5 produtos que nunca devemos usar na pele do rosto

· 16 de dezembro de 2018
Dado que nem todas as peles são iguais, é muito importante utilizar produtos específicos para nosso tipo específico de pele. Evite, sobretudo, aqueles que contenham álcool.

A pele é o maior órgão do corpo e sabemos que sempre está exposta a muitos fatores que podem afetar sua saúde.

O clima, a alimentação, a hidratação, os hábitos de vida e muitos dos produtos de beleza que usamos são fatores que podem influenciar no estado da pele, seja de forma positiva ou negativa, segundo o cuidado que tivermos.

As partes da pele mais delicadas são as da pele do rosto e o pescoço. Nesta áreas, geralmente, há mais risco de apresentar algum tipo de problema, posto que, além de serem mais delicadas, também são as partes nas quais usamos mais produtos.

Muitos dermatologistas sugerem que alguns produtos podem prejudicar a pele, visto que apresentam uma reação desfavorável que a resseca, favorecem o aparecimento de acne e de outros problemas de pele.

Em seguida, mencionaremos cinco dos produtos que nunca devemos usar na pele do rosto se desejamos sempre aparentar uma pele radiante. 

Vinagre

Muitos truques de beleza sugerem usar o vinagre (comum) para problemas como a acne.

No entanto, não é recomendado aplicá-lo sobre a pele, já que o ácido acético no vinagre pode causar danos nesta região, sobretudo se você tiver pele sensível, feridas abertas, cortes ou queimaduras.

Sendo assim, este produto não é o mais recomendado para o cuidado com a pele.

Dessa forma, é melhor descartá-lo completamente. Dê preferência aos tônicos para fazer a limpeza de sua pele, que podem ser facilmente encontrados em farmácias a preços bastante acessíveis.

pele do rosto

Manteiga vegetal

David Colbert, dermatologista estético de Nova York, sugere que utilizar manteiga vegetal na pele pode ter efeitos negativos que não serão nada agradáveis no cuidado da pele.

É verdade que muitos produtos de beleza para pele usam manteigas vegetais como ingredientes para nutri-la e hidratá-la.

No entanto, o especialista assinala que este produto é pesado para a pele do rosto, posto que obstrui os poros e favorece o aparecimento da acne.

Leia também: Remédios naturais e caseiros para os poros abertos

Sprays e shampoos para o cabelo deve ser evitados na pele do rosto

Um velho truque para supostamente fixar bem a maquiagem é aplicar sprays para o cabelo no rosto a fim de conseguir uma maquiagem duradoura.

A verdade é que com isso apenas se conseguirá ressecar a pele, posto que estes produtos têm altos conteúdos de laquê e álcool, que não são bons para a pele.

O mesmo ocorre com aquelas pessoas que usam shampoos para limpar o rosto. Estes produtos contêm ingredientes químicos que não são adequados para a pele, causando irritação e ressecamento.

Na medida do possível, evite também o contato do shampoo na pele do rosto por tempo prolongado.

Leia também: 5 condicionadores naturais e caseiros para um cabelo brilhante

pele do rosto

Cremes com retinol

O retinol é um ingrediente que se promove como um ativo antiacne e antienvelhecimento.

No entanto, seu uso não é muito recomendado já que é muito forte para a pele, podendo fazer com que fique mais sensível.

Além disso, em alguns casos foi comprovado que este produto pode produzir o avermelhamento da pele e, inclusive, pode chegar a produzir brotoejas.

Vitamina E pura

É verdade que a vitamina E é boa para nosso organismo e, inclusive, muitas companhias de cosméticos a utilizam em seus produtos.

Entretanto, deve-se evitar o uso de seu óleo diretamente sobre a pele, já que pode obstruir os poros e desenvolver pontos de acne.

Também foram conhecidos casos de reações como ardor, inchaço e/ou avermelhamento ao usar este produto diretamente na pele.

Recomendações

  • Lembre-se de que nem todos os tipos de pele reagem da mesma forma ao utilizar os diferentes produtos existentes no mercado.
    • É por isso que antes de usar qualquer tipo de produto para a pele, é bom ler as instruções e/ou aplicar apenas uma pequena quantidade em alguma área do corpo para observar se ocorrem reações adversas.
  • Antes de comprar algum produto de revista ou no mercado, verifique se contém álcool ou qualquer composto que afete sua pele, como no caso do retinol.
  • Existem diferentes tipos de pele e é importante aprender a identificar qual é a sua.
    • É importante consultar um dermatologista para que ele dê um assessoramento sobre produtos mais recomendados de acordo com seu tipo de pele.
  • Existem muitos ingredientes naturais que nos ajudam a hidratar e cuidar da pele de maneira efetiva e mais saudável.
    • Em caso de querer evitar os cremes químicos e caros que existem no mercado, é fundamental verificar bem sobre os produtos do tratamento de beleza natural.
    • Assim, garantiremos que não causam reações desfavoráveis, pois mesmo eles podem provocar reações adversas.
  • Fuchs, E., & Raghavan, S. (2002). Getting under the skin of epidermal morphogenesis. Nature Reviews Genetics. https://doi.org/10.1038/nrg758