7 distúrbios associados a doenças da tireoide

· 3 de maio de 2018
A tireoide é uma glândula que intervém em vários processos metabólicos, portanto, qualquer déficit gera alterações. Vejamos os distúrbios associados a doenças da tireoide, o que causam e os tratamentos que você deve seguir.

As doenças da tireoide apresentam uma ampla gama de sintomas e distúrbios associados que geralmente têm um sério impacto na qualidade de vida do paciente.

Também não podemos nos esquecer de que esta glândula em forma de uma borboleta atua em inúmeros processos metabólicos e que qualquer deficiência ou excesso de hormônio da tireoide produz alterações que podem ser confundidos com outras doenças.

Portanto, é comum que, às vezes, tenhamos pacientes cansados ​​sem saber o motivo, ou quem relaciona seu aumento súbito de peso com o estresse.

Poucas doenças ocorrem com tantos tipos de distúrbios associados e, portanto, é interessante que os conheçamos. É uma informação que vale a pena ter em mente para a nossa saúde e bem-estar. Veja agora os distúrbios associados a doenças da tireoide.

1. Constipação, problemas digestivos ou intestino irritável

Constipação é uma doença relacionada à tireoide

As doenças da tireoide geralmente se manifestam com várias alterações no nosso sistema digestivo.

Quando ainda não recebemos um diagnóstico, é comum passar períodos em que sofremos de má digestão ou mesmo surtos de intestino irritável.

Por outro lado, também podemos diferenciar o tipo de alteração que podemos sofrer com a nossa tireoide através dos seguintes distúrbios:

  • Hipotireoidismo:
    •  Constipação
    •  Pobre absorção de nutrientes
    •  Indigestão
  • Hipertireoidismo
    •     Geralmente ocasiona episódios de diarreia
    •     Dor na boca do estômago
    •     Distensão abdominal
    •     Vômito de vez em quando

2. Problemas com a menstruação e possível infertilidade

Irregularidades na menstruação são comuns em pacientes com doenças da tireoide.

  • No caso do hipotireoidismo, a menstruação tende a ser mais dolorosa, mais longa.
  • As mulheres que sofrem de hipertireoidismo, por outro lado, tendem a ter períodos mais curtos, além de períodos menos frequentes ou, pior, podem atingir a menopausa precoce.
  • Este é, sem dúvida, um dos distúrbios associados a doenças da tireoide mais graves, no entanto, geralmente aparecem em mulheres que ainda não foram diagnosticadas ou que não recebem tratamento efetivo.

3. Problemas musculares e articulares

Problemas musculares e articulares relacionados a doenças da tireoide

Este é um dos distúrbios associados a doenças da tireoide mais comuns, mas, por sua vez, o mais desconhecido. É importante ter isso em mente:

  • As pessoas com hipotireoidismo, independentemente da idade ou do sexo, muitas vezes sofrem dores musculares e articulares persistentes. É um aborrecimento tão cansativo que podemos receber um diagnóstico errado, como a fibromialgia.
  • No entanto, esta sintomatologia geralmente é reduzida significativamente com o tratamento.

As pessoas com hipertireoidismo, por outro lado, geralmente mostram dor e fraqueza nos braços e pernas.

4. Colesterol alto

Estamos diante de outro fato que, sem dúvida, pode surpreender a muitos. Será que ter um problema com a nossa tireoide causa o aumento do meu colesterol ruim ou LDL?

Quando isso acontece, estamos diante uma pessoa que sofre de hipotireoidismo. Por outro lado, um nível muito baixo (que também não é positivo) pode indicar um caso de hipertireoidismo.

5. Alterações no sono devido a doenças da tireoide

Alterações no sono devido a doenças da tiroide

Um dos aspectos que mais afeta a qualidade de vida dos pacientes com doenças da tireoide é a condição ruim do repouso.

  • Às vezes, mesmo que durma 10 horas, a pessoa se levanta cansada, sem força.
  • Às vezes, esse sentimento de não ter descansado faz com que o paciente precise tirar sonecas ou dormir fins de semana completos. É bastante grave.

Em outros casos, no entanto, a pessoa pode se deitar e sentir que não pode adormecer porque têm taquicardias, nervosismo elevado e ansiedade.

6. Mudanças na pele

Além da perda de cabelo, é comum experimentar mudanças bastante impressionantes na pele.

  • Podemos percebê-la mais áspera, seca e escamosa, especialmente nos calcanhares, joelhos e cotovelos. Condições associadas ao hipotireoidismo.
  • Com o hipertireoidismo, por outro lado, a pele pode tornar-se frágil e muito sensível às mudanças de temperatura.

7. Depressão e ansiedade

Depressão e ansiedade são doenças da tireoide

O hipotireoidismo causado por uma tireoide pouco ativa pode ter como efeito colateral uma alteração em nossos neurotransmissores. A diminuição da serotonina ou dopamina ocorre com a depressão.

Quando um paciente com uma desordem depressiva mostra resistência a drogas psicotrópicas, é comum ter um problema com a tireoide.

Portanto, tudo isso nos mostra que, em certas ocasiões, muitos dos distúrbios sofridos por uma grande parte da população, como problemas com: humor, repouso noturno ou dor nas articulações, podem ser devidos a essas doenças tireoidianas que ainda não foram diagnosticados ou que não foram tratadas de forma eficaz.