7 alimentos que você deve evitar se sofre de refluxo ácido

27 Novembro, 2020
Embora não seja um alimento, o cigarro é outro fator que pode favorecer o refluxo ácido. Por isso, devemos abandonar esse hábito se quisermos melhorar esse problema.

Se o seu médico indicou no diagnóstico que você sofre de refluxo ácido, então você deve seguir suas orientações e, ao mesmo tempo, aprender a entender a importância da alimentação no seu dia a dia.

Você já se perguntou o que acontece no seu corpo depois de comer? Você costuma sentir azia e queimação o tempo todo? Isso pode acontecer porque você está mantendo hábitos alimentares inadequados, como comer alimentos e bebidas irritantes com muita frequência (e em grandes quantidades).

Para evitar a azia, é importante que você faça algumas mudanças em sua alimentação e as mantenha ao longo do tempo. Embora possa ser complicado abandonar o consumo de alimentos dos quais gostamos (mesmo que sejam prejudiciais), é necessário fazer isso para obter alívio.

Aqui está uma lista de alimentos que é recomendável evitar, na medida do possível.

Por que o refluxo ácido ocorre?

Antes de explicar quais alimentos você deve evitar se sofrer de refluxo ácido, é importante entender por que isso ocorre. Sem ser tão técnico, você deve saber que, uma vez que a comida entra no seu corpo, os ácidos digestivos começam a funcionar.

São geradas enzimas que favorecem a digestão e a absorção de nutrientes. Esse é o passo primordial para que os nutrientes que você obtém do que consome realmente cheguem aos órgãos que os necessitam.

Normalmente, os ácidos digestivos permanecem no estômago e não atingem outros órgãos. No entanto, certos alimentos fazem com que eles percorram o esôfago causando queimação e dor.

Leia: Doença do refluxo gastroesofágico: sintomas e tratamento

1. Alimentos apimentados

Especiarias que deve evitar se sofrer de refluxo ácido

O primeiro dos alimentos que você deve evitar se sofrer refluxo ácido são os apimentados. Esses produtos estimulam a acidez e o refluxo. Se você não tiver cuidado suficiente e deixar o problema continuar, é possível desenvolver gastrite crônica.

  • Caso sua família esteja acostumada a consumir grandes quantidades desses produtos, é importante que você faça a mudança gradualmente.
  • Lembre-se de que para dar sabor à sua comida, você pode usar outros produtos, como especiarias e ervas.

2. Café

O café é um dos alimentos que você deve evitar se sofre de refluxo ácido. Embora proporcione um bom número de benefícios, também causa sensações desagradáveis ​​se consumido em excesso.

  • O problema é a cafeína, uma substância que estimula o aparecimento do refluxo e aumenta a produção de ácidos no estômago.
  • Se o médico autorizar, você pode trocar o café por alguma infusões natural ou chá.

3. Bebidas alcoólicas

Evitar bebidas alcoólicas se sofrer de refluxo ácido

As bebidas alcoólicas relaxam o esfíncter inferior e superior do esôfago, permitindo que o ácido do estômago suba e cause o refluxo ácido.

  • Tente não misturar álcool e, principalmente cerveja e vinho tintocom as refeições, pois eles aumentam consideravelmente o risco de refluxo ácido.
  • Idealmente, você deve reduzir o consumo de álcool a uma cerveja ou a um copo de vinho por dia, no máximo.

4. Chocolate

Uma pequena porção de chocolate por dia pode dar ao seu corpo antioxidantes, vitaminas e minerais que irão melhorar a sua saúde e seu bom humor, caso você não sofra de refluxo ácido.

Infelizmente, o chocolate é outro alimento que você deve evitar se sofrer de refluxo ácido, porque ele relaxa as válvulas do esfíncter esofágico inferior.

Seu alto teor de gorduras, cafeína e teobromina estimula a produção de ácidos no estômago.

5. Alimentos gordurosos

Evitar óleo se sofrer de refluxo ácido

O consumo de gorduras é importante para o corpo porque elas são vitais para a formação de alguns hormônios e nos fornecem energia.

No entanto, produtos como manteiga, maionese e similares são alimentos que você deve evitar se sofrer de refluxo ácido. Eles irritam a mucosa gástrica e afetam o funcionamento adequado do esfíncter esofágico inferior.

Tudo isso provoca uma maior acidez, que é favorecida pela pressão extra que é criada no estômago, pois seu processo digestivo é mais lento. Isso faz com que a comida fique mais tempo do que deveria no organismo.

  • Lembre-se de que as melhores gorduras que você pode consumir são os óleos vegetais (coco, azeitona, canola, etc.).
  • Se você sentir vontade de consumir maionese, prepare uma opção caseira para controlar a quantidade e a qualidade dos ingredientes.
  • Para substituir as manteigas, experimente óleos diferentes. Você vai descobrir que é possível obter excelentes sabores ao usar óleos menos comuns, como o óleo de coco ou gergelim.

Veja também: Quais óleos vegetais são bons para a saúde?

6. Alimentos cítricos

Outros alimentos que você deve evitar se sofre de refluxo ácido são os cítricos, pois eles diminuem o pH do estômago, o que estimula o refluxo ácido e a acidez. Em vez desses alimentos, escolha consumir frutas alcalinas, como maçã ou pera.

  • No caso de desejar tomar um suco de laranja devido aos seus benefícios, tome depois de comer uma boa refeição para reduzir o efeito da acidez.
  • Você também pode combiná-lo com vegetais para evitar que o efeito seja tão severo.

7. Laticínios

Laticínios integrais

O leite e os produtos lácteos contêm muita gordura e cálcio. O resultado é que a digestão fica mais complexa que a dos produtos vegetais.

Isso não significa que você deva parar de consumi-los completamente. No entanto, é necessário escolher a melhor hora para isso. Geralmente, o ideal é no início da manhã, para dar tempo ao seu corpo para decompor os alimentos e obter os nutrientes.

Se você fizer isso à noite, é possível que sinta refluxo ácido ao dormir.

Em caso de dúvida, consulte o seu médico

Se você tiver dúvidas sobre como seguir uma dieta balanceada quando sofre de refluxo ácido, o mais recomendável é consultar seu médico. O profissional sempre vai oferecer os melhores conselhos para você.