5 formas de aumentar os níveis de ferro no sangue

28 Dezembro, 2019
Para aumentar os níveis de ferro no sangue devemos evitar as combinações de alimentos que dificultam a sua absorção e aumentar a ingestão de outros que a favorecem.

O ferro é um oligoelemento fundamental para a formação da hemoglobina e dos glóbulos vermelhos. Portanto, aumentar os níveis de ferro no sangue é crucial para ter um organismo saudável.

Quando seus níveis caem, a falta de oxigênio nos tecidos causa fraqueza, fadiga e doenças como a anemia. Se o seu médico lhe disse que você tem deficiência de ferro, siga estas dicas para aumentar os níveis de ferro no sangue.

Consuma alimentos ricos em ferro

Para manter os níveis ideais de ferro no sangue, é necessário manter uma dieta equilibrada e saudável.

A principal causa de baixos níveis de ferro no sangue é geralmente má alimentação. Sendo um mineral de ferro, podemos encontrá-lo naturalmente em alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal.

Para manter níveis ótimos de ferro no sangue, é necessário manter uma dieta equilibrada e saudável. A principal causa do baixo nível de ferro no sangue é uma dieta nutricionalmente pobre.

Como o ferro é um mineral, podemos encontrá-lo naturalmente nos alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal.

  • O ferro proveniente dos alimentos de origem animal é aquele que o organismo absorve mais facilmente. Sua principal fonte são as carnes (especialmente as vermelhas).
  • O ferro obtido a partir de alimentos vegetais é absorvido em quantidades menores, embora seja uma boa ideia consumi-los. As melhores opções são as leguminosas, vegetais e oleaginosas.
Coma alimentos ricos em ferro

2. Aumente a ingestão de alimentos ricos em vitamina C

Para o ferro ser absorvido pelo corpo, ele deve ser transformado em ferritina. Esse processo ocorre pela ação do suco gástrico contendo ácido clorídrico e a presença de vitamina C.

Por esta razão, é necessário incluir alimentos ácidos ricos em vitamina C, como limão, laranja, morangos, brócolis e pimentão em sua dieta diária.

  • Embora a vitamina C seja de grande importância para o sistema imunológico e para uma melhor absorção de ferro no organismo, sua ingestão excessiva causa deficiência de ácido fólico.

Idealmente, você deve consumir no máximo duas frutas cítricas por dia.

3. Modere o consumo de alimentos inibidores de ferro

Assim como há alimentos que favorecem o aumento dos níveis de ferro no sangue, outros dificultam o processo.

Esses alimentos são:

  • Ovos. O ovo contém fosvitina, a qual impede o corpo de absorver ferro de origem vegetal.
  • Leite. O cálcio contido nos laticínios inibe a absorção de ferro de origem animal e vegetal quando seu consumo é superior a 300 mg por dia.
  • Chá. O chá, contendo oxalato, afeta a absorção de ferro de origem vegetal. Não é recomendado ingeri-lo com alimentos ricos em ferro.
  • Cacau e café. Os compostos fenólicos do cacau e do café inibem a absorção de ferro de origem vegetal.
  • Nozes. As nozes e outras sementes contêm fitatos que atuam como inibidores fortes e podem reduzir a absorção de ferro entre 50 e 65%.

4. Tome suplementos de ferro se estiver grávida ou se o seu médico indicar

Se você estiver grávida, é aconselhável tomar suplementos de ferro para atender à demanda de energia do seu corpo e do ferro necessário para que o feto tenha um desenvolvimento adequado. Consulte o seu médico para descobrir o que é melhor para você.

Dependendo das causas dos níveis baixos de ferro no sangue, consulte o seu médico antes de começar a tomar qualquer suplemento. Isso ocorre porque nem sempre é necessário, pois nem todos os suplementos são adequados para todos.

No caso de você ter sido diagnosticada com deficiência de ferro há alguns meses e agora ter descoberto que está grávida, informe o seu médico para que peça um exame de sangue.

Com isso, ele poderá dizer se você precisa de algo mais do que um ajuste simples na dieta.

5. Evite comer grandes quantidades de fibras

fibra dietética tem funções importantes no nosso corpo. Ela regula a digestão, ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue e protege contra algumas doenças crônicas, como a neoplasia de cólon.

Embora seu consumo traga excelentes benefícios para o corpo, ingerir um excesso de fibra é contraproducente quando você tem baixos níveis de ferro no sangue.

Por causa de sua ação laxativa, ferro passa mais rápido através do trato digestivo e sua absorção é reduzida. Isso significa que o ferro é retido nas fezes e não pode ser absorvido.

Evite comer grandes quantidades de fibra alimentar

Salada para aumentar sua ingestão de ferro

Embora essas dicas sejam muito simples, você pode não saber por onde começar a aumentar os níveis de ferro no sangue.

Nesse caso, experimente esta salada e vá variando os ingredientes pouco a pouco.

Ingredientes

  • 1 bife ou pedaço de carne vermelha magra (150 gramas)
  • 1 xícara de rúcula crua, lavada e desinfetada (100 g)
  • 1 xícara de espinafre cru, lavado e desinfetado (100 g)
  • 1 toranja em gomos, sem pele ou sementes
  • Sal e pimenta moída na hora (uma pitada, a gosto)

Preparação

  • Tempere o bife ou pedaço de carne e asse.
  • Corte a carne assada em pedaços pequenos e fáceis de manusear.
  • Em uma tigela, misture a carne, os vegetais e a toranja.
  • Tempere com um pouco de sal e pimenta moída na hora e coma instantaneamente.

Considerar

O baixo consumo de alimentos ricos em ferro pode levar à anemia, entre outras complicações. No entanto, não se trata de incorporar, durante a noite, grandes quantidades desse nutriente, mas procurar maneiras de introduzi-lo, com mais frequência, de maneira equilibrada.

Lembre-se de sempre levar em conta as instruções do médico, pois ele é quem pode aconselhá-lo melhor em questões de bem-estar. Afinal, ele sabe em detalhes o que é mais conveniente de acordo com o seu estado de saúde.

  • Pita-Rodríguez G. y cols. (2013). El bajo consumo de alimentos ricos en hierro y potenciadores de su absorción se asocia con anemia en preescolares cubanos de las provincias orientales. Revista Chilena de Nutrición, [online] (3). Available at: https://scielo.conicyt.cl/pdf/rchnut/v40n3/art03.pdf [Accessed 1 Nov. 2017].
  • MEDISAN. (2009). Importancia del consumo de hierro y vitamina C para la prevención de anemia ferropénica. [online] Available at: http://bvs.sld.cu/revistas/san/vol13_6_09/san14609.pdf [Accessed 1 Nov. 2017].