7 plantas perigosas que você não deve ter em casa

18 de junho de 2019
Às vezes, a beleza tem seus perigos, e isso não é diferente com as plantas, por isso é bom conhecê-las para evitar riscos desnecessários.

As plantas dão um toque especial à decoração da casa. Elas criam um ambiente natural, purificam o ar e ajudam a dar vida aos espaços. No entanto, existem algumas plantas perigosas que podem ser tóxicas; especialmente para crianças e animais de estimação.

Também é possível que em algum passeio no campo você descubra algumas plantas bonitas e você será encorajado a levá-las para sua casa sem saber se representam algum perigo. Mas às vezes, sua beleza é uma armadilha que pode causar muitos problemas.

Plantas perigosas que você não deveria ter em sua casa

  1. Hortênsias

Hortênsia

É talvez uma das plantas mais populares para decoração de interiores. Suas flores azuis brilhantes são muito vistosas; no entanto, são a parte mais perigosa.

Se a flor da hortênsia for mastigada, uma parada respiratória pode ocorrer, a pressão arterial cair e há um alto risco de tontura e desmaio. As folhas e o caule também produzem esses efeitos, mas em menor escala.

Estes sintomas são produzidos pela hidrazina, um composto familiar de cianeto presente nesta planta, tão bela e comum em nossos lares.

Leia também: Cultive o gengibre dentro de casa

  1. Os lírios

Os lírios, também conhecidos como copos de leite, são uma das flores favoritas em buquês e vasos decorativos. No entanto, aqueles que têm gatos devem evitá-los.

Existem muitos tipos diferentes de lírios e todos eles têm efeitos negativos em gatos. Alguns irritam o trato digestivo do animal e causam diarreia e vômito. Outros tipos de lírios afetam os rins e podem causar a morte.

Os estudos falharam em descobrir qual a substância causa intoxicação nos gatos; mas sabe-se que apenas duas pétalas podem ser fatais. 

  1. Salvia divinorum

Sálvia

Este tipo de sálvia pode pegar muitos desavisados ​​de surpresa, já que muitas vezes ela é confundida com a sálvia comum; que é comestível e tem muitos benefícios para a saúde.

sálvia tem composto alucinógenos, semelhante ao LSD. Embora o povo indígena da Amazônia a use para fins ritualísticos, seu consumo pode causar danos irreversíveis, pois cria estados de consciência alterada e alucinações que às vezes se tornam recorrentes e permanentes.

Por esse motivo, quando você ler o rótulo que diz “sálvia”, verifique se ela não tem o sobrenome divinorum.

  1. Floripôndio, trombeta de anjo ou Brugmansia: plantas perigosas

Esta planta, conhecida por diferentes nomes de acordo com a região, é uma árvore frondosa e muito decorativa. Suas flores, muito atraentes, caem como uma saia ou sino. Para uma maior tentação, seu sabor é doce e agradável.

No entanto, o floripôndio é também uma planta alucinógena. Suas flores causam episódios psicóticos, alienação, paralisia e podem se tornar mortais. Isso porque ela possui alcaloides tróficos, substâncias que também estão presentes nas drogas sintéticas e que inibem o sistema nervoso.

  1. O Trinitário

Trinitario

É muito comum no exterior das casas, pois sobe as paredes e lhes dá cor com suas flores.

As flores, o caule e as sementes da trinitária contêm cianogênicas e oleandrina, ambas substâncias tóxicas que afetam o coração. Se ingeridas intencionalmente ou por acidente, arritmias e taquicardias aparecerão em poucas horas; assim como tontura, vômito e diarreia.

  1. O oleandro

Também conhecido como “flor de São José”, o oleandro tem flores pequenas e delicadas, e é por isso que é uma das plantas favoritas tanto em ambientes internos quanto externos. No entanto, é uma planta perigosa para pessoas e animais.

Oleandro contém glicosídeos que, quando ingeridos, aceleram o ritmo do coração, produzem sudorese, náuseas, vômitos, diarreia e problemas respiratórios.

Também é perigoso quando em contato com a pele; porque seu caule tem uma substância leitosa que pode ser irritante. Portanto, recomenda-se usar luvas ao plantar, transplantar ou podá-las.

Leia também: Como aliviar a alergia da pele: 3 tratamentos caseiros

  1. Difenbachia

Diffenbachia planta

Esta planta, também conhecida como ‘Loteria’ e ‘Amoena’, é muito popular por seu colorido e por sua fácil manutenção em interiores e exteriores. Esta planta tem asparagina, que é uma substância irritante. Pode causar problemas de pele em algumas pessoas e se mastigada pode causar inflamação da garganta e problemas cardíacos.

Plantas perigosas: recomendações gerais

Estas plantas perigosas são muito decorativas e fáceis de serem encontradas; por isso é sempre aconselhável tratá-las com cuidado e mantê-las fora do alcance de animais de estimação e crianças.

Além disso, é bom tomar outras precauções:

  • Recolha as folhas e pétalas que caem da planta.
  • Coloque etiquetas que avisem do seu perigo.
  • Lave as mãos depois de tocar nas plantas.
  • Se você tem animais de estimação, verifique se eles têm um recipiente com água fresca para evitar que eles bebam a água armazenada nas plantas.

E lembre-se: sempre que comprar uma nova planta procure informações que possam ajudar você a saber se trata-se de uma planta perigosa.