7 alimentos proibidos se você sofre com hipotireoidismo

Se tivermos hipotireoidismo, é muito importante aprender a controlar os alimentos que consumimos, posto que existem alguns que podem interferir com a secreção normal dos hormônios da tireoide

O hipotireoidismo, como muitas outras doenças, requer uma dieta especial na qual devem ser excluídos alguns alimentos que são nocivos.

A condição envolve uma redução da função tireoidea, o que, ao afetar o metabolismo, implica em mudanças estritas com relação à alimentação. 

Depois de ser diagnosticado com este transtorno, é fundamental visitar um nutricionista ou, pelo menos, conhecer o que não é bom comer regularmente.

O que é o hipotireoidismo?

O hipotireoidismo, também chamado de tireoide hipoativa, é uma doença da glândula tireoide que se caracteriza por uma baixa secreção de hormônios.

Ao participar no metabolismo, na saúde cardiovascular e outros importantes processos vitais, a doença desencadeia reações negativas no corpo, produto de seu desequilíbrio.

A afecção é mais comum entre as mulheres de 60 anos, devido a sua mudança hormonal. No entanto, em geral, pode aparecer em qualquer pessoa, inclusive durante a adolescência.

Leia também: 9 dicas naturais, simples e caseiras para melhorar o hipotireoidismo

Sintomas do hipotireoidismo

Mulher apalpando a tireoide

As etapas iniciais do hipotireoidismo não costumam ter manifestações clínicas que facilitem sua detecção. No entanto, conforme avança sem controle, pode produzir:

  • Sensação de fadiga
  • Dificuldades para manter a concentração
  • Depressão e irritabilidade
  • Sensibilidade ao frio
  • Pele seca e enfraquecimento do cabelo
  • Aumento de peso
  • Inflamação das extremidades
  • Redução da frequência cardíaca
  • Aumento do colesterol no sangue
  • Dor e rigidez muscular
  • Períodos menstruais irregulares

Alimentos que você evitar caso tenha hipotireoidismo

Os alimentos não aconselhados para os pacientes com hipotireoidismo se denominam “bociógenos”.

São aqueles que, depois de serem assimilados pelo organismo, interferem na produção normal dos hormônios das tireoides. 

1. Cereais com glúten

Evitar farinhas se sofrer com hipotireoidismo

O consumo de cereais com alto teor de glúten pode dificultar a absorção dos medicamentos de substituição do hormônio da tireoide.

Esta proteína, além disso, muitas vezes é identificada pelo sistema imune como um antígeno que temos que atacar.

Por este motivo, para prevenir complicações da tireoide e, ainda, promover seu bom funcionamento, o melhor é excluir esta variedade de alimentos.

A lista inclui:

Produtos processados à base de trigo

  • Cevada
  • Centeio
  • Espelta
  • Trigo de Khorasan

2. Brócolis

O brócolis e outras variedades de vegetais crucíferos, incluindo as couves, contêm uma substância conhecida como goitrogênicos que, depois de serem assimilados, dificultam a absorção de iodo.

Este último é um nutriente essencial na produção de hormônios da tireoide e, por isso, devemos garantir sua correta absorção.

  • Os goitrogênicos perdem atividade quando os vegetais são cozinhados. Por isso, se desejarmos adicioná-los a nossa dieta, o melhor é comê-los, por exemplo, ao vapor.

3. Soja

Deve-se evitar produtos à base de soja se sofrer com hipotireoidismo

A soja e todos os seus derivados contêm isoflavonas, um fitoestrogênio que altera a função da glândula tireoide, especialmente em pacientes com deficiência de iodo.

Deve-se evitar seu consumo em qualquer uma de suas apresentações:

  • Leite de soja
  • Queijo de soja
  • Molho de soja
  • Proteína de soja

4. Açúcar

Os pacientes com hipotireoidismo têm contínuos descontroles em seus níveis de glicose e, quando se descuidam, pode aparece uma resistência à insulina.

Por outro lado, lembremos de que a função metabólica se vê alterada, o que pode conduzir ao sobrepeso e à diabetes.

  • Devem ser excluídos da dieta todo tipo de alimentos com açúcar.
  • Não se recomenda sua substituição nem com açúcares orgânicos, já que podem seguir afetando à glicemia.

5. Óleos vegetais

Evitar óleos e frituras se sofrer com hipotireoidismo

Uma grande variedade de óleos vegetais também trazem riscos de problemas metabólicos. Seu consumo bloqueia a função dos hormônios da tireoide e reduzem sua utilização por parte das células.

Com a finalidade de evitar isso, inclusive se ainda não existir um diagnóstico de doença da tireoide, aconselha-se usar óleos de:

  • Coco orgânico
  • Oliva extra virgem
  • Girassol
  • Abacate

Veja também: 5 infusões medicinais para o hipotireoidismo 

6. Frutas doces

Mesmo que seu consumo moderado não implique em graves riscos, é melhor evitar as frutas ricas em açúcares para prevenir certas complicações do hipotireoidismo.

Apesar de serem metabolizadas com mais facilidade, estas trazem um risco de glicose alta e dificuldades no metabolismo.

Não se recomenda a ingestão abusiva de:

  • Pêssegos
  • Abacaxi
  • Manga
  • Morango
  • Banana

7. Carnes embutidas

Evitar embutismos se sofrer com hipotireoidismo

Ricas em nitritos, nitratos e outra variedade de químicos adicionados, as carnes embutidas são um dos inimigos número um da saúde da tireoide.

Estas podem conduzir ao hipotireoidismo e, ante a doença, geram complicações tanto no metabolismo como na saúde cardiovascular.

Você sofre com este problema na tireoide? Lembre-se que, além de limitar o consumo destes alimentos, você deve melhorar seu estilo de vida em geral.

Consuma uma dieta balanceada, adaptada as suas necessidades, e evite o sedentarismo, o álcool e o tabaco. 

Recomendados para você