5 infusões que auxiliam o tratamento da gastrite

· 6 de maio de 2019
O tratamento da gastrite pode variar dependendo da gravidade. No entanto, você pode levar em conta alguns remédios de ervas complementares que ajudam a minimizar seus sintomas.

Graças às propriedades de algumas ervas e especiarias, as infusões acabam por ser um bom tratamento da gastrite, para minimizar muitos dos seus sintomas. De fato, elas são a melhor opção em casos leves desta doença, pois, por serem de origem natural, apresentam menos efeitos colaterais.

O que é a gastrite?

A gastrite é uma doença que se desenvolve a partir de uma inflamação do revestimento do estômago. Pode ser aguda ou crônica, dependendo de sua causa ou da durabilidade dos seus sintomas. É frequentemente causada pela bactéria H. pylori.

No entanto, também pode estar relacionada ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, ao uso prolongado de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), ao estresse ou ao tabagismo, entre outros.

A condição é acompanhada por sintomas como indigestão, náusea, vômito e sensação de saciedade. Em casos mais graves, como a gastrite erosiva, também é possível sentir sintomas como fezes negras, vômitos com sangue, inflamação e desconforto abdominal grave.

Infusões medicinais para o tratamento de gastrite

As manifestações clínicas da gastrite devem ser avaliadas por um profissional, pois geralmente são semelhantes às de outros problemas digestivos. O médico pode confirmar o diagnóstico com um exame físico e exames de sangue, fezes ou respiração. Ele também pode sugerir uma endoscopia ou biópsia.

Se a condição tiver um alto nível de gravidade, é essencial seguir o tratamento médico para sentir uma melhora. Quando se trata de um caso leve, mudanças no estilo de vida e alguns suplementos naturais podem ajudar. Descubra algumas infusões medicinais para o tratamento da gastrite.

1. Chá verde com mel manuka

Chá verde contra a gastrite

A infusão de chá verde com mel manuka é um dos melhores tratamentos para a gastrite. Uma investigação determinou que seu consumo pode minimizar o risco de infecção pela bactéria H. pylori, a principal envolvida nessa doença digestiva.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de chá verde (7 g)
  • 1 colher de sopa de mel manuka (15 g)
  • Água (250 ml)

Preparação

  • Primeiro, adicione o chá verde em uma xícara de água fervente.
  • Cubra a bebida e deixe descansar por 10 minutos.
  • Após este tempo, filtre com um coador e adicione o mel.
  • Beba duas vezes por dia, pelo menos 3 vezes por semana.

2. Infusão de gengibre

O gingerol e outros compostos ativos do gengibre proporcionam efeitos positivos no controle da gastrite aguda e crônica. Estas substâncias ajudam a minimizar a inflamação do revestimento do estômago e, como se isso não bastasse, inibe o crescimento de algumas estirpes da bactéria H. pylori.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de gengibre moído (7 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)
  • Mel de abelhas (opcional)

Preparação

  • Adicione a colher de chá de gengibre moído em uma xícara de água fervente.
  • Em seguida, cubra a infusão e deixe descansar.
  • Quando estiver morno, adicione mel.
  • Tome 2 xícaras por dia até sentir uma melhora.

Confira ademais: 5 pautas que deve seguir para aliviar a indigestão

3. Chá de camomila para o tratamento da gastrite

Chá de camomila que auxilia o tratamento da gastrite

A camomila não é o tratamento mais potente para a gastrite. No entanto, é um bom complemento para reduzir sintomas associados, como a indigestão, inflamação e azia. Esta planta medicinal é segura e, de fato, pode ser administrada em crianças.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de flores secas de camomila
  • 1 xícara de água (250 ml)
  • Mel de abelhas (opcional)

Preparação

  • Primeiramente, despeje as flores de camomila em um copo de água fervente.
  • Logo após 5 ou 10 minutos, coe a bebida.
  • Além disso, adoce com mel.
  • Finalmente, consuma 2 ou 3 xícaras por dia para aliviar os sintomas.

4. Infusão de hortelã para o tratamento da gastrite

É um dos remédios mais populares para o desconforto do sistema digestivo. A infusão de hortelã é uma preparação tradicional, usada para reduzir cólicas abdominais, gases e excesso de acidez. De fato, ajuda a reduzir a inflamação.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas de hortelã (15 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Em primeiro lugar, despeje as folhas de hortelã em uma xícara de água fervente.
  • Logo deixe descansar por 10 minutos.
  • Posteriormente, coe a bebida e, finalmente, consuma.
  • Finalmente, tome até 3 xícaras por dia.

5. Infusão de ginseng americano

Infusão de ginseng americano que auxilia o tratamento da gastrite

O ginseng americano serve como tratamento para a gastrite e seus sintomas. Embora não seja tão popular como outros remédios naturais, é usado para melhorar a digestão, reduzir o vômito e aliviar a irritação do cólon. Além disso, minimiza a inflamação do revestimento do estômago.

Não deixe de ler: Como controlar a gastrite: 3 hábitos que te ajudam

Ingredientes

  • 1 colher de chá de ginseng americano (7 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Primeiramente, moa ou triture o ginseng americano.
  • Logo depois, adicione-o em uma xícara de água fervente e deixe em fogo baixo por 2 minutos.
  • Após este tempo, cubra e deixe a infusão descansar.
  • Posteriormente, espere cerca de 10 minutos e coe.
  • Finalmente, consuma quando tiver sintomas de gastrite, 1 ou 2 vezes por dia.

Evite esta bebida se estiver tomando medicamentos para depressão ou diabetes. Também deve ser usado com cautela em casos de hipertensão e distúrbios do sistema nervoso.

Em conclusão…

Em conclusão, o consumo dessas infusões medicinais pode auxiliar no tratamento da gastrite, minimizando seus principais sintomas. No entanto, você não deve substituir medicamentos e prescrições prescritas pelo médico. Além disso, é importante consultar sobre seus possíveis efeitos colaterais.

  • Boyanova, L., Ilieva, J., Gergova, G., Vladimirov, B., Nikolov, R., & Mitov, I. (2015). Honey and green/black tea consumption may reduce the risk of Helicobacter pylori infection. Diagnostic Microbiology and Infectious Disease. https://doi.org/10.1016/j.diagmicrobio.2015.03.001
  • Mahady, G. B., Pendland, S. L., Yun, G. S., Lu, Z. Z., & Stoia, A. (2003). Ginger (Zingiber officinale Roscoe) and the Gingerols Inhibit the Growth of Cag A+ Strains of Helicobacter pylori. Anticancer Research.
  • Haniadka, R., Saldanha, E., Sunita, V., Palatty, P. L., Fayad, R., & Baliga, M. S. (2013). A review of the gastroprotective effects of ginger (Zingiber officinale Roscoe). Food and Function. https://doi.org/10.1039/c3fo30337c
  • Srivastava, J. K., Shankar, E., & Gupta, S. (2010). Chamomile: A herbal medicine of the past with a bright future (review). Molecular Medicine Reports. https://doi.org/10.3892/mmr.2010.377
  • Cash, B. D., Epstein, M. S., & Shah, S. M. (2016). A Novel Delivery System of Peppermint Oil Is an Effective Therapy for Irritable Bowel Syndrome Symptoms. Digestive Diseases and Sciences. https://doi.org/10.1007/s10620-015-3858-7
  • SAITO, H., MORITA, M., & TAKAGI, K. (2012). PHARMACOLOGICAL STUDIES OF PANAX GINSENG LEAVES. The Japanese Journal of Pharmacology. https://doi.org/10.1254/jjp.23.43