6 usos tópicos da arnica que você não conhecia

· 1 de julho de 2018
Extratos de arnica contêm substâncias anti-inflamatórias e analgésicas que podem aliviar a dor severa, como a artrite. Além disso, seu uso tópico ajuda a combater a inflamação e a má circulação

Os usos tópicos da arnica têm sido usados ​​desde a antiguidade como uma solução contra hematomas, reumatismo e infecções. Esta planta, conhecida pelas suas coloridas flores amarelas, continua a se destacar na medicina natural.

De fato, hoje muitos de seus extratos são usados ​​na fabricação de pomadas, géis e outros produtos terapêuticos que, em geral, visam aliviar inchaços e dores.

No entanto, alguns ainda preferem sua preparação através de remédios de origem natural, já que é bastante econômico e permite aproveitar 100% de suas propriedades.

Ainda não sabe o que é e como usá-lo? Abaixo, vamos compartilhar detalhadamente seus principais efeitos no corpo e algumas de suas aplicações externas mais relevantes.

Propriedades medicinais da arnica

Flor da arnica

Os extratos de arnica contêm ingredientes ativos com ação antibacteriana e anti-inflamatória que são usados ​​no tratamento de contusões, queimaduras e problemas nas articulações.

A arnica contém substâncias conhecidas como lactonas sesquiterpênicas, que se distinguem por sua capacidade de reduzir a inflamação e a dor. Também fornece outros elementos benéficos como timol e a antoxantina.

Graças ao seu teor de inulina, são atribuídas propriedades gastroestimulantes, hipoglicêmicas, imunoestimulantes e probióticas. Além disso, tem a capacidade de limpar resíduos inflamatórios e o ácido lático, responsáveis ​​por muitas doenças.

Outras propriedades reconhecidas da arnica incluem:

  • Cicatrizante
  • Emoliente
  • Adstringente
  • Antimicrobiano
  • Antioxidante
  • Anticoagulante

Benefícios e aplicações na saúde da arnica

Não é de todo estranho que as aplicações na saúde da arnica sejam muito difundidas. Graças às suas propriedades interessantes, a planta serviu de base para muitos tratamentos alternativos.

  • Graças à sua capacidade de estimular a circulaçãoacelera o alívio de contusões e hematomas.
  • Suas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas previnem e combatem algumas infecções da pele.
  • Alivia as dores musculares e luxações.
  • Em compressas e pomadas, ajuda a aliviar as dores da artrite reumatoide.
  • Previne as estrias na gravidez.
  • Cura úlceras não abertas e eczemas da pele.
  • Seus agentes antimicrobianos combatem infecções na boca e na garganta.
  • Regula o pH da área vaginal e diminui os sintomas, como prurido e fluxo abundante.
  • Diminui a produção excessiva de sebo na pele e combate a acne.

Confira os benefícios de outras plantas medicinais lendo: As melhores plantas para cultivar em casa e seus benefícios

Usos tópicos da arnica que você deve conhecer

Os usos tópicos da arnica são os mais proeminentes devido à sua eficácia. Embora em alguns tratamentos seja usado internamente, sua ingestão não é recomendada devido à sua alta toxicidade.

As formas de aproveitar a planta variam de acordo com o seu propósito. Por esse motivo, queremos compartilhar 6 maneiras interessantes de prepará-la para resolver algumas condições e doenças.

1. Remédio para o reumatismo

A arnica pode ser usada de forma tópica para aliviar o cansaço das pernas

Os extratos da arnica obtidos neste remédio natural têm um efeito analgésico e anti-inflamatório que reduz a dor causada pelo reumatismo. Além disso, pode ser usada em caso de hematomas ou entorses.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de raiz e folhas de arnica (15 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Preparação

  • Despeje a raiz e as folhas de arnica em um pote de água e deixe ferver.
  • Após 5 minutos, retire do fogo e espere descansar.

Modo de uso

  • Mergulhe um pano limpo no líquido e aplique-o como uma compressa nas áreas afetadas.
  • Deixe agir por 30 a 40 minutos.
  • Repita o seu uso até sentir uma melhora.

2. Remédio para dores musculares

A arnica melhora a circulação e reduz as dores musculares que aparecem devido ao estresse. Ela também tem um efeito analgésico e antiespasmódico e evita possíveis inflamações.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de manteiga de karité (40 g)
  • 10 gotas de tintura de arnica

Preparação

  • Coloque a manteiga de karité para derreter e misture com a tintura de arnica.
  • Depois de obter um produto homogêneo, deixe repousar até solidificar.

Modo de uso

  • Esfregue a pomada sobre as áreas doloridas.
  • Repita o seu uso 2 vezes ao dia.

3. Terapia para os pés cansados

O uso tópico da arnica ajuda a liviar os pés cansados

Um dos usos tópicos mais conhecidos da arnica é o tratamento para os pés cansados. Devido aos seus efeitos, recomenda-se como aliada para melhorar a circulação e reduzir o edema.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de arnica (45 g)
  • 3 xícaras de água (750 ml)

Preparação

  • Adicione as flores de arnica em uma tigela contendo as xícaras de água fervente.
  • Deixe repousar por cerca de 10 minutos ou até que esteja em uma temperatura suportável.

Modo de uso

  • Mergulhe os pés por 20 minutos.
  • Faça este tratamento sempre que sentir os pés cansados.

Não deixe de ler: Plantas medicinais para melhorar a memória

4. Tratamento para dor de neuralgia

Aplicar arnica topicamente pode diminuir a dor severa da neuralgiaSeus ingredientes ativos relaxam a área afetada e estimulam a circulação para prevenir a inflamação.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de tintura de arnica (5 ml)
  • 5 colheres de sopa de água (75 ml)

Preparação

  • Dilua a tintura de arnica nas colheres de sopa de água.

Modo de uso

  • Esfregue a solução sobre as áreas onde você sente dor.
  • Repita o procedimento 2 ou 3 vezes por dia.

5. Remédio para varizes

A arnica pode serusada para tratar varizes

A arnica não tem compostos milagrosos para eliminar as varizes. No entanto, seu uso externo é um ótimo complemento para reativar a circulação em áreas onde o retorno venoso é difícil.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de tintura de arnica (5 ml)
  • 3 colheres de sopa de azeite (45 ml)

Preparação

  • Misture a tintura de arnica com o azeite até obter um produto homogêneo.

Modo de uso

  • Esfregue o remédio nas varizes e massageie por 5 minutos.
  • Deixe que seja absorvido e remova o resíduo com um pano úmido.
  • Use pelo menos 3 vezes por semana.

6. Tratamento para queimaduras

As propriedades antimicrobianas e curativas da arnica são ideais para promover a cicatrização de queimaduras superficiais. Também ajuda a acalmar a queimação e diminui o risco de infecção.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de tintura de arnica (5 ml)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Dilua a tintura de arnica em um copo de água fria.

Modo de uso

  • Mergulhe um pano de algodão limpo na preparação e aplique-o na área afetada.
  • Use todos os dias até a pele cicatrizar.

Podemos usar a arnica no tratamento de vários problemas de saúde externos. Além disso, é útil tanto em sua forma natural quanto em extratos ou óleos essenciais.

Quais destes usos tópicos da arnica você já experimentou em casa? Se você ainda não provou seus benefícios, não hesite em incluí-la em seu kit de remédios.