Pressão sanguínea: 7 alimentos para controlá-la

· 26 de fevereiro de 2017
Uma alimentação equilibrada pode ser um grande complemento para controlar a pressão sanguínea, portanto, devemos incluir na dieta ingredientes que ajudem a melhorar o problema.

A pressão sanguínea alta é um problema de saúde que faz com que o sangue flua através das artérias numa velocidade muito maior do que o recomendado.

Existem várias questões que podem influenciar o surgimento deste fenômeno, e fazer com que a pressão sanguínea se eleve a níveis potencialmente perigosos.

Os fatores que mais afetam a pressão sanguínea são:

Por essa doença não apresentar sintomas óbvios, é muito difícil percebê-la até que já seja tarde demais.

Portanto, a fim de prevenir problemas graves, comece por incluir os seguintes alimentos na dieta:

Alimentos ideais para regular a pressão sanguínea

1. Banana

Uma banana de tamanho médio tem cerca de 450 mg de potássio, o que a torna uma das frutas com melhor potencial para controlar a pressão sanguínea.

Isso ocorre porque este mineral ajuda o corpo a controlar a atuação do sal em seu organismo.

A saber, se consumir quantidades muito elevadas de sal, sua pressão arterial certamente será afetada.

Além de cuidar da quantidade de sal consumida, preste muita atenção nos níveis de potássio do organismo.

Um déficit de potássio pode fazer com o que o equilíbrio com o sódio seja afetado, e com que muitas funções do seu corpo fiquem comprometidas.

Veja também: Banana e canela para conseguir um sono profundo

2. Sementes de abóbora

sementes-de-abobora

Controlar a pressão sanguínea pode ser muito mais fácil se consumir sementes de abóbora.

Graças a seu alto teor de zinco, podem ajudar a reverter os efeitos da hipertensão.

Quando seu corpo não recebe as quantidades necessárias de zinco, as artérias são afetadas, porque perdem a elasticidade; o que pode levar a inflamações.

Além disso, as sementes de abóbora têm um sabor agradável e são uma rica fonte de:

  • Proteínas
  • Ácidos graxos
  • Minerais
  • Aminoácidos

Tudo isso as converte em um alimento anti-inflamatório, emoliente, e que combate parasitas.

3. Alho

dentes-de-alho

O alho, sem dúvida, irá ajudá-lo a controlar a pressão sanguínea. Não apenas atua como um diluente sanguíneo (afina o sangue), como também combate problemas como:

  • O endurecimento das artérias, ou aterosclerose
  • Ataques do coração
  • Doenças arteriais coronárias

Tudo isso por causa da grande quantidade de vitamina C, vitamina B6 e magnésio que contém.

4. Iogurte

O consumo de cálcio é muito importante, tanto para as crianças quanto para os adultos.

Quando se consome regularmente alimentos ricos em cálcio e se ingere uma cota diária de 100 a 150 mg, está reduzindo o risco de sofrer de pressão alta.

O iogurte oferece ao seu corpo uma grande variedade de nutrientes, como o cálcio, proteínas; assim como outros elementos benéficos, como o potássio e o magnésio.

O cálcio, em particular, ajuda a controlar a pressão sanguínea porque mantém o pH de seu sangue controlado.

Isso faz com que o corpo se mantenha num estado de alcalinidade que impede que a pressão aumente.

5. Batatas

As batatas são um alimento muito saudável se comê-las da maneira e na quantidade certas.

Já mencionamos como o potássio é importante quando se trata de controlar a pressão sanguínea. A batata também é uma fonte importante de potássio.

Em suma, esse mineral irá ajudá-lo a regular a pressão arterial ao diminuir os níveis de sódio.

Além disso, a batata também é rica em magnésio. Isso faz com que seus níveis de estresse diminuam e fortalece seu sistema imunológico.

6. Sementes de melancia

melancia

Estas sementes podem ser jogadas fora porque não conhecemos os benefícios que podem oferecer para a saúde.

As sementes contêm curobucitrina, substância com a capacidade de ajudar no funcionamento dos rins e dilatar vasos sanguíneos.

Isso as torna ideais para combater a pressão arterial. Ainda mais, se acaso sofre com problemas como a artrite, também podem ser úteis.

Coloque algumas sementes de melancia levemente esmagadas num recipiente com água fervida e deixe repousar  pelo menos por uma hora. Por fim, consuma em pequenas quantidades ao longo do dia.

Recomendamos ler: 6 usos da casca de melancia

7. Cebola

Assim como o alho, a cebola tem grandes propriedades, tanto para a saúde das artérias quanto para todo o corpo.

Além disso, a cebola ajuda a melhorar a circulação do sangue e combate o colesterol e a hipertensão.

Isso se deve a seu alto teor de:

  • Óleos essenciais
  • Vitaminas do complexo B
  • Vitamina E
  • Vitamina C
  • Minerais (potássio, magnésio, fósforo, cálcio, sódio, enxofre)

Por isso, procure acrescentar a cebola em preparações pouco gordurosas. Pode usá-la em deliciosas saladas com limão ou em sopas.

Leve em conta que não se deve deixar de lado a opinião dos profissionais de saúde, pois devemos combinar esses alimentos com a supervisão do médico.

Assim sendo, evitará colocar a sua saúde em risco de maneira desnecessária.

  • Gonçalves, M. V. D. F., Feijó Filho, R. N. G., Magalhães, R. D. C., Benevenuto, J. L., Damasceno, F., & Pessoa, C. V. (2015). O ALHO E SEUS BENEFÍCIOS TERAPÊUTICOS.
  • Singi, G., Damasceno, D. D., D’Andréa, E. D., & Silva, G. A. (2005). Efeitos agudos dos extratos hidroalcoólicos do alho (Allium sativum L.) e do capim-limão (Cymbopogon citratus (DC) Stapf) sobre a pressão arterial média de ratos anestesiados. Rev Bras Farmacogn15(2), 94-97.