10 conselhos para desintoxicar o sistema linfático

· 6 de maio de 2017
A fruta consumida depois das refeições pode retardar a digestão, mas se for consumida em jejum pode nos beneficiar devido às suas enzimas e ácidos essenciais, que ajudarão a desintoxicar o sistema linfático

Nos preocupamos muito em cuidar do coração ou dos rins, mas quase nunca prestamos atenção na importância do sistema linfático. 

Esta complexa rede de nódulos e glândulas forma parte do sistema circulatório. É o encarregado de nos oferecer imunidade, de depurar moléculas de gordura e transportar proteínas.

Em certos momentos, devido a fatores como o estresse ou uma má alimentação, os materiais de resíduos podem se acumular no sistema linfático. Aí e não só começaremos a nos sentir mais cansados, como também estaremos mais vulneráveis a doenças.

Tampouco podemos nos esquecer de que um sistema linfático que é lento, impede-nos de emagrecermos rapidamente .

Quer saber como desintoxicar o sistema linfático e melhorar a saúde?

1. Controle o estresse e suas emoções de forma saudável

Podemos dizer que o estresse é o mal moderno que nos adoece cada dia mais. A importância de saber controlá-lo é vital.

  • O estresse libera substâncias como o hormônio cortisol e as catecolaminas, que obrigam nosso organismo a reagir, a “estar alerta”.
  • Aumenta nossa pressão sanguínea, nossas pulsações e o sistema imune, do qual o sistema linfático faz parte. Também acumula glóbulos brancos em determinadas estruturas do sistema nervoso, com a ideia de “se defender” ante essa situação de perigo.
  • No entanto, se o estresse se tornar crônico, iremos perder glóbulos brancos. São muitos dias nos defendendo, trabalhando, assim que o nível de imunidade de nosso corpo diminui e corremos mais riscos de ficar doentes.

Leia mais sobre os 7 conselhos práticos para reduzir o estresse.

2. A importância de caminhar todos os dias

Fazer exercício para estimular o sistema linfático

Exercícios aeróbicos como caminhar, andar de bicicleta, dançar ou nadar são muito benéficos para melhorar a correta circulação e depuração do sistema linfático.

Todo exercício físico oxigena, regula a respiração e eleva assim as defesas naturalmente.

3. Água com suco de limão

A água depura, facilita o bom funcionamento dos órgãos e também hidrata. Agora, também precisamos de nutrientes e sais minerais.

É por isso que a cada 3 dias é bom tomar um litro e meio de água com o suco de meio limão. É uma mistura muito recomendada para desintoxicar o sistema linfático, e também para conseguir vitaminas e minerais essenciais para o organismo.

Lembre-se também de não adoçar nunca com açúcar.

4. Não às bebidas com gás

Os típicos refrescos com gás que a gente tanto gosta são um dos grandes inimigos do sistema linfático. Estes produtos contêm conservantes, ácidos e químicos que não podem ser depurados rapidamente.

E se, além disso, seguirmos uma alimentação incorreta, o corpo se inflamará, se tornará lento. Deixará de depurar aqueles nódulos de gordura e reduzirá o número de glóbulos brancos, o que deixará o sistema imune mais fraco.

Evite os refrigerantes ou tome-os em momentos pontuais.

5. Sim à cor verde

Infusão para estimular o sistema linfático

Diga sim a todas aquelas verduras de cor verde ricas em clorofila, em vitamina B e em bioquímicos, essenciais para depurar o sangue e desintoxicar o sistema linfático.

Não se esqueça de incluir em sua dieta vegetais frescos e de cultivo orgânico. Aqui vão alguns exemplos:

  • Brócolis
  • Couve de Bruxelas
  • Pimentão verde
  • Abobrinha
  • Espinafre
  • Algas
  • Agrião
  • Salsa
  • Alface
  • Aipos
  • Alho poró

6. Consuma frutas com o estômago vazio

Talvez este dado tenha lhe surpreendido, e é por isso que lhe convidamos a levar essa informação em consideração:

  • A fruta contém enzimas e ácidos essenciais que ajudam a desintoxicar o sistema linfático. E nós beneficiaremos mais destas propriedades, se as consumirmos com o estômago vazio.
  • A fruta demora meia hora para ser digerida e, por isso, nosso sistema linfático começará a notar a diferença logo.
  • Se comermos frutas depois das refeições, a digestão será um pouco mais pesada e não obteremos todos aqueles ácidos e enzimas.

Leia também:

Receita simples de iogurte caseiro de frutas

7. Sim aos frutos secos

Tome nota das quantidades diárias que devemos consumir e do tipo de fruto seco mais adequado para desintoxicar o sistema linfático ( Então, não se trata de consumi-los “todos a cada dia”).

  • Entre 3 e 5 nozes
  • Entre 8 e 10 amêndoas
  • Entre 15 e 20 pistaches
  • Entre 8 e 10 avelãs
  • 15 gramas de sementes de linhaça
  • 15 gramas de sementes de girassol (sem sal)
  • 15 gramas de sementes de abóbora

8. Beba suco de mirtilos

Sempre sem açúcar, lembre-se. Beber todos os dias um suco natural de mirtilos ajuda a depurar o sistema linfático de gorduras e tóxicos.

No entanto, sabemos que nem sempre é fácil conseguir suco de mirtilos, então, você também pode preparar suco natural de uvas vermelhas ou romã.

9. Sim às plantas naturais

Chá para estimular o sistema linfático

Existem infusões excelentes para desintoxicar o sistema linfático. Podem ser consumidas no café da manhã ou depois da refeição central do dia.

Quer saber quais são as mais adequadas?

10. Sim aos banhos desintoxicantes

Uma vez por semana é ideal preparar um banho relaxante. Para isso, basta utilizar água morna, sulfato de magnésio e óleo essencial de lavanda.

Não se esqueça de utilizar uma esponja esfoliante para eliminar a pele morta e abrir os poros de sua pele.