7 alimentos que não se deve comer durante a noite

Não escolher corretamente os alimentos que comemos à noite pode influenciar a qualidade do sono e inclusive causar refluxo e outros incômodos digestivos.

O jantar é uma das principais refeições do dia e, portanto, não é correto ignorá-lo e nem ingerir apenas alimentos que não se deve comer durante a noite.

Ainda que seja verdade que deve ser mais leve do que as demais refeições, seu consumo é fundamental em muitos processos que o corpo realiza durante o período de descanso.

De fato, os nutrientes obtidos neste momento do dia influenciam a qualidade do sono, a digestão e a energia física e mental do dia seguinte.

O inconveniente é que muitos não sabem fazer escolhas alimentares corretas e, por isso, ocorre uma sobrecarga no corpo que pode desencadear mal-estar.

Apesar de parecer inofensivo comer “qualquer coisa” pra aliviar a fome antes de deitar, na realidade podem ocorrer diversas consequências metabólicas e digestivas.

Como prevenir esta situação? O mais conveniente é evitar alimentos cujas características não os tornam a melhor opção para a noite.

Descubra quais são a seguir!

Alimentos que não se deve comer durante a noite

1. Macarrão

Prato de macarrão

Não se trata de excluir o macarrão da alimentação regular. Este alimento, ao ser uma fonte importante de carboidratos, é ideal para o período de atividade do organismo (o almoço, por exemplo).

  • Comer macarrão à noite pode causar uma sensação incômoda de estômago pesado que nos impede de descansar de forma adequada. Além disso, devido ao seu teor de calorias, pode afetar o metabolismo e o peso.

2. Sorvete

Tomar sorvete durante o jantar ou para aliviar os desejos noturnos não é uma boa opção. Ainda que seja saciante e delicioso, este alimento é cheio de gorduras saturadas, açúcares e substâncias adicionadas que afetam o peso e a qualidade do sono.

  • Seu consumo nesta hora afeta a digestão, produz inflamação abdominal e altera a atividade do sistema nervoso.
  • Ao provocar refluxo e aumentar os níveis de glicose, interfere no período de descanso.

3. Queijos

Tábua de queijos

Os queijos e os pratos que os contenham como ingrediente devem ser evitados a todo custo, tanto no jantar quanto antes de ir deitar. Ainda que não sejam totalmente prejudiciais, podem causar sensação de estômago pesado e problemas para dormir.

  • Estes contêm tiramina, um aminoácido que pode diminuir a produção dos hormônios que regulam o sono.
  • Suas gorduras são pesadas para o corpo e podem desencadear uma reação inflamatória na região estomacal.

4. Condimentos e molhos apimentados

As especiarias e molhos apimentados têm um sabor que dão um “toque” especial aos pratos. Ainda que não seja ruim comê-los de forma regular, é melhor optar por incluí-los na dieta em outras refeições diferentes do jantar.

  • Os alimentos picantes causam irritação na mucosa do estômago e aumentam a tendência a sofrer de queimações e digestões pesadas.
  • Seu consumo antes de ir para a cama provoca refluxo ácido, ardor abdominal e dor estomacal.

5. Couve-flor

Couve-flor

Este vegetal crucífero se destacou como um alimento saudável e pobre em calorias. Apesar destas qualidades, não se recomenda seu consumo a noite, visto que algumas de suas propriedades aumentam a produção de gases.

  • Comê-lo durante o jantar, inclusive várias horas antes de dormir, dificulta o processo de digestão e aumenta essa sensação de estômago pesado que pode interferir no descanso.

6. Chocolate amargo

As propriedades nutricionais do chocolate amargo lhe permitiram se posicionar como um alimento saudável, apesar de seu teor significativo de calorias e gorduras. De fato, é recomendado para melhorar a saúde cognitiva e o humor.

Porém, comê-lo antes de dormir representa um problema, mesmo em porções moderadas.

  • Este alimento contém substâncias que estimulam o sistema nervoso e mantêm o cérebro ativo por mais tempo.
  • Seu efeito energético dificulta o sono e pode desencadear episódios de insônia.

7. Carnes vermelhas e embutidas

Carnes vermelhas e embutidas

O consumo de carnes vermelhas e embutidos deve ser moderado, independentemente da hora do dia. Ainda que estes alimentos contenham nutrientes, seu alto teor de gorduras saturadas e aditivos químicos não os torna a melhor opção para uma dieta saudável.

  • Ingerir esta variedade de alimento antes de ir para a cama é um grande erro. Suas proteínas dificultam o trabalho digestivo e podem causar transtornos do sono.
  • Devido à sua alta concentração de calorias, deixam o metabolismo lento e podem favorecer o sobrepeso.

Para não sofrer incômodos digestivos e dificuldades no período de descanso, o melhor é consumir pratos leves, com poucas calorias. Comer de forma balanceada e saudável nesta hora do dia é a chave para manter o bem-estar.

Recomendados para você