Mais de 10 razões para comer mais abacate

· 18 de junho de 2014
O abacate nos oferece energia, ajuda a diminuir a inflamação das articulações e estabiliza o ritmo cardíaco, por isso é muito recomendado para os esportistas.

Teríamos realmente razões para comer mais abacate?

Paradoxalmente, esta fruta tem muitas propriedades, mas não é tão popular como outras, tais como a maçã ou a laranja. É que contém um pouco de gordura que, até pouco tempo, acreditava-se que não era boa para perder peso ou para as dietas de atletas.

Mas, neste artigo, você aprenderá mais sobre esta fruta, suas incríveis propriedades e os benefícios que pode trazer à sua saúde.

Uma fruta: muitas propriedades

Devido às suas propriedades, comer mais abacate é uma boa decisão

Primeiramente, é válido ressaltar que sua gordura não é prejudicial, como algumas pessoas costumam pensar. Então não é uma justificativa para não comer mais abacate.

Ele é um dos melhores alimentos que um atleta pode consumir, porque lhe proporciona uma grande quantidade de energia e permite que faça seus exercícios de forma mais proveitosa.

Mas, não é uma fruta incrível somente para quem faz exercícios como também para quem trabalha em empresas, para as crianças, os idosos, as mulheres grávidas, todos em geral. Veja:

Comer mais abacate pode beneficiar ao sistema cardíaco

O abacate ajuda a melhorar os níveis de colesterol e ao mesmo tempo a estabilizar o ritmo cardíaco (por isso se diz que é bom para os atletas). Um pedaço desta fruta oferece gorduras monoinsaturadas, ácido oleico e alfa-linoleico (conhecido popularmente como ácidos graxos Ômega 3).

Pode ajudar no crescimento e reparo da massa muscular

Por conter uma boa quantidade de proteínas, potássio e zinco, mais do que as bananas. Ao comer mais abacate sua contribuição em gorduras “boas” melhorará os níveis de testosterona de maneira natural.

Na desinflamação das articulações

Por isso, é recomendado para os casos de artrite, e ajuda a reparar as cartilagens graças aos ácidos graxos essenciais e as vitaminas do grupo E.

Em dietas de emagrecimento

Permitem que nos sintamos saciados por mais tempo por conter fibras solúveis e insolúveis, diminuindo o ritmo da decomposição dos carboidratos. A grande quantidade de ácido oleico ativa as zonas do cérebro que nos fazem sentir saciados.Comer mais abacate pode te ajuadar a emagrecer

Leia também: 5 receitas com abacate deliciosas, nutritivas e fáceis

Além disso, o abacate melhora o sistema imunológico graças a seu alto nível de carotenoides. A luteína, outro de seus componentes, atua como um antioxidante e protege das doenças da vista. O bom é que esta fruta pode ser consumida crua, com salada, com vegetais, sozinha, com torradas etc.

Como já foi dito anteriormente, é bom para as gestantes, porque previne doenças no bebê e na mãe, principalmente se existem antecedentes na família. E, por ser rico em ácido fólico, é um suplemento vital para este período, sempre evitando consumi-lo como medicamento ou químico.

Se você está tentando engravidar, não duvide em consumir abacate como preparação do corpo e da sua saúde.

Contra o colesterol ruim (LDL)

aguacate4

Os pacientes que sofrem de colesterol alto podem aproveitar as vantagens deste delicioso alimento para reduzir os índices de LDL (o colesterol ruim) e subir os de HDL (o bom) algo, sem dúvida, de grande importância para prevenir problemas cardiovasculares, como no caso de AVC, cada vez mais frequentes.

Na estética

O abacate também tem bons efeitos para a estética, prevenindo o envelhecimento da pele e protegendo o cabelo, portanto você pode usá-lo entre seus aliados para ficar muito mais bonita e jovem.

Pode ser aplicado como uma máscara no rosto, para melhorar as lesões de queimadura de sol e também para atenuar as rugas. Ao fazer isso você vai observar um resultado interessante.

Saiba mais: Como usar a semente de abacate no tratamento da celulite

Na culinária

Graças à sua consistência cremosa pode ser usado como um substituto para a manteiga ou para maionese. É uma boa ideia para fazer bolos, pão de banana, brownies, sanduíches, torradas para o lanche, decorar saladas etc.

Na medicina tradicional se usa várias propriedades do abacate, principalmente, afrodisíaco e contra a diarreia. Se utiliza para estes casos as sementes (torrada, ralada…), as folhas e até a casaca. Mas, não somente para estes dois objetivos, mas também para aliviar a disenteria e evitar a calvície.

E a semente de abacate?

aguacate6

Além da polpa, pode-se consumir outras partes do abacate, como a semente. Ainda que possa parecer um pouco estranho já que é tão grande, o fato é que moída e usada para diferentes receitas, sejam cruas ou cozidas, te ajudarão em vários aspectos.

A grande maioria dos aminoácidos desta fruta se encontra na semente, seu azeite permite reduzir o colesterol e defende o organismo de doenças cardiovasculares ou infartos. Os estudos comprovaram que ela tem mais fibras solúveis que qualquer outro alimento que conhecemos.

Mais propriedades

Além disso, é uma excelente aliada para combater a diarreia ou as inflamações no trato gastrointestinal. Em vários países se usa para tratar infecções ou problemas digestivos.

A semente do abacate contém compostos fenólicos que servem para prevenir úlceras intestinais e também infecções bacterianas ou virais. Ao conter flavonol, não permite o crescimento de tumores. Também serve para fortalecer o sistema imune e evitar as doenças debilitantes, assim como o envelhecimento precoce.

Pessoas que sofrem de artrite e outras doenças similares encontrarão em sua semente uma grande aliada para aliviar as dores. Seu óleo proporcionará um brilho maior para o cabelo, e também servirá para curar e tratar a caspa.

Também tem um efeito rejuvenescedor, aumentando o colágeno da pele, para uma aparência mais suave e sem rugas.

Ralar, torrar e beber as sementes do abacate no chá, controla os ataques de asma. Além disso, segundo a medicina QiGong, nos ajuda a sentirmos em harmonia e com energia. A semente do abacate pode ser consumida seca, ralada, torrada, assada, na salada, em infusões, vitaminas, batidas ou sozinhas (ainda que tenha um suave sabor amargo).

Imagens cortesia de Javier Lastra, Joselu Blanco, Jaanus Silla, Luca Nebuloni e Harmony Rae.