4 conselhos para evitar doenças renais

· 1 de março de 2017
Mesmo que não relacionemos com frequência, as pessoas com problemas de pressão alta e diabetes tendem a ser mais propensas a desenvolver cálculos renais, por isso o ideal é se submeter a um controle médico

As doenças renais são um problema médico que pode afetar qualquer pessoa. Dado que os rins se encarregam de depurar as toxinas que entram em nosso corpo junto com os alimentos, uma boa alimentação pode ajudar a evitar esta classe de problemas.

Quais medidas devemos tomar para evitar as doenças renais? Depurar nossos rins com frequência? Você tem certeza que tem uma alimentação balanceada ou come de forma desequilibrada?

A complexidade dos problemas renais surge porque tende a ser doenças silenciosas até se encontrarem no estado avançado sendo então de difícil tratamento. O mais normal é sentir dor somente quando os cálculos renais estejam bem grandes.

O que são as doenças renais?

As doenças renais (também conhecidas como nefropatias) são complicações que reduzem a capacidade dos rins e evitam seu correto funcionamento.

Estas vão avançando de forma gradual até que o rim se torne incapaz de cumprir seu trabalho. A boa notícia é que uma vez detectado o problema, pode-se recuperar parte ou toda a função perdida.

O médico lhe indicará uma lista de recomendações que deverá seguir ao pé da letra. Além disso, você pode seguir os seguintes conselhos.

1. Cuide de sua alimentação

Você já deve ter lido em muitos lugares a importância de ser ter uma dieta variada. Isto não somente lhe permite criar opções mais saudáveis e deliciosas, como também ajuda seu corpo a obter diversos nutrientes que se encarregarão de evitar as doenças renais.

Os alimentos que não devem faltar em sua dieta são:

Mirtilos

Mirtilos evitam doenças renais

Os mirtilos são uma excelente opção para evitar doenças renais ou para lidar com elas, caso você já as tenha. Além de ter um sabor delicioso e refrescante, os mirtilos trazem uma grande quantidade de antioxidantes.

Mesmo que possam ser relativamente caros em alguns lugares, saiba que você somente precisa de 25 bagas para obter 800 a 1000 mg de fósforo. 

Aipo

Acredita-se que não se deve consumir o aipo quando se sofre doenças renais. No entanto, este alimento traz grandes benefícios para evitar todo tipo de nefrologias.

Seus compostos químicos orgânicos nivelam o hormônio do estresse e melhoram o funcionamento do sistema imune. Estes dois fatores se veem alterados quando qualquer tipo de doença renal aparece.

Além disso, perder peso é mais fácil quando se consume aipo. Isso se deve ao fato de que cada caule de aipo somente apresenta 10 calorias, sendo que o corpo gasta muito mais em seu processo de absorção.

Berinjela

A berinjela evita doenças renais

Os pacientes que já vivem com doenças renais tendem a ter uma dieta bastante restrita. No entanto, um dos alimentos que sempre são recomendados são as berinjelas.

Estes vegetais são ricos em fibras dietéticas, que facilitam o trabalho do sistema digestivo. 

Além do mais, as berinjelas são ricas em vitamina B, C e ácido fólico, nutrientes básicos para o corpo.

Evite comer proteínas em excesso

Mesmo que seja necessário comer proteínas, estes nutrientes somente devem abranger de 10 a 35% de sua dieta para assim evitar doenças renais. É melhor optar pelas proteínas vegetais do que a carne e os derivados animais.

2. Limite o consumo de sal

Estamos tão acostumados a consumir grandes quantidades de sal que nem sequer estamos conscientes disso. O sal está disponível em toda classe de alimento processado e, se não tivermos cuidado, pode nos causar doenças renais.

Um bom começo é reduzir a quantidade de sal com a qual temperamos nossos alimentos. Por exemplo, as saladas podem ser consumidas sem a adição de sal, mesmo que na receita seja recomendado adicionar uma pitada.

Os temperos que tendemos a usar são ricos em sal e conservantes. 

O sal ocasiona doenças renais

No caso dos alimentos que são cozinhados podemos escolher o sal grosso. Mesmo que existam substitutos para o sal, o recomendado é evitá-los. Estes produtos costumam ser preparados com químicos que podem afetar os rins.

A razão pela qual devemos evitar o sal fino é que este pode aumentar a pressão arterial, criar complicações com a diabetes e outras doenças.

 

3. Vigie seus níveis de pressão arterial e sua glicemia

Você sabia que as pessoas com problemas de pressão arterial e diabetes são mais propensas a apresentar doenças renais? Isto se deve ao fato de que estes dois problemas afetam o correto funcionamento dos rins.

Quando seus níveis de pressão arterial estão muito acima do normal os rins apresentam problemas para filtrar o sangue, urina e toxinas. Se esta situação não é vigiada e controlada, com o passar do tempo os rins são danificados irreversivelmente.

No caso da diabetes, os níveis de glicose também provocam a perda de proteínas pela urina. Se você vive com esta condição, assegure-se de que sua glicose se mantenha nos níveis apropriados.

Além disso, seu médico deve revisar pelo menos duas vezes por ano sua função renal. 

4. Faça exercício de forma habitual

Mulher fazendo exercícios para evitar doenças renais

O sedentarismo é um dos principais inimigos de seus rins. Quando se passa muito tempo sentado ou sem se mover, os rins ficam preguiçosos e seu funcionamento se torna dificultoso.

Evitar as doenças renais é possível com um pouco de exercício todos os dias. Faça pelo menos 30 minutos de atividade física três vezes por semana. 

As doenças renais podem afetar sua vida gravemente. Por isso é importante tomar as medidas para prevenir que elas surjam. No caso de já estar lidando com este problema, saiba que você pode revertê-lo com estas pequenas mudanças.