4 sinais da deficiência de potássio

· 13 de outubro de 2016
Tanto as câimbras como a falta de energia contínua podem ser claros indícios de uma deficiência de potássio. Inclua em sua dieta alimentos que contenham o mineral para evitar problemas de saúde maiores 

A deficiência de potássio pode afetar os nervos e a sua comunicação com as células musculares no sistema digestivo, no coração e nos demais músculos.

A maior parte do potássio no organismo está nas células. Uma dieta diária balanceada mantém estáveis os níveis de potássio no sangue sem problema algum.

Caso sua alimentação seja muito limitada, você goste de produtos pouco saudáveis ou siga uma dieta ruim, você provavelmente apresentará uma deficiência de potássio.

Mas, como é possível identificar a deficiência de potássio? Vamos falar sobre alguns dos sintomas aqui. Anote-os e veja se você apresenta algum deles.

1. Você se sente cansado e fraco

Os primeiros sintomas de uma deficiência de potássio costumam ser as dores musculares, as câimbras e uma fraqueza anormal. Essa fraqueza não só afeta os braços e pernas, como também os músculos respiratórios e gastrointestinais.

Mulher cansada e fraca por deficiencia de potássio

Os níveis baixos de potássio impedem que as células musculares se recarreguem rapidamente de energia. Isso deixa os músculos com dificuldades para se contrair.

A fraqueza, os espasmos musculares e a sensação de formigamento ou adormecimento nos músculos podem indicar que a deficiência de potássio está piorando.

Se você já apresenta estes sintomas, recomendamos procurar um médico imediatamente para realizar exames.

2. Seus batimentos cardíacos são irregulares

A falta de potássio por tempo prolongado pode afetar o coração, alterando seu funcionamento normal. O primeiro sintoma serão as batidas irregulares sem causa aparente.

É normal elas aparecerem ao correr bastante, ser estar acostumado. O que não é normal é que elas apareçam em momentos normais e rotineiros do dia.

A falta de potássio também pode diminuir o ritmo cardíaco e, como consequência, provocar tonturas.

Existem diferentes tipos de arritmia. Algumas fazem com que o coração bata muito rápido, enquanto que outras fazem com que ele bata lentamente. Nos casos mais graves, podem ocorrer batimentos cardíacos ectópicos.

Todos os tipos de arritmias podem causar diversos sintomas, que vão desde tonturas a desmaios. Um ritmo cardíaco irregular por qualquer causa também pode vir acompanhado de falta de fôlego, dor no peito e transpiração. 

Mulher com dor no peito por deficiencia de potássio

3. Pressão arterial alta

São muitos os fatores que influenciam na pressão arterial, incluindo os antecedentes familiares, o sobrepeso e o consumo de sal. A deficiência de potássio também é um fator determinante.

Tanto o excesso como sua falta podem ocasionar mudanças na pressão.

De acordo com vários estudos científicos, comer muitos alimentos com sal em excesso e poucas frutas e verduras contribui para a hipertensão.

4. Câimbras como sinal de deficiência de potássio

A atividade e o relaxamento dos músculos dependem do potássio. Esse relaxamento pode ser voluntário ou involuntário, dependendo do tipo de músculo que está trabalhando.

Quando há um déficit de potássio, o músculo se mantém contraído e provoca as câimbras. Se os espasmos musculares dolorosos nas pernas costumam ser muito recorrentes, pode ser devido à falta de potássio.

Descubra: Remédio com limão para aliviar a dor articular e as câimbras

Isso é muito comum nos atletas que treinam muito. Se este for o seu caso, é uma boa ideia tomar ocasionalmente uma bebida rica em eletrólitos que inclua potássio.

Alimentos ricos em potássio

Sempre que se fala em potássio, pensa-se na banana por ter uma alta concentração da substância. Mesmo que isso seja verdade, a banana não é o único alimento.

As opções que podem ajudar a compensar a deficiência de potássio de forma natural incluem:

Alimentos que aportam potássio

Acelga

Esta hortaliça é bem fácil de ser plantada em casa. Cerca de 100 gramas trazem 380 mg de potássio. Ela pode ser consumida em saladas ou vitaminas.

Banana

Todo mundo sabe que a banana é rica em potássio e que traz 370 mg por cada 100 gramas de polpa.

Leia também: Você tem dificuldades para pegar no sono? Tome chá de banana e canela antes de dormir

Lembre-se, no entanto, que caso você seja diabético, deve comer bananas com moderação.

Batata

Se você for daquelas pessoas que adoram de um bom purê de batatas, certamente nunca passou por uma deficiência de potássio.

  • A batata possui 418 mg de potássio por cada 100 gramas.
  • Para que não perca o mineral, o recomendado é consumi-la ao forno, grelhada ou cozida ao vapor.
  • Lembre-se de evitar as opções fritas.

Repolho

O repolho é outra verdura que pertence à família das couves e que traz 450 mg de potássio por cada 100 gramas.

Recomenda-se o consumo em saladas ou em pratos preparados ao forno.

Abacate

Essa fruta traz 487 mg de potássio para cada 100 gramas. Aproveite para desfrutá-lo em um molho frio, em uma salada ou em um lanche.

Espinafre

espinafre é uma verdura que pode ser consumida em diferentes pratos e que traz 554 mg de potássio para cada 100 gramas.

É provável que uma deficiência de potássio não passe pela sua cabeça quando você pensa nos nutrientes e que é preciso consumi-lo para se manter saudável.

No entanto, não podemos nos esquecer deste nutriente, pois ele desempenha um papel fundamental em muitas das funções do corpo.

Agora que já temos uma lista dos alimentos que contém potássio, é importante inclui-los na dieta.