7 alimentos diuréticos que convém adicionar a sua dieta

· 22 de fevereiro de 2018
Para combater a retenção de líquidos e favorecer a depuração de toxinas, é conveniente que coloquemos em nossa dieta alimentos que, além de diuréticos, também nos aportem vitaminas.

Os alimentos diuréticos são aqueles que, devido a sua composição nutricional, ajudam a criar um equilíbrio entre os líquidos e os eletrólitos do corpo. 

Geralmente são ricos em água e potássio, além de outros minerais essenciais que ajudam a eliminar o excesso de sódio através da urina.

A ingestão desses alimentos ajuda no funcionamento dos rins, facilitando a limpeza das vias urinárias e o controle da inflamação, que geralmente ocorre devido à retenção de líquidos nos tecidos.

Também são um dos complementos recomendados para perder peso, já que com a diminuição das calorias, melhoram o processo de eliminação dos dejetos e ativam o metabolismo.

Levando em consideração que seu consumo regular ajuda a cuidar da saúde, a seguir queremos compartilhar 7 variedades desses alimentos que vale a pena inserir na dieta.

Não deixe de consumi-los!

1. Tomate é um alimento diurético

Tomate é um alimento diurético

O tomate é um dos vegetais diuréticos que não deve faltar no plano de alimentação de todas as pessoas.

Conhecido por suas múltiplas aplicações culinárias, é uma fonte natural de nutrientes essenciais que ajudam a combater a retenção de líquidos.

  • É composto por mais de 90% de água e, além disso, fornece grandes quantidades de minerais essenciais que ajudam a equilibrar os níveis de eletrólitos.
  • Sua frequente ingestão fortalece a saúde renal e, além do mais, protege o sistema cardíaco de doenças como a hipertensão e a hipercolesterolemia.

Veja também: Como tratar a hipertensão: conheça aqui 4 remédios naturais

2. Pepinos

Os pepinos são um dos alimentos diuréticos mais recomendados para o tratamento de edemas e condições inflamatórias, como a artrite.

  • Seus componentes antioxidantes, aliados ao seu alto teor de água, restabelecem as funções dos sistemas circulatório e linfático, facilitando a eliminação dos fluidos e toxinas.
  • Contêm uma quantidade significativa de potássio, um mineral que ajuda a equilibrar os níveis de sódio para prevenir os problemas nos rins.
  • Também fornece minerais como o enxofre e o silício, necessários para uma boa eliminação do ácido úrico.

3. Abacaxi

Abacaxi é um alimento diurético

O abacaxi é uma das frutas tropicais que se tornou famosa em todo o mundo como um complemento para perder peso e prevenir as enfermidades renais e do sistema cardiovascular

  • Baixo em calorias e rico em enzimas como a bromelina, é um alimento digestivo que ajuda a combater o excesso de peso e as dificuldades intestinais.
  • Cerca de 85% de sua composição é água e, além disso, conta com altos níveis de fibra, vitamina C e minerais que ajudam a equilibrar os líquidos do corpo.

4. Beterraba

A beterraba é um vegetal rico em água, minerais e compostos antioxidantes que ajudam a fortalece a saúde dos rins e do fígado.

  • Seja em forma de suco ou por si só, é um alimento bastante completo que facilita a eliminação dos líquidos e outros resíduos que tendem a se acumular nos tecidos.
  • Fornece quantidades importantes de ferro, magnésio e potássio, minerais necessários para combater os desequilíbrios inflamatórios que afetam a saúde.

Como se não fosse suficiente, é bastante saciante, qualidade importante para aqueles que estão tentando perder peso.

5. Melancia

Melancia é um alimento diurético

A melancia é um diurético natural cujo conteúdo de nutrientes essenciais tem servido para a prevenção e o tratamento de vários tipos de doenças.

  • É uma das frutas com maior conteúdo de água e, portanto, também é uma das que menos possuem calorias.
  • Conta com quantidades importantes de potássio e magnésio, dois minerais primordiais para alcançar um equilíbrio dos eletrólitos do corpo.
  • Tudo isso somado às suas vitaminas e antioxidantes, combatem a inflamação dos tecidos e aumentam a eliminação dos líquidos retidos. 

6. Melão

Essa deliciosa fruta é composta por mais de 90% de água, o que lhe confere propriedades diuréticas e depurativas.

Durante décadas tem sido escolhido pelo seu poder refrescante e nutricional, já que, entre outras coisas, contém fibra, vitaminas e outros componentes que promovem a saúde.

  • Seu consumo frequente contribui para combater a retenção de líquidos e a inflamação, evitando o desenvolvimento de distúrbios crônicos.
  • Fornece antioxidantes, como betacarotenos, necessários para inibir o dano oxidativo que acelera o processo de envelhecimento.

Recomendamos que você leia: Como preparar água de melão para perder peso e dormir melhor

7. Cebola

Cebola é um alimento diurético

A cebola é um vegetal rico em vitaminas e oligoelementos que contribuem para aliviar a inflamação ao aumentar a diurese no sistema renal. 

  • Concentra quantidades interessantes de potássio, cálcio e magnésio, todos necessários para o equilíbrio dos sais minerais do corpo.
  • É composta por 91% de água, o que lhe confere um poderoso efeito diurético e desintoxicante.
  • Suas propriedades ajudam no funcionamento dos rins e, além disso, promovem a proteção frente às infecções das vias urinárias.

Você sofre com retenção de líquidos ou inflamação? Incorpore todos esses alimentos na sua alimentação regular e comprove o quão bons são para combater esses problemas.