5 posturas de ioga para quem não é muito flexível

Você não é muito flexível? Graças à ioga você pode melhorar sua flexibilidade progressivamente, adaptada às suas possibilidades e sem sofrimento nas tentativas.

Existem muitas pessoas que não têm muita flexibilidade. Isso provoca dores musculares e articulares, além de uma grande frustração no momento de alongar ou colocar em prática alguma postura. Portanto, hoje você vai descobrir 5 posturas de ioga para quem não é muito flexível. Elas irão ajudá-lo a se sentir melhor.

A ioga não é apenas uma prática que traz bem-estar mental, mas também nos permite melhorar nossa condição física. No entanto, se tivermos uma elasticidade muito baixa, isso não significa que não podemos praticar ioga. Muito pelo contrário. Existem posturas adequadas para nós.

5 posturas de ioga para quem não é muito flexível

Algumas das posturas de ioga para caso você não seja muito flexível vão ajudar, com o tempo, a melhorar a sua flexibilidade. No entanto, você deve ter paciência e ser constante. Naturalmente, recomendamos que você não force demais o corpo. Isso pode machucá-lo.

1. Postura da criança

Esta é uma das primeiras posturas de ioga que não exigem muita flexibilidade e que você vai amar. Geralmente é feita no final de uma sessão de ioga, para relaxar os músculos.

Essa posição, também conhecida como Tadasana, é muito importante. Nela é possível alongar os quadris, coxas e tornozelos, enquanto diminui a dor nas costas. Muitas pessoas a realizam depois de fazer a postura do pinheiro para relaxar os músculos cervicais.

Não perca este artigo: Problemas com as cervicais

Prática de ioga

2. Cão de cabeça para baixo

Esta segunda das posturas de ioga pode ser um pouco desconfortável no começo. A maneira de realizá-la é criar uma montanha com o corpo, esticando os braços e as pernas, enquanto a cabeça fica entre os braços.

O ideal nessa posição é que os pés estejam totalmente apoiados contra o solo. Se você não for muito flexível, não conseguirá fazê-la no início e será preciso levantar os calcanhares.

No entanto, não se preocupe. Com a prática e o tempo, você será capaz de descer seus calcanhares até os pés tocarem o chão. Esta posição promove a circulação sanguínea e alonga o corpo. É ideal para a parte do aquecimento.

3. Ponte

Esta posição também pode ser difícil de executar corretamente se você for pouco flexível. Mas, como a anterior, com o tempo você saberá como fazê-la muito melhor, beneficiando-se de todas as suas vantagens.

  • Deitado de costas, levante os glúteos o mais alto que puder.
  • Os pés devem estar completamente apoiados no chão e os braços devem ser esticados ao longo do corpo, com as mãos entrelaçadas.

Esta postura de ioga ajuda a estimular os órgãos da cavidade abdominal, além de melhorar a digestão. É uma das poses mais importantes para as mulheres, pois ajuda a aliviar a dor menstrual.

Leia também: 5 exercícios de ioga para emagrecer

4. Meia postura do pombo

Mulher fazendo ioga

Esta é a quarta das posturas de ioga para quem não é muito flexível e, assim como as anteriores, é ideal para melhorar a sua elasticidade ao longo do tempo. Caso você sinta que é muito difícil de fazer, você pode buscar algum apoio que o ajude.

Esta pose de ioga melhora a postura corporal e o alinhamento. Além disso, se tivermos problemas ciáticos, nos ajudará a aliviar um pouco a dor.

5. Flexão em pé em direção ao solo

A última das posturas de ioga que você pode fazer é a conhecida como Uttanasana.

  • Para realizá-la, levante-se, com os pés bem enraizados no chão e tente, primeiro, tocar os pés com as mãos.
  • Se você for pouco flexível, não conseguirá chegar aos pés, mas isso não importa. Permaneça na altura que alcançar e segure as pernas por trás.
  • O objetivo é que você possa aproximar o corpo o máximo possível nas pernas e tocar a cabeça com elas.

Todas essas posturas de ioga nos permitirão melhorar a elasticidade. Algumas delas muito mais que outras. Existem algumas posições que serão muito fáceis para nós. Isso é positivo. Isso nos ajudará a ter confiança em nós mesmos para continuar avançando com as demais.

Você é uma pessoa pouco flexível? Já sentiu algum progresso praticando ioga? Nós encorajamos você a não desistir, porque, com o tempo, conseguirá mais elasticidade. Você só precisa de perseverança e muita paciência.

Recomendados para você