6 exercícios para as mãos para evitar síndromes incômodas

Alongamentos frequentes e exercícios para as mãos nos ajudarão a favorecer a circulação na área e evitar possíveis problemas devido a posturas estáticas continuadas.

As mãos são uma das partes do corpo que devemos cuidar mais. Elas nos permitem realizar muitas das atividades diárias que realizamos em nossa vida.

É por isso que é importante cuidarmos delas, e a melhor maneira de cuidá-las é fazendo alguns exercícios para as mãos simples.

Muitas vezes realizamos atividades de maneira constante, capazes de causar danos às nossas mãos e que, a longo prazo, afetarão nossa saúde e, consequentemente, nossa capacidade para realizar certas atividades.

Existem duas síndromes que podem afetar o funcionamento das mãos por manter posições incorretas das mãos por longos períodos de tempo. São elas: a síndrome do túnel do carpo e a síndrome da tendinite de Quervain.

Síndrome do túnel do carpo

Usar muito o computador pode trazer síndromes nas mãos

É uma síndrome em que o nervo do pulso é afetado pela pressão dos tendões e ossos, ao manter uma má postura das mãos.

Uma das consequências é que os dedos ficam dormentes e há dor intensa que limita os movimentos das mãos. Muitas pessoas com diferentes profissões podem ser afetadas por essa síndrome.

  • Pode ser evitada controlando a posição das mãos nas diferentes atividades.
  • Também é importante descansar as mãos de posturas repetitivas e realizar exercícios apropriados.

Recomendamos que você leia: “O mal da secretária”: Como tratar a síndrome do túnel do carpo

A síndrome de tendinite de Quervain

Nesta tendinite é afetada a articulação do dedo, principalmente. Quando você sofre dessa síndrome, você pode sentir dor, inflamação, dormência e, em casos mais avançados, o polegar geralmente fica curvo.

  • Essa síndrome afeta principalmente a mão direita, já que esse dedo é o mais utilizado para o uso de celulares.
  • Para evitar sofrer dessa síndrome, podemos mudar de dedo regularmente, controlar a posição correta da mão e realizar exercícios para as mãos simples.

Embora essas síndromes não sejam extremamente sérias, os danos causados ​​podem ser muito incômodos. Além disso, se deixar passar o tempo com as dores, a intensidade será maior, chegando a impedir que faça algumas tarefas, mesmo as mais simples.

Também é possível que traga consequências mais sérias, o que pode exigir uma cirurgia.

Os 6 exercícios para as mãos que compõem esta rotina são muito fáceis de fazer, e podem ser realizados a qualquer hora do dia. Eles ajudarão você a evitar essas síndromes que podem afetar o bom funcionamento das suas mãos.

6 exercícios para as mãos para evitar síndromes incômodas

1. A corda

Mulher fazendo exercícios para as mãos

Para este exercício, você deve unir a palma das mãos completamente, de modo que os dedos estejam unidos formando pares.

  • Então você deve ir separando e juntando os dedos, de par em par, repetidamente.
  • Você deve executar este exercício cinco vezes para cada par de dedos.

2. A picada

Para realizar este exercício, você unirá a ponta do polegar com o resto dos dedos, passando por cada um deles.

  • Então, começaremos com o indicador e terminaremos com o dedo mindinho e, depois, fazemos o mesmo exercício na direção oposta.
  • Precisamos realizar o exercício cinco vezes para cada uma das mãos.

3. A borboleta

Exercício suave para as mãos

Neste exercício, você deve unir as palmas das mãos e, em seguida, levar para trás os dedos o máximo que puder.

  • Mantenha essa posição por pelo menos cinco segundos.
  • Em seguida, encaixe os dedos e aperte-os por mais cinco segundos.
  • Faça dez repetições diárias desse exercício.

Veja também: 5 remédios caseiros para tratar a rigidez nas mãos

4. O desfiladeiro

Para executar este exercício, você deve entrelaçar os dedos pela metade, de modo que a mão forme uma reta.

  • Dobre os dedos para baixo enquanto move o pulso para cima. Espere um segundo e volte para a posição inicial.
  • Realize dez repetições diárias deste exercício.

5. A colina

Mulher fazendo exercícios para as mãos

Neste exercício você deve unir as palmas das suas mãos e dedos.

  • A partir desta posição, você vai esticar os dedos, ao mesmo tempo que mantem os braços à altura do seu peito.
  • Mantenha as palmas das mãos unidas e baixe os braços, tanto quanto possível, para alcançar a altura da cintura, e depois retorne para a posição inicial.
  • Repita este exercício dez vezes por dia.

6. O balanço

Para realizar este exercício, você deve segurar as palmas das mãos com os dedos e colocá-los na altura do peito.

  • Agora você vai pressionar uma palma contra a outra por um mínimo de cinco segundos.
  • Depois, retorne à posição inicial e realize o exercício com a outra mão.
  • Você deve realizar cinco repetições em cada mão todos os dias.

Para evitar problemas, não se esqueça de realizar estes exercícios para as mãos, especialmente se o seu trabalho for de escritório.

Recomendados para você