3 soluções com menta para os problemas digestivos

5 de novembro de 2019
Graças as suas propriedades, a menta é um dos melhores remédios naturais para os problemas digestivos. Além de sua infusão, pode-se aproveitá-la de várias formas.

A menta é uma planta muito refrescante e tem propriedades muito benéficas. No entanto, hoje focaremos em algumas soluções com menta para os problemas digestivos, que permitirão lidar com eles de maneira efetiva.

Os inconvenientes digestivos são bastante frequentes. Muitas pessoas precisam enfrentar este tipo de incômodos logo após comer. Alguns dos mais comuns são a distensão abdominal, a prisão de ventre, a diarreia, a acidez ou a dor no abdômen.

Em muitos casos os desencadeantes são desconhecidos; somente se sabe que são muito incômodos e causam muita dor. Por isso, descubra estas três soluções com menta para os problemas digestivos.

Menta para os problemas digestivos

1. Infusão com menta

Infusão de menta

O primeiro remédio com menta para os problemas digestivos é também o mais conhecido. A infusão de menta é muito simples de realizar e, realmente, tem efeitos muito potentes.

Caso sofra com distensão abdominal ou digestões pesadas, tomar esta infusão com menta ajudará a evitar os gasesbem como se sentir mais leve após as refeições.

É possível preparar esta infusão com menta para tomar antes ou apos as refeições. Contudo, aconselhamos que o faça após, já que é quando a maioria dos problemas digestivos se manifesta. Para prepará-la, basta pegar os ingredientes e seguir os passos que mostraremos a seguir.

Ingredientes

  • 2 ramos frescos de menta fresca
  • 2 xícaras de água (500 ml)
  • Mel (opcional)

Modo de preparo

  • Primeiramente, coloque água para ferver em uma panela, juntamente com os dois ramos de menta fresca.
  • Assim que ferver, desligue o fogo e deixe repousar por uns 5 minutos.
  • Por fim, coe a mistura e adicione mel, se assim desejar.

O normal é que, a menos que outras pessoas bebam a infusão, termine sobrando algo. Para guardá-la, coloque-a em um recipiente hermético.

Pode te interessar: 6 segredos de alimentação de um dermatologista para que a pele fique perfeita

2. Mastigar menta

Folha de menta

Sofrer com acidez é algo bastante incômodo. Essa sensação de ardência no estômago não nos faz sentir bem. Por isso, caso se encontre fora de casa, mastigar folhas de menta pode ser uma opção para paliar os incômodos.

Ainda que isso costume ser recomendado para o mau hálito, o certo é que trará uma grande sensação de alívio. Trata-se de uma alternativa melhor que os fármacos ou pastilhas para tratar a acidez.

Outro dos benefícios de mastigar folhas de menta é que reduz as tonturas e as náuseas. Estes sintomas podem aparecer quando se sofre com acidez estomacal ou tenha comido de forma exagerada.

3. Óleo de menta

Outra das soluções com menta para os problemas digestivos é seu formato de óleo. Pode-se encontrá-lo em qualquer loja de produtos naturaisainda que também seja possível prepará-lo de maneira caseira.

Ingredientes

  • Folhas de menta
  • 1 frasco de vidro
  • Óleo de base (oliva, amêndoas, etc)

Leia também: Benefícios do óleo de amêndoas para a saúde

Modo de preparo

Óleo de menta

  • Primeiramente, corte e lave bem as folhas de menta.
  • Em seguida, coloque-as no frasco e triture.
  • Adicione o óleo de base no frasco com as folhas de menta, até que as cubra.
  • Depois, feche o frasco e deixe-o repousar durante 24 horas.
  • No dia seguinte, coe o óleo e volte a adicionar mais folhas.
  • Repita o processo durante uma semana.
  • Por fim, quando o óleo estiver pronto, armazene em um local fresco e escuro.

Quando se sentir inchado, com gases ou acidez, pode tomar uma colher deste óleo. O alívio será instantâneo e muito refrescante. Se for muito demorado preparar seu próprio óleo caseiro pode, como mencionamos anteriormente, comprá-lo.

Por que usar as soluções com menta?

A menta tem propriedades que foram objeto de muitos estudos. Por exemplo, nesta tese são revelados muitos dos benefícios da menta e são indicadas algumas propriedades que a tornam ideal para tratar os problemas digestivos.

Neste trabalho, é exposto que a menta tem propriedades antiespasmódicas, o que alivia as cólicas estomacais. Além disso, é considerada muito apropriada para eliminar as náuseas.

Por outro lado, algo essencial que a menta consegue fazer é aumentar a produção de bile. Isto permite acelerar a decomposição dos alimentos e, por conseguinte, faz com que a digestão seja realizada de forma mais rápida, para evitar a sensação de estar cheio.

O que a tese também indica é que a menta não é uma planta estimulante, por isso que é adequada para pessoas que sofrem com muito estresse. Sem dúvida, esta erva é uma excelente opção.

  • Alvarez Sarmiento, X. P. (2012). Identificación, historia, características y aplicaciones culinarias de cinco plantas aromáticas endémicas de América (Bachelor’s thesis).
  • Quispe Valencia, D. (2016). Uso terapéutico de menta piperita (menta) en pobladores del asentamiento humano Las Lomas de la Pradera. Pimentel. Chiclayo, setiembre 2014–setiembre 2015.
  • Vera Palma, A. P., & Cevallos Martínez, E. X. (2013). Aprovechamiento sostenible de plantas medicinales en la implementación de una farmacia natural en la comunidad Balsa en medio del cantón Bolívar (Bachelor’s thesis, Calceta: Espam).