7 benefícios incríveis da respiração profunda segundo a ciência

· 4 de junho de 2018
Você sabia que a respiração profunda pode nos ajudar a eliminar toxinas de forma mais eficaz e inclusive a combater a dor graças à liberação de endorfinas?

A respiração profunda ou a respiração lenta, confere calma e bem-estar à pessoa que a pratica de forma regular.

Este tipo de técnica, onde a pessoa se acostuma a inspirar o ar de forma profunda, retendo esse oxigênio e exalando-o ao mesmo tempo de forma mais longa do que a habitual, é muito comum na ioga e no mindfulness.

Porém, cabe dizer que, mais além destas práticas que dispõem de um vínculo clássico com o budismo e a meditação, não são muito comuns em nosso dia a dia.

Assim, são muito poucas as vezes que nos detemos se quer a pensar “como respiramos”.

Agora, como dado interessante é importante saber que cientistas da Universidade de Stanford prepararam um interessante estudo onde demostraram como este tipo de respiração pode nos beneficiar.

Mark Krasnow, bioquímico e diretor deste trabalho, explica inclusive que foi identificado um pequeno grupo de neurônios que mediam entre este tipo de respiração e relaxamento, a atenção e inclusive eficácia para regular as emoções e reduzir a ansiedade.

Estamos, sem dúvidas, diante de uma estratégia simples e acessível que todos deveriam praticar.

Basta abrir a boca e respirar profundamente, com calma e de forma pausada.

Já está fazendo?Maravilhoso! A seguir explicaremos de que maneira isso pode beneficiar você.

1. Respiração profunda para regular o estresse e a ansiedade

Mulher praticando respiração profunda

A respiração é uma ação que fazemos de forma involuntária. Inalamos oxigênio para obter e criar energia a nível celular.

Depois, exalamos dióxido de carbono, subproduto resultante da respiração celular.

Este processo quase mágico nos beneficia de forma notável sempre que feito de forma pausada, rítmica e profunda.

  • Porém, algo que a maioria experimentou alguma vez é que, quando nos assustamos ou quando sentimos pânico, nossa respiração se torna ofegante e muito rápida: esse processo antes assinalado se rompe e se altera, fazendo com que o coração “dispare”.
  • Por sua vez, a respiração profunda tem a capacidade de regular o sistema nervoso parassimpático para estimular um estado de relaxamento: o coração entra em calma, como a mente.

Ao oferecer ao nosso corpo oxigênio de forma mais pausada, constante e regular, nossos músculos deixam também de estar tensos.

É então quando o sistema simpático, por sua vez, deixa de enviar seus picos altos de cortisol e adrenalina ao nosso corpo.

Todo nosso corpo e nossa mente entram em um estado de calma muito adequado.

2. Eliminamos toxinas

Este dado é interessante: nossos corpos estão desenhados para liberar grande parte de suas toxinas através da respiração.

  • O dióxido de carbono é um resíduo tóxico natural que provém dos processos metabólicos de nosso corpo e que, portanto, deve ser expulso de forma regular.
  • Porém, quando nossos pulmões estão acostumados a desempenhar respirações rápidas, não chegamos a expulsar dele todos os elementos de rejeito.

Seria, portanto, muito conveniente que tomássemos consciência disso e que, pelo menos durante 2 ou 3 vezes por dia, dedicássemos pelo menos 10 minutos a respirar de forma profunda.

3. Diminuímos a sensação de dor

A respiração profunda ajuda a melhorar pontos no corpo

Algo que fazemos muitas vezes de forma quase que inconsciente quando sentimos dor é conter a respiração.

É um mecanismo natural de nosso cérebro quando recebemos um golpe, um impacto, quando somos feridos…

Porém, e em caso de sofrer de dores crônicas e regulares devido à artrite, lúpus ou fibromialgia, nos cairá bem fazer isso mesmo.

Tente conter a respiração por alguns segundos e respirar de forma profunda e pausada.

Deste modo, liberaremos endorfinas, que são os analgésicos naturais do corpo.

4. Nos ajudará a melhorar nossa postura

Algo tão fácil quanto praticar a respiração profunda começando hoje mesmo, nos permitirá melhorar nosso esquema corporal e, principalmente, o eixo costas-pescoço.

Ao encher nossos pulmões de ar conseguiremos estimular a coluna vertebral para colocá-la em uma postura mais harmônica, equilibrada e correta.

Não deixe de provar!

Descubra 8 dicas para evitar a dor na coluna

5. Estimulamos o sistema linfático

Funcionamento correto daas células graças à respiração profunda

O sistema linfático é parte essencial do sistema imunológico do corpo e é composto por uma rede complexa de vasos linfáticos, tecidos, órgãos e gânglios que cumprem grande quantidade de funções.

Uma delas, a que é desempenhada pelo líquido linfático, é liberar de nosso organismo os restos das células mortas e outros rejeitos.

A respiração profunda nos ajudará a consegui-lo, a permitir que a linfa flua de modo adequado para que nosso corpo possa trabalhar de maneira mais eficiente.

6. Cuida de nosso coração

Algo que é interessante saber também é que o exercício aeróbico (cardio) utiliza a gordura como energia, enquanto que o exercício anaeróbico (treinamento de força) utiliza a glicose como energia.

Porém, se cada dia nos acostumamos a praticar o “exercício” da respiração profunda, estaremos desempenhando uma fabulosa rotina de cardio.

Esta melhorará nossa saúde cardiovascular e nos ajudará a queimar células de gordura.

7. Melhoraremos a digestão

a respiração profunda melhora a digestão

A respiração profunda melhora nossa digestão. Adivinha de que maneira?

  • Muito simples. Ao oferecer ao nosso corpo mais oxigênio e de forma mais regular, o subministramos também aos órgãos digestivos para que trabalhem de forma mais eficiente.
  • Além disso, aumentamos o fluxo sanguíneo e estimulamos por sua vez a ação intestinal.
  • Também não podemos esquecer que este tipo de respiração regula o sistema nervoso, desse modo nos sentimos mais calmos e a digestão é desempenhada de forma tranquila e eficiente. Inclusive absorveremos melhor os nutrientes!

Agora nos diga. Você se convenceu dos incríveis benefícios desta simples respiração? Comece hoje mesmo a praticá-la, e se sentirá muito melhor diariamente.

Imagem principal oferecida por © wikiHow.com