunes.

4. Dificuldades cognitivas

A saúde cerebral e do sistema nervoso são as mais comprometidas pelos efeitos negativos de não cumprir com o horário de sono adequado.

Devido a isto, as pessoas com insônia têm problemas em sua capacidade de concentração e rendimento cognitivo. Frequentemente, após uma noite ruim de sono é mais difícil tomar decisões e há uma diminuição na habilidade para reter informação.

Além disso, com o tempo, o cérebro reduz os processos que ajudam a limpar as proteínas formadoras de placa e, portanto, aumenta o risco de demência e Alzheimer.

5. Estresse e depressão

mulher-estressada

Os desequilíbrios emocionais recorrentes muitas vezes têm sua origem em uma má qualidade de sono durante várias noites repetidas.

Se dormir uma noite ruim causa irritabilidade e estresse, passar vários dias na mesma situação pode causar fortes episódios de depressão.

Ao que parece, não dormir afeta as atividades dos neurotransmissores do bem-estar, diminuindo sua liberação e aumentando os níveis de cortisol.

6. Risco mais alto de diabetes tipo 2

Poucos sabem, mas dormir menos de 8 horas por dia aumenta o risco de desenvolver diabetes do tipo 2.

Não ter um descanso ótimo interfere nos processos metabólicos que controlam os níveis de glicose, gerando uma acumulação que pode se tornar perigosa.

Como se fosse pouco, também diminui a sensibilidade à insulina, um hormônio que desempenha um papel fundamental no controle do açúcar.

7. Ganho de peso

ganho-de-peso

Além de aumentar a sensação de fome, não ter uma boa qualidade de sono aumenta a tendência a ganhar peso corporal.

Somado ao consumo excessivo de calorias, geram-se certos desequilíbrios hormonais que interferem na atividade metabólica.

Como consequência, o corpo diminui sua capacidade para usar as gorduras e açúcares como fonte de energia, gerando sua acumulação em diversas áreas.

Visite também o artigo: 6 formas eficazes de controlar os hormônios que nos fazem ganhar peso

8. Inflamação

É muito provável que depois de um período deficiente de descanso você se levante com o abdômen ou as articulações inflamadas.

Apesar de isso poder acontecer por muitos fatores, neste caso será o resultado de um desequilíbrio na inflamação dos tecidos devido à falta de sono.

É fundamental oferecer um tratamento oportuno, obviamente descansando bem, visto que o excesso de inflamação aumenta o risco de patologias crônicas.

Como você pôde notar, mais do que para sentir o corpo recarregado de energia, dormir bem é um hábito necessário para o bem-estar.

Cumpra sempre com os horários recomendados para não ter que lidar com estas consequências negativas.

Recomendados para você