Mejor con Salud
 

5 plantas que ajudam a combater a má circulação sanguínea

Os pacientes que seguem um tratamento farmacológico devem consultar um especialista antes de usar os seguintes remédios.
5 plantas que ajudam a combater a má circulação sanguínea

Existem algumas plantas que podem ajudar a combater a má circulação sanguínea. E como elas conseguem isso? Muito fácil, graças às suas propriedades diuréticas e anti-inflamatórias. Por sua vez, essas propriedades são fornecidas pelos componentes dessas plantas (que poderiam ser chamadas, em outras palavras, de princípios ativos).

Tais propriedades ajudam a combater o desconforto causado pela má circulação, como a retenção de líquidos, a sensação de peso, a inflamação e o cansaço. A seguir, apresentamos as plantas que você pode usar para combater esse problema.

Qual é a causa da má circulação sanguínea?

Lembre-se de que o sangue tem um papel extremamente importante no bom funcionamento do organismo, daí a importância de cuidar, na medida do possível, da sua circulação.

Através do sangue, são constantemente transportados: o oxigênio, os nutrientes e outras substâncias necessárias para que as células funcionem em condições ideais. Por isso, quando algo impede sua passagem, são desencadeadas uma série de reações que podem acabar gerando distúrbios de saúde de maior cuidado.

A má circulação sanguínea pode ter origem em distúrbios circulatórios, entre outros fatores. De fato, o estilo de vida tem uma grande influência em seu aparecimento. Aqui estão os fatores de risco:

  • Estresse crônico
  • Sedentarismo.
  • Diabetes mellitus.
  • Má alimentação.
  • Doenças cardiovasculares.
  • Uso de roupas muito apertadas.
  • Acúmulo de colesterol nas artérias.
  • Vícios: tabagismo, alcoolismo e dependência de drogas.
  • Exposição a toxinas ou ambientes altamente contaminados.

A que se deve a má circulação sanguínea?

Leia: 7 soluções à base de plantas para controlar a diabetes naturalmente

Sintomas da má circulação sanguínea

  • Sensação de fadiga.
  • Frio nas extremidades.
  • Unhas e cabelos quebradiços.
  • Feridas que demoram para cicatrizar.
  • Inchaço nas extremidades
  • Dor e peso nas articulações.
  • Varizes e veias de aranha.
  • Problemas de concentração e memória.
  • Enfraquecimento do sistema imunológico.
  • Coloração azulada na pele (cianose).
  • Formigamento e cãibras em diferentes partes do corpo.

Os efeitos dos problemas circulatórios podem variar em cada paciente, dependendo de sua causa e nível de gravidade. Por isso, nem todos os pacientes com má circulação sanguínea devem seguir exatamente o mesmo tempo. No entanto, existem algumas recomendações gerais para todos: mantenha um estilo de vida saudável e evite o sedentarismo.

Plantas que ajudam a combater a má circulação sanguínea

Como mencionado anteriormente, as seguintes plantas têm propriedades diuréticas e anti-inflamatórias. Por outro lado, são vasodilatadoras e vasotônicas, muito conveniente para combater a má circulação.

1. Salgueiro

O salgueiro contém uma substância conhecida como “salicilina“,  que é um dos melhores anticoagulantes oferecidos pela natureza. Para aproveitar seus benefícios, você pode beber a infusão de casca de salgueiro diariamente. Para prepará-la, você precisará apenas de:

Ingredientes

  • 1 colher de chá de casca de salgueiro (5 g).
  • 1 xícara de água (100 ml).

Preparo

  • Despeje a casca de salgueiro em um copo de água fervente e cubra a bebida.
  • Deixe repousar por 10 minutos e coe.

Chá de salgueiro para melhorar a circulação

2. Ulmária

Assim como a planta anterior, é dito que a ulmária possui compostos anticoagulantes e anti-inflamatórios que ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo diante de interferências ou problemas arteriais. Beba uma xícara diariamente para aproveitar seus benefícios.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de ulmária (5 g).
  • 1 xícara de água (100 ml).

Preparo

  • Coloque a ulmária em uma xícara de água e leve ao fogo até ferver.
  • Quando ferver, tampe e retire do fogo.
  • Deixe repousar 10 minutos e coe.

Nota importante: nem todas as pessoas podem tirar proveito do salgueiro ou da ulmária, pois podem causar interações. Portanto, você deve consultar seu médico antes de tomar qualquer uma dessas infusões.

3. Aipo

Suco verde com aipo para melhorar a circulação

Devido às suas propriedades diuréticas, o aipo é uma das plantas que ajuda a combater o desconforto causado pela má circulação. Seus compostos reduzem a inflamação e, por sua vez, nutrem o corpo.

Ingredientes

  • 1 talo de aipo.
  • 3 xícaras de água (300 ml).

Preparo

  • Lave e corte o talo de aipo. Em seguida, coloque-o em uma panela com um litro de água e leve ao fogo até ferver.
  • Quando ferver, retire do fogo, tampe e deixe esfriar por 10 minutos à temperatura ambiente.

4. Urtiga

A urtiga é um suplemento bom de ferro em caso de anemia. Além disso, dizem que possui propriedades anticoagulantes e vasodilatadoras que melhoram significativamente a circulação. Beba essa infusão duas vezes ao dia para aproveitar seus benefícios.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de urtiga (5 g).
  • 1 xícara de água (100 ml).

Preparo

  • Misture a urtiga a uma xícara de água fervente e deixe repousar durante 10 minutos.
  • Passado esse tempo, coe a bebida e consuma.

5. Flores de tília

Chá de flores de tília para melhorar a circulação


As propriedades das flores de tília são bem conhecidas, sendo empregadas há anos para fortalecer as artérias e diminuir os problemas de circulação do sangue. Seus compostos acalmam o estresse e ajudam a diminuir a pressão alta.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de flores de tília secas (5 g).
  • 1 xícara de água (100 ml).

Preparo

  • Coloque as flores de tília em uma xícara de água e leve ao fogo.
  • Quando ferver, retire do fogo e deixe esfriar por 10 minutos.

Vamos combater a má circulação sanguínea?

Sempre que você optar por um remédio natural para a má circulação, evite combinar vários de uma vez para impedir reações adversas. Em vez disso, tente escolher apenas uma das bebidas que recomendamos acima.

Embora a natureza nos forneça remédios, o tratamento farmacológico nunca deve substituir qualquer remédio natural. Por outro lado, é preciso se lembrar de que as plantas, por si só, não são capazes de curar ou aliviar qualquer desordem. Portanto, sempre devem ser tomadas como medidas complementares.

7 sinais de advertência de uma má circulação

7 sinais de advertência de uma má circulação

Ter uma má circulação afeta grande parte da população. Porém, este não é somente um problema da terceira idade. Saiba mais sobre o tema neste artigo.