Alimentos e remédios para fortalecer o sistema imunológico

Manter bons hábitos de vida é essencial para ter uma boa saúde e bem-estar, assim como para fortalecer o sistema imunológico.
Alimentos e remédios para fortalecer o sistema imunológico

Última atualização: 01 Março, 2021

O sistema imunológico é o sistema de defesa que protege o corpo das doenças. É composto por um conjunto de células, tecidos e órgãos, que funcionam em equipe. Sua tarefa mais importante é defender nosso corpo contra agentes externos e de infecções.

Portanto, quando as defesas são reduzidas, não conseguimos enfrentar esses agentes. Assim, em certas situações, você pode precisar de remédios para fortalecer seu sistema imunológico.

Problemas do sistema imunológico

Os distúrbios do sistema imunológico podem ser divididos em quatro categorias:

  • Imunodeficiência adquirida: as células do sistema imunológico diminuem como consequência de agentes externos como o HIV.
  • Distúrbios autoimunes: o sistema imunológico ataca suas próprias células por engano, tomando-as por substâncias estranhas.
  • Alergias: processos que aparecem quando o sistema imunológico reage desproporcionalmente a um determinado estímulo.
  • Câncer do sistema imunológico.

O importante é manter bons hábitos de vida para poder ter um sistema imunológico forte que poderá lidar com todos os tipos de patógenos.

Alimentos para fortalecer o sistema imunológico

De acordo com a sabedoria popular e a ciência, bons hábitos de vida contribuem para o funcionamento adequado do sistema imunológico. Por este motivo, há quem considere que o consumo moderado dos seguintes alimentos de forma regular pode contribuir para o seu fortalecimento.

Alho

Alimentos para fortalecer o sistema imunológico

Como se considera que o alho, devido ao seu teor de alicina, pode prevenir e tratar várias infecções, há quem considere que, ao consumi-lo diariamente, poderá ter um bom sistema imunitário.

O alho é um ingrediente importante na dieta mediterrânea, uma das propostas mais saudáveis e recomendadas que existem.

Especialistas indicam que dentro desse tipo de dieta o alho é favorável, porém, ainda não conseguiram verificar a relação que se estabelece entre seu consumo e o sistema imunológico.

Alimentos probióticos

Probióticos

Os probióticos são suplementos que contêm microrganismos vivos, principalmente bactérias, mas não são tóxicos ou patogênicos. Na verdade, fazem parte da nossa microbiota usual.

Para modificar a resposta imunológica, é muito importante a aderência dos probióticos ao epitélio intestinal. Se a adesão for boa, estes conseguem impedir que bactérias patogênicas o façam.

No entanto, o seu efeito não é permanente, por isso devem ser consumidos regularmente. Alguns alimentos são ricos em probióticos, tais como:

  • Kefir.
  • Missô.
  • Iogurte.

Remédios para fortalecer o sistema imunológico

Sob certas condições de laboratório, muitas plantas e ervas demonstraram ter potencial para uma variedade de problemas, como aliviar um desconforto ou melhorar a saúde geral.

No entanto, isso não significa que eles possam ser usados ​​sem julgamento ou de qualquer maneira. Você tem que saber quando é conveniente aproveitá-los para evitar interações e reações adversas.

Por isso, os profissionais de saúde aconselham cautela ao usar remédios naturais, mesmo quando se trata de fortalecer o sistema imunológico.

A sabedoria popular indica que as seguintes plantas são especialmente favoráveis ​​para esse fim e recomenda integrá-las na forma de infusão na dieta, após consulta ao médico.

Equinácea

Equinácea

Diz-se que a equinácea é um gênero de plantas que, além de reduzir o estresse e a fadiga, também estimula o sistema imunológico. Portanto, há quem as considere imunoestimulantes e adaptógenas.

Algumas variedades podem nos ajudar a sentir energia, enquanto outras podem nos ajudar a relaxar. Tudo vai depender das nossas necessidades.

Unha de gato

A Uncaria tomentosa é uma planta amplamente utilizada pelas tribos do Peru para vários fins medicinais. Portanto, não surpreende que várias propriedades lhe sejam atribuídas por essa região do mundo.

Uma de suas propriedades atribuídas é que ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Ou, mais especificamente: ajuda a aumentar as defesas.

  • Por ser uma planta amarga, pode não ser bem tolerada por algumas pessoas.
  • Seu uso não é recomendado durante a gravidez e a amamentação, pois pode alterar o sabor e a produção de leite e causar certas reações adversas.

Plantas com efeitos sedativos

O estresse gera situações de alerta. Quando estamos em alerta, desviamos energia para os músculos e o cérebro, mobilizando o corpo para a ação. Isso nos faz subtrair combustível ao sistema imunológico e, portanto, nos deixa vulneráveis aos agentes patogênicos.

Para fortalecer nosso sistema imunológico devemos controlar nossos níveis de estresse e ansiedade. Para isso, há pessoas que usam determinados remédios naturais, como as infusões de plantas sedativas: valeriana, lima, camomila, maracujá e espinheiro-branco.

Nota: embora no mundo da medicina alternativa sejam recomendados vários remédios naturais para fortalecer o sistema imunológico, isso não significa que sejam 100% eficazes ou recomendados para todos os casos. Daí a importância de sempre consultar o seu médico antes de consumi-los.

O exercício, um grande aliado para a saúde

Moça fazendo exercício

Nós todos sabemos que é adequado se exercitar regularmente. O esporte nos dá vitalidade, oxigena, melhora o humor e nos ajuda a queimar gordura. Ao mesmo tempo, a atividade física ajuda a manter nosso sistema imunológico alerta para evitar infecções.

Por fim (mas nunca menos importante), lembre-se de que manter bons hábitos de vida sempre será benéfico para o seu corpo. Portanto, aposte em manter uma boa dieta, abandone o estilo de vida sedentário, movimente-se mais e, em tudo que fizer, cuide-se.

Pode interessar a você...
6 dicas para fortalecer seu sistema imunológico
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
6 dicas para fortalecer seu sistema imunológico

Hábitos tão simples como nos mantermos hidratados e dormir bem nos ajudam a fortalecer o sistema imunológico, por isso, não há desculpas para não fazê-lo.