5 erros de hidratação mais comuns

É possível que, em vez de estarmos nos hidratarmos corretamente, estejamos cometendo alguns erros de hidratação associados a nossos hábitos diários.

Existem 5 erros de hidratação que são muito comuns. Portanto, você pode cair neles sem perceber.

Para ter uma boa qualidade de vida e prevenir doenças, devemos ter uma boa ingestão de fluidos.  Embora muitos ignorem este fato, a assimilação correta de fluidos é crucial para que todos os órgãos funcionem corretamente.

Um organismo desidratado começa a apresentar falhas em suas principais funções. Isso pode levar a dificuldades físicas e mentais. O fato é que, além de beber água, uma boa hidratação depende de outros fatores com os quais costumamos cometer erros.

Erros de hidratação mais cometidos no dia a dia

Sal de mesa e grosso

1. Limitar demais o consumo de sódio

É verdade que uma das principais recomendações médicas é moderar o consumo de sódio. Uma dieta rica neste mineral pode causar problemas crônicos, como retenção de líquidos e hipertensão crônica.

No entanto, isso não significa que seja um inimigo e que deva ser completamente excluído da dieta. Os seus baixos níveis também podem ter efeitos contraproducentes.

  • A pouca absorção do mineral, ou sua perda excessiva através do suor, dificulta a substituição de líquidos, mesmo quando bebemos muita água.
  • Condições como calor e umidade tornam mais importante a ingestão de líquidos e sal.

2. Consumir muita água

Enquanto o baixo consumo de água leva instantaneamente à desidratação, o consumo excessivo de líquidos pode ter efeitos negativos. Ingerir muita água ou qualquer outro líquido sobrecarrega o sistema urinário e aumenta o risco de problemas inflamatórios e infecções.

O corpo não está preparado para processar nada em excesso, mesmo que seja água. A quantidade recomendada pode variar de acordo com a idade, peso, hábitos e clima.

3. Não ingerir magnésio e potássio suficientes

Dieta saudável

As pessoas que praticam esportes ou que exercem ou qualquer outra atividade de alta demanda física devem se preocupar em ter uma absorção correta de magnésio e potássio. 

Esses minerais essenciais desempenham um papel fundamental na manutenção da hidratação e da musculatura do corpo. Sua deficiência pode impedir uma hidratação adequada das células e o equilíbrio dos níveis de eletrólitos.

Se falta, há uma maior chance de cãibras musculares, doenças e sintomas de desidratação. Em geral, recomenda-se o consumo de frutas, vegetais, leguminosas e cereais para garantir sua absorção correta.

4. Consumir bebidas ricas em açúcares

Um grande número de pessoas pensa que podem hidratar seu corpo consumindo refrigerantes ou sucos de frutas açucarados. Este é um dos erros de hidratação mais comuns.

Embora no momento acalmem a sensação de sede, seus compostos estão longe de ser saudáveis ​​para o corpo.

  • Essas bebidas estão cheias de açúcares e compostos químicos que, ao invés de hidratar as células, podem levar à desidratação.
  • Elas não possuem nutrientes de alta qualidade e são, na maioria das vezes, calorias vazias.
  • Muitos contêm substâncias estimulantes que podem causar efeitos indesejáveis ​​para a saúde.

5. Não ouvir os sinais do seu corpo

Mulher com dor de cabeça

Às vezes podemos pensar que estamos nos hidratando bem, e na verdade não. Existem muitos fatores envolvidos neste processo e, portanto, não é estranho que, no caso de qualquer descuido, acabemos atingindo um certo nível de desidratação.

A questão é que, embora o corpo nos envie alguns sinais, raramente prestamos atenção ou relacionamos a desidratação a eles.

O mais preocupante é que deixamos evoluir os seus efeitos e percebemos o problema quando já nos causou vários inconvenientes.

  • Sintomas como mudanças nos hábitos de urinar ou infecções do trato urinário podem ser um sinal de falta de fluídos e eletrólitos.
  • Também podem ocorrer dores de cabeça contínuas, sede e cãibras musculares.
  • Algumas pessoas sofrem uma diminuição da frequência cardíaca e desmaios.

No caso de apresentar qualquer uma dessas manifestações, é necessário consumir alguma bebida esportiva, em goles pequenos e frequentes.

Depois disso, um plano de hidratação moderado e gradual deve ser seguido. Não sobrecarregue o estômago com líquidos.

Você detectou alguns dos erros de hidratação mencionados em sua rotina? Em caso afirmativo, tente corrigi-los antes de sofrer as consequências.

Tenha em mente que, se você praticar qualquer atividade física ou trabalho de alta demanda, deve reforçar suas medidas para garantir uma ótima hidratação do seu corpo. O mesmo se aplica se você estiver passando por alguma doença.

Recomendados para você