Alimentos para a gravidez que você deveria incluir

· 23 de dezembro de 2018
Os alimentos que contêm ácidos graxos ômega 3, ácido fólico e proteínas são muito benéficos para a etapa de gestação. Descubra os mais recomendados para a sua dieta.

Ainda que a dieta possa variar para cada mulher grávida, há certos alimentos para a gravidez que não deveriam faltar. Seu alto teor de nutrientes de alta qualidade, somado ao seu valor energético, faz com que sejam imprescindíveis dentro da dieta habitual.

Por outro lado, suas propriedades ajudam a amenizar os incômodos próprios da gestação e, por sua vez, controlam a ansiedade por comida sem adicionar muitas calorias. Apesar de certo que as necessidades calóricas aumentam nesta etapa, não é uma desculpa para comer em excesso.

Em seguida, compartilharemos uma breve lista com 8 alimentos que você pode adicionar em sua dieta se está grávida. Entretanto, cabe esclarecer que são um simples complemento nutricional, pois o plano de alimentação deve conter todos os nutrientes.

Alimentos para a gravidez que você deveria incluir

Estar em estado de gestação implica em melhorar 100% a dieta. Ainda que as mudanças devam começar desde as primeiras semanas, ao chegar ao segundo e terceiro trimestre devem-se consumir entre 350 e 500 calorias a mais.

Porém, para que não haja problemas de sobrepeso, colesterol ou diabetes, esse aumento de calorias deve provir de alimentos saudáveis. Assim, vale a pena conhecer esses ingredientes que você pode adicionar em sua dieta se está grávida. Desfrute-os!

1. Ovos

Os ovos são um dos exemplos de alimentos que mulheres grávidas devem consumir

Os ovos contêm importantes nutrientes para o desenvolvimento da gravidez saudável. São uma fonte de vitaminas do complexo B, fósforo e gorduras saudáveis que intervém na formação do bebê. Além disso, oferecem colina, nutriente chave para o desenvolvimento cerebral.

Leia também: Como usar o ovo para cuidar dos cabelos

2. Salmão

Ainda que talvez tenham te dito que não é seguro adicionar peixe em sua dieta se está grávida, o salmão é uma opção segura. Se trata de uma fonte importante de ácidos graxos ômega 3, proteínas e minerais que cuidam da saúde cardiovascular e cerebral.

Uma absorção adequada destes nutrientes beneficia ao bebê de múltiplas formas. Por exemplo, melhora sua acurácia visual, aumenta sua capacidade de aprendizagem e diminui o risco de atrasos. Além disso, ajuda a evitar complicações no momento do parto.

3. Abacates

O abacate é um dos alimentos para a gravidez

Os ácidos graxos que o abacate contém são úteis para a formação adequada dos tecidos da pele e para o cérebro do feto. Ainda, evitam a acumulação de colesterol e triglicerídeos no sangue da mãe.

Este fruto também é uma fonte de ácido fólico e vitaminas do complexo B, cuja absorção diminui o risco de anomalias no tubo neuronal e outros problemas congênitos. Além disso, seu teor de potássio diminui a cãibras e adormecimento nas pernas que as grávidas costumam sofrer.

4. Carnes magras

Por ser um dos alimentos com mais teor de ferro, vitaminas B e proteínas de alto valor biológico, as carnes magras devem fazer parte da dieta de uma mulher grávida. Seu consumo moderado diminui o risco de anemia e parto precoce.

5. Aveia

Aveia é um dos alimentos para a gravidez

Um dos melhores alimentos para o café da manhã e os lanches das gestantes é a aveia. Trata-se de um cereal integral rico em fibra, cuja assimilação no organismo evita a prisão de ventre e as digestões lentas. Além disso, oferece um “plus” de vitamina B1, magnésio e proteína.

6. Frutos secos

Para desfrutar de uns tira-gostos saudáveis pode-se recorrer aos frutos secos. Em todas as suas variedades oferecem doses interessantes de ácidos graxos ômega 3, proteínas e antioxidantes. Estes nutrientes aumentam a energia e contribuem para o desenvolvimento normal do feto.

Veja também: 3 receitas de granola caseira com frutos secos

7. Espinafre

A espinafre contém ácido fólico, que é excelente para mulheres grávidas

O ácido fólico que as folhas do espinafre contêm pode ajudar a diminuir o risco de má formação congênita no feto. Por sua vez, apoia a formação de novos tecidos tanto no bebê quanto na mãe. Também contém ferro e magnésio, minerais que intervém na formação de glóbulos vermelhos para evitar a anemia.

8. Iogurte natural

Na gravidez é importante obter uma dose “extra” de cálcio; portanto, é conveniente consumir alimentos para a gravidez, como o iogurte. Graças as suas propriedades, este ingrediente regula o pH da microbiota intestinal e fortalece as defesas. Além disso, apoia o fortalecimento do sistema ósseo e dos dentes.

Você conhecia esses alimentos para a gravidez que você deveria incluir? Agora que sabe quais são, não deixe de adicioná-los em seus pratos favoritos. Lembre-se de que para uma gravidez saudável é preciso manter uma alimentação completa e variada, que desempenhe essas necessidades nutricionais especiais.