Odores corporais: o que podem estar dizendo?

· 15 de outubro de 2015
Além de ser um sinal de uma higiene bucal deficiente, o mau hálito também pode nos alertar sobre diferentes condições ou infecções, que podem afetar a boca, a garganta ou os pulmões.

Ter certos odores corporais é algo muito comum. Ainda que muitos sejam desagradáveis, estes cumprem funções importantes no organismo; como eliminar substâncias tóxicas e regular a temperatura do corpo.

No entanto, apesar de certos odores serem próprios do corpo, existem alguns aromas que podem ser desagradáveis e que podem estar alertando sobre algum problema de saúde crônico; como é o caso das infecções ou até do câncer.

William Hanson, professor de anestesiologia da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, garante que vários estudos demonstraram que as doenças provocam mudanças nas substâncias químicas do organismo.

Algumas destas mudanças podem ser identificadas ao observarmos a sua textura e percebermos o seu odor; Eventualmente indicam a presença de um problema quando fazemos uma avaliação médica profissional.

Se repentinamente os odores corporais se tornarem mais fortes e difíceis de neutralizar; é importante se preocupar e ficar atento diante de possíveis transtornos de saúde.

  1. Odor de levedura

Odores-vaginais

Os corrimentos vaginais são normais quando sua cor é cristalina ou branca, mas sem um odor específico.

Quando a secreção adquire um aspecto branco e espesso, com um odor de levedura ou massa de pão; é possível que exista algum tipo de infecção vaginal causada pela cândida ou outro tipo de fungo presente na região íntima.

Na maioria das vezes este tipo de condição está associado à gravidez, à diabetes ou ao uso de antibióticos. Assim como também é caracterizada por provocar coceira e irritação.

  1. Odor forte nos pés

O odor em seus pés é insuportável e você não consegue neutralizá-lo? Ainda que hoje em dia existam muitos desodorantes e produtos que possam atenuar o problema, existem pessoas que não conseguem resolvê-lo; não importa o quanto se esforcem.

Um forte odor nos pés pode indicar a presença de bactérias e fungos que, ao entrar em contato com o ar, se decompõem liberando o seu aroma desagradável.

Este tipo de transtorno pode ser causado, entre outras coisas, por alterações hormonais, falta de higiene e transtornos nervosos.

  1. Mau hálito

Odor-bucal

A halitose, como é conhecida em termos médicos, se produz como resultado de uma má higiene bucal ou algum tipo de infecção; criando assim um ambiente adequado para a proliferação de bactérias.

Este aroma pode afetar a qualidade de vida de quem sofre com o problema; pois, cria sérios problemas de autoestima e isolamento social.

Algumas de suas causas também incluem:

  • Ter um abscesso
  • Ter cáries
  • Doenças nas gengivas
  • Infecção pulmonar
  • Infecção na garganta
  • Ingestão de alimentos como o alho ou a cebola crua

Saiba mais: Como tratar a halitose de forma eficaz?

  1. Odor de peixe

Um mau odor de peixe na área vaginal costuma ser vergonhoso e muito difícil de controlar quando a sua origem é desconhecida.

Se este aroma se torna mais intenso depois de manter relações sexuais ou da menstruação, é muito provável que se trate de uma vaginose bacteriana. Uma condição que ocorre quando as bactérias ruins são mais numerosas do que as boas.

Seus sintomas podem incluir um corrimento cinza, dor, coceira e ardor.

  1. Mau cheiro nas axilas

mau-cheiro-nas-axilas

As bactérias que se desenvolvem nas axilas são uma das principais causas deste mau odor nas axilas.

Quando não se mantém a higiene adequada e não são utilizados produtos desodorantes, é possível que este mau cheiro surja com toda a intensidade.

No entanto, em alguns casos ele também pode ser decorrente de uma condição de saúde conhecida como bromidrose; associada ao mau funcionamento das glândulas apócrinas, que causa um odor muito desagradável e impossível de disfarçar.

Leia mais: 5 desodorantes caseiros para eliminar o mau cheiro das axilas

  1. Odores fortes ao urinar

A urina tem um odor particular que a maioria de nós já conhece. No entanto, quando este cheiro se torna forte, penetrante e desagradável, este é um sinal ao qual devemos nos atentar; pois, ele pode nos alertar sobre diversas doenças.

Algumas das possíveis causas deste mau odor incluem:

  • Reação devido a algum medicamento ou vitamina.
  • Ter comido aspargos.
  • Doenças renais ou do trato urinário.
  • Infecções urinárias.
  • Diabetes.

Na maioria dos casos os fortes odores vêm acompanhados de uma coloração amarela e escura da urina, bem como uma leve sensação de ardor ao urinar.

  1. Mau cheiro no couro cabeludo

O couro cabeludo também pode desenvolver um odor desagradável como resultado de diferentes condições.

Poderíamos pensar que se trata apenas de falta de higiene, mas isso não é a verdade em todos os casos. Quando há um excesso de produção por parte das glândulas sebáceas ou algum tipo de fungo, pode surgir este odor desagradável acompanhado de coceira e vermelhidão.