7 alimentos proibidos se você sofre com hipotireoidismo

Em caso de hipotireoidismo, é muito importante cuidar da alimentação. Alguns alimentos podem interferir na secreção normal dos hormônios da tireoide.
7 alimentos proibidos se você sofre com hipotireoidismo

Última atualização: 09 Novembro, 2020

Uma das chaves para controlar os sintomas do hipotireoidismo é melhorar ao máximo a alimentação. Embora outras recomendações médicas devem ser seguidas, a dieta desempenha um papel muito importante na regulação das funções da tireoide.

Essa doença envolve uma falta de controle nos processos hormonais que são essenciais para o metabolismo. Portanto, quem sofre tende a ganhar peso, mesmo mantendo hábitos saudáveis. Quais são os alimentos a evitar?

A nutrição dos pacientes com esse problema deve ser planejada por um profissional. No entanto, em geral, existem alguns alimentos que devem ser restringidos, para que não haja complicações de saúde. Descubra quais são!

O que é o hipotireoidismo?

O hipotireoidismo, também chamado de tireoide hipoativa, é uma doença da glândula tireoide que se caracteriza por uma baixa secreção de hormônios. Ao participar do metabolismo, na saúde cardiovascular e outros importantes processos vitais, a doença desencadeia reações negativas no corpo, produto de seu desequilíbrio.

A afecção é mais comum entre mulheres de 60 anos, devido a sua mudança hormonal. No entanto, em geral, pode aparecer em qualquer pessoa, inclusive durante a adolescência.

Sintomas do hipotireoidismo

Mulher apalpando a tireoide

As etapas iniciais do hipotireoidismo não costumam ter manifestações clínicas que facilitem sua detecção. No entanto, conforme avança sem controle, pode produzir:

  • Fadiga
  • Pele seca
  • Aumento de peso
  • Sensibilidade ao frio
  • Enfraquecimento do cabelo
  • Rigidez e dor muscular
  • Inchaço das extremidades
  • Frequência cardíaca diminuída
  • Aumento do colesterol no sangue

Também pode causar dificuldade de concentração, irritabilidade e distúrbios de humor (como depressão). E no caso das mulheres, períodos menstruais irregulares.

Alimentos que você evitar caso tenha hipotireoidismo

Os alimentos não aconselhados para os pacientes com hipotireoidismo são chamados de ‘bociogênicos’. São aqueles que, depois de serem assimilados pelo organismo, interferem na produção normal dos hormônios da tireoide. 

1. Cereais com glúten

Evitar farinhas se sofrer com hipotireoidismo

O consumo de cereais com alto teor de glúten pode dificultar a absorção dos medicamentos de substituição do hormônio da tireoide.

O glúten é identificado pelo sistema imune como um antígeno que temos que atacar. Por esse motivo, para prevenir complicações da tireoide e, ainda, promover seu bom funcionamento, o melhor é excluir esta variedade de alimentos.

  • Produtos processados à base de trigo
  • Cevada
  • Centeio
  • Espelta
  • Trigo de Khorasan

Em estudo publicado na revista Elsevier, foi observada a relação entre a doença celíaca e o hipertireoidismo primário, cujos sintomas foram inicialmente considerados uma consequência da não adesão à dieta sem glúten.

2. Brócolis

O brócolis e outras variedades de vegetais crucíferos, incluindo as couves, contêm ‘goitrogênicos’ que, depois de serem assimilados, dificultam a absorção de iodo. Este último é um nutriente essencial na produção de hormônios da tireoide e, por isso, devemos garantir sua correta absorção.

Os goitrogênicos perdem atividade quando os vegetais são cozidos. Por isso, se desejarmos adicioná-los à dieta, o ideal é comê-los, por exemplo, cozidos ao vapor.

3. Soja

Deve-se evitar produtos à base de soja se sofrer com hipotireoidismo

A soja e todos os seus derivados contêm isoflavonas, um fitoestrogênio que altera a função da glândula tireoide, especialmente em pacientes com deficiência de iodo. Deve-se evitar seu consumo em qualquer uma de suas apresentações:

  • Leite de soja
  • Queijo de soja
  • Molho de soja
  • Proteína de soja

4. Açúcar

Os pacientes com hipotireoidismo têm contínuos descontroles em seus níveis de glicose e, quando se descuidam, pode aparecer uma resistência à insulina. Por outro lado, devemos recordar que a função metabólica se vê alterada, o que pode conduzir ao sobrepeso e à diabetes.

  • Devem ser excluídos da dieta todo tipo de alimentos com açúcar.
  • Não se recomenda sua substituição nem com açúcares orgânicos, já que podem continuar afetando a glicemia.

5. Óleos vegetais

Evitar óleos e frituras se sofrer com hipotireoidismo

Uma grande variedade de óleos vegetais também trazem riscos de problemas metabólicos. Seu consumo bloqueia a função dos hormônios da tireoide e reduz sua utilização por parte das células.

Com a finalidade de evitar isso, inclusive se ainda não existir um diagnóstico de doença da tireoide, aconselha-se usar óleos de:

  • Coco.
  • Girassol.
  • Abacate.
  • Oliva extra virgem.

6. Alimentos ricos em iodo

De acordo com especialistas da MedicalNewsToday, é aconselhável evitar o consumo excessivo de alimentos ricos em iodo, pois eles podem piorar tanto o hipotireoidismo quanto o hipertireoidismo.

Os alimentos mais ricos em iodo são: queijo, leite, sorvete, ovos, algas marinhas, peixes de água salgada e, claro, sal de cozinha iodado.

7. Carnes embutidas

Carnes embutidas e doenças da tireoide

Ricas em nitritos, nitratos e outras substâncias, as carnes embutidas são um dos inimigos número um da saúde da tireoide. Quando consumidas com excessiva frequência e sem moderação, podem conduzir ao hipotireoidismo e, na presença da doença, geram complicações tanto no metabolismo como na saúde cardiovascular.

Você tem hipotireoidismo? Siga os conselhos médicos

Você sofre com esse problema na tireoide? Lembre-se que, além de limitar o consumo dos alimentos que comentamos, você deve melhorar seu estilo de vida em geral. Siga as instruções do médico, mantenha uma dieta balanceada (adaptada às suas necessidades) e evite o sedentarismo, o álcool e o cigarro.



  • Gilbert, J. (2017). Hypothyroidism. Medicine (United Kingdom). https://doi.org/10.1016/j.mpmed.2017.05.009
  • Sathyapalan, T., Manuchehri, A. M., Thatcher, N. J., Rigby, A. S., Chapman, T., Kilpatrick, E. S., & Atkin, S. L. (2011). The effect of soy phytoestrogen supplementation on thyroid status and cardiovascular risk markers in patients with subclinical hypothyroidism: A randomized, double-blind, crossover study. Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism. https://doi.org/10.1210/jc.2010-2255
  • Chin, L. C. ng, Jones, M. K., & Kingham, J. G. C. (2007). Celiac disease and autoimmune thyroid disease. Clinical Medicine and Research. https://doi.org/10.3121/cmr.2007.738
  • Nippoldt, T. B. (2016, August 23). Hypothyroidism diet: Can certain foods increase thyroid function? Retrieved from
    mayoclinic.org/diseases-conditions/hypothyroidism/expert-answers/hypothyroidism-diet/faq-20058554