Chocolate: benefícios para a saúde que você provavelmente desconhecia

· 27 de junho de 2015

O chocolate tem um sabor muito agradável, ideal para desfrutá-lo sozinho ou acompanhado de muitos outros alimentos e sobremesas. Entretanto, muitas pessoas se sentem culpadas ao comer este alimento, sem saber que algumas gramas por semana fornecem muitos nutrientes.

Um número crescente de pesquisas determinou que o chocolate amargo é um alimento rico em antioxidantes, ideal para incluir na dieta por seus importantes benefícios para a saúde. Nessas pesquisas, descobriu-se que o preto é rico em flavonoides, antioxidantes importantes que protegem o corpo de diferentes doenças.

São muitos os dados nutricionais que as pessoas desconhecem sobre o chocolate. Certamente, depois de ler esses dados reveladores, você vai querer comer chocolate com mais frequência.

Recomendamos também a leitura: 5 razões para consumir chocolate amargo

Os benefícios do chocolate para a saúde
Chocolate-negro-500x334

O chocolate contém uma quantidade mínima de cafeína em comparação de outros alimentos, como o café, o chá e outros produtos com esse estimulante. Além disso, seu consumo pode ajudar a prevenir e tratar diferentes doenças, já que atua como um analgésico natural.

Outro fato interessante é que um só bombom proporciona as energias suficientes para percorrer até 150 metros. Ou seja, é capaz de melhorar o rendimento físico e diminuir a fadiga.

Além disso, melhora ainda a concentração e a memória, em razão de sua grande quantidade de flavonoides, que podem promover o fluxo de sangue do cérebro. Ao mesmo tempo protegem a pele do sol, previnem queimaduras solares e doenças e contribuem com a regeneração celular.

É muito bom para o coração graças ao seu alto conteúdo de antioxidantes. O consumo de chocolate preto ajuda a dilatar artérias e promove o fluxo sanguíneo, ajudando a evitar o entupimento arterial. Além disso, pode aumentar a expectativa de vida nas pessoas que o consumem regularmente.

Um estudo publicado na revista Physiology & Behavior revelou que ele também pode ajudar a ver melhor em situações de baixo contraste.

O aroma do chocolate aumenta as ondas cerebrais theta, que induzem à relaxação. Além disso, seu consumo estimula a liberação de endorfinas adicionais, que geram sensação de prazer e proporcionam bem-estar. Portanto, durante a gravidez ajuda a prevenir o estresse e melhora o estado de ânimo.

Recentes pesquisas determinam que consumir 567 gramas de chocolate preto por semana reduzem em até 20% o risco de acidente cerebrovascular. Além disso, o cacau contém ácido oleico, que é um tipo de gordura que poderia ajudar a aumentar os níveis de colesterol bom.

Ele pode ajudar a prevenir a cárie dental, pois agentes antibacterianos presentes no cacau compensam seus altos níveis de açúcar.

Os benefícios para quem quer perder peso e se manter jovem

Embora muitas pessoas não acreditem, o chocolate poderia ser um grande aliado para quem deseja perder peso. Esse alimento pode ser um apoio graças ao seu alto conteúdo de antioxidantes e seu poder de gerar saciedade.

É utilizado em uma grande quantidade de produtos de beleza, já que umedece a pele, suaviza e ajuda a prevenir a aparição precoce de rugas.

Recomendamos também a leitura: 2 receitas para preparar torta de chocolate

Recomendações para comer chocolate

Chocolate-negro-500x352

O chocolate altamente benéfico para a saúde é o preto amargo com ao menos 65% de cacau. Embora, alguns tipos brancos conservem algumas propriedades, eles costumam ser menos benéficos do que o preto. Além disso, seu consumo deve ser moderado, consumindo um máximo de 57 gramas por dia.

As pessoas com diabete e problemas de obesidade devem consultar ao médico antes de incluir o chocolate amargo na sua dieta.

  • MAYDATA, Buenaventura Alfredo GUTIÉRREZ. Chocolate, polifenoles y protección a la salud. Acta Farm. Bonaerense, v. 21, n. 2, p. 149-52, 2002.
  • VALENZUELA, Alfonso. El chocolate, un placer saludable. Revista chilena de nutrición, v. 34, n. 3, p. 180-190, 2007.
  • GÓMEZ-JUARISTI, Miren et al. Efectos beneficiosos del chocolate en la salud cardiovascular. Nutrición Hospitalaria, v. 26, n. 2, p. 289-292, 2011.
  • MELO, Guida Filipa Gonçalves. Factores de risco cardiovascular, hábitos alimentares e o consumo de chocolate em indivíduos adultos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. [sn].