5 passos que você deve dar antes de ter um relacionamento aberto

· 3 de março de 2018
Para ter um relacionamento aberto é fundamental que ambos os membros dessa relação estejam de acordo e que os limites da mesma sejam estabelecidos com clareza para que não haja traição.

Seu parceiro e você conversaram sobre a possibilidade de ter um relacionamento aberto? Atualmente é cada vez mais habitual encontrar casais que optam por uma flexibilidade maior em seus compromissos.

Esta é uma tendência muito comum tanto em casais jovens que querem experimentar sem complicar seus relacionamentos, quanto em casais de muitos anos que se entediaram do cotidiano.

Em qualquer caso, há alguns passos que vocês precisam dar para ter um relacionamento que faça aos dois felizes e que não traga complicações. Confira.

1. Defina o que significa ter um relacionamento aberto e o que se espera de cada um

Pode parecer simples, mas cada pessoa tem limites e expectativas que devem ficar bem claras desde o início.

Ainda que você acredite que suas ideias e valores são iguais aos do seu parceiro,  tempo a vocês dois para conversarem sobre o que cada um deseja e consegue permitir.

Por exemplo, você poderia pensar que seu parceiro só deseja a oportunidade de conhecer outras mulheres sem incluir sexo, ou que só haverá sexo casual.

Porém, ele poderia estar procurando iniciar uma relação relativamente séria com outra pessoa e manter relações sexuais com bastante frequência.

Em temas tão sensíveis como a sexualidade é importante que tudo fique bem claro:

  • O número de parceiros
  • Se será uma relação casual ou de longa duração
  • Se a outra pessoa em algum momento vai conhecer o outro
  • O tempo que durará a relação aberta
  • Se você será prioridade ou só mais uma pessoa na vida do seu parceiro

Sabemos que pôr na mesa todas estas coisas não é simples. Por isso, você não deve apressar a conversa e nem tomar uma decisão imediata.

É melhor dedicar um mês ou mais para pensar e falar sobre estes aspectos.

2. Analise se você realmente está disposta a compartilhar seu parceiro

Casal conversando com outros parceiros

Depois de entender o que o seu parceiro quer, dê tempo para analisar se isso está bem para você.

  • Algumas pessoas não têm problema que seu parceiro converse com outras, mas nunca estaria de acordo com compartilhar sua sexualidade.
  • Outras estão ansiosas para ter um relacionamento aberto para explorar novas coisas, jogos e artigos sexuais sem limites.

Neste ponto é importante pensar em você: até aonde você poderia permitir que seu parceiro chegue sem sentir que isso lhe machuca e sem que a sua autoestima seja afetada?

É importante que nunca aceite mais do que lhe parece prudente ou aceitável, ainda que seu parceiro ache normal.

3. Estabeleça os limites bem detalhados

Ainda que não seja necessário, seria muito bom preparar um texto com as regras que devem ser seguidas. Crie estas regras considerando as expectativas e os limites que ambos estabeleceram nos dois passos anteriores.

Pode parecer algo sem importância, mas em qualquer momento algum dos dois poderia se sentir inseguro ou em dúvida sobre até aonde pode chegar.

Com o tempo vocês poderiam fazer ajustes segundo tenham mais experiência e descobrirão novas coisas que desejam provar e limites que não querem ultrapassar.

O mais importante é que em todo o momento vocês respeitem estes limites. Deles depende muito que a confiança siga intacta depois de ter um relacionamento aberto.

4. Converse sobre o seu relacionamento aberto e as mudanças necessárias com frequência

Casal conversando sobre ter um relacionamento aberto

As regras que vocês escreveram antes devem ser ajustadas de pouco em pouco tempo. Para fazer isso com sucesso é importante que dentre poucas semanas ou meses vocês conversem sobre como se sentem e se há mudanças que fariam vocês se sentirem mais cômodos.

Cada conversa deve dar muita atenção ao ponto 1. Não é raro encontrar casais que uma vez que experimentaram um relacionamento aberto se deram conta de que desejavam mudanças substanciais.

De novo, lembre-se de que nem você e nem seu parceiro devem aceitar situações com as quais não estão cômodos.

5. Aceite que seu relacionamento vai mudar

Casal tomando uma desição sobre ter um relacionamento aberto

Se vocês tiverem um relacionamento estável de vários anos, notarão muitas mudanças se decidirem ter um relacionamento aberto. O comum é que tenha muita emoção, adrenalina e excitação no começo, porque significa conhecer pessoas novas.

Conforme o relacionamento avance, com certeza terá sentimentos de dúvida, insegurança e ciúmes. Também mudará a relação que você já teve com essa pessoa, segundo suas personalidades.

Alguns casais melhoram consideravelmente seu relacionamento e depois de alguns meses terminam os problemas que pudessem ter. Em outros casos, o relacionamento evolui a um ponto em que descobrem que já não resta nada para continuarem.

O que é um fato é que o relacionamento sofrerá mudanças consideráveis e vocês vão ver a vida de outra forma. A forma em que isso muda o relacionamento amoroso vai depender da força que tenham e do amor que os une.

Você e seu parceiro já conversaram sobre um relacionamento aberto? Vocês conseguirão fazer essa mudança em suas vidas ou acreditam que isso trará muitas complicações?

Qual foi a sua experiência, se você já fez isso? Compartilhe com a gente.