Como usar mirtilo para tratar infecções urinárias

· 4 de agosto de 2013
infecções urinárias são comuns e, às vezes, frequentes. Neste artigo explicaremos como o suco de mirtilo pode ser eficaz para preveni-las e tratá-las.

Você já se perguntou como o mirtilo pode nos ajudar a tratar as infecções urinárias? As infecções do trato urinário são frequentes na maioria das mulheres e podem ocorrer em qualquer lugar do sistema urinário tais como, por exemplo, uretra, bexiga, rins.

Sua causa mais comum em 80% dos casos é a bactéria E. Colli, mesmo que existam outras causas, como as infecções de transmissão sexual, que podem contribuir para seu desenvolvimento.

Assim, devido à presença de proantocianidinas no mirtilo, o suco puro da fruta se mostra eficaz na preservação e tratamento das infecções urinárias.

Sintomas de uma infecção urinária

sintomas de uma infecção urinária e como tratá-la com mirtilo

Os sintomas gerais iniciais de uma infecção do tipo são, por exemplo:

  • Vontade de urinar muito frequente;
  • Diminuição do volume de urina;
  • Sensação de bexiga vazia incompleta;
  • Queimação ao urinar;
  • Dor pélvica no caso da mulher;
  • Urina turva, escura e concentrada, com odor característico (muito forte)
  • A urina também pode parecer leitosa ou de um tom avermelhado, se houver sangue.

Leia mais: Curar uma infecção urinária natural e rapidamente

Como funciona o suco de mirtilo

Vários estudos demonstraram que o mirtilo evita que a bactéria E. Colli, que comumente causa essas infecções, adere à parede da bexiga. Assim, isso diminui a capacidade nociva da bactéria.

O suco de mirtilo pode ser eficaz quando as infecções forem recorrentes, especialmente nas mulheres, já que reduz significativamente a quantidade de bactérias na bexiga.

Por isso é um excelente preventivo desse tipo de infecção.

Também pode te interessar: 5 remédios com mirtilos vermelhos que você não conhecia

Como tratar uma infecção urinária com suco de mirtilo

como tratar uma infecção urinária com suco de mirtilo

Primeiramente, beba um copo de 200 ml do suco puro, 3 vezes ao dia. Isso é eficaz no tratamento. Os sucos de substitutos ou frutas parecidas, como jabuticaba, ou o suco açucarado, não funcionam. Além disso, existe o suco concentrado, nesse caso, tome uma colher, 3 ou 4 vezes ao dia.

Também é importante que se consuma de 3 a 4 litros de água por dia. Isso ajuda a diluir a urina e a concentração de bactérias, ajudando o sistema imunológico no combate às mesmas.

Depois de tratar a infecção, para prevenir sucessivas infecções, aconselha-se a tomar 200 ml ao dia do mesmo suco.
Não deve-se ingerir bebidas alcoólicas ou com cafeína com crise de infecção urinária, pois esses compostos aumentam a desidratação do organismo e causam irritação do trato urinário.

(No Brasil, o mirtilo é cultivado no Rio Grande do sul e, em sua maioria, pra exportação)

Imagem oferecida por Petr Kratochvil

  • Jesus, T. F. P. D. (2013). O mirtilo e suas propriedades terapêuticas (Doctoral dissertation, [sn]).
  • Teixeira, A. C. D. J. (2012). Fitoterapia aplicada à prevenção e tratamento de infecções urinárias (Doctoral dissertation, [sn]).
  • De Moura, J. L. (1999). Urinary infection in the adult. Acta Médica Portuguesa, 12(1-3), 57-62.
  • Caleiro, J. (1998). INFECÇÃO URINÁRIA. The New England Journal of Medicine, 339, 1085-1086.