10 alimentos que nenhum especialista em comida comeria

3 de junho de 2019
De acordo com especialistas, existem muitos alimentos que não devemos consumir, pois escondem o perigo de intoxicação. Preparamos uma lista de produtos de risco e opções para substituí-los. Veja 10 alimentos que nenhum especialista em comida comeria.

Às vezes, por trás de certos alimentos, que pensamos serem saudáveis, são muito mais prejudiciais do que pensamos, e uma amostra disso são esses 10 alimentos que nenhum especialista em comida comeria. Aqui lhe dizemos os motivos.

Embora o ideal seja parar de usar os produtos desta lista, se não conseguirmos, pelo menos podemos encontrar uma alternativa mais saudável.

10 alimentos que nenhum especialista em comida comeria

1. Ostras cruas

Ostras

Segundo os especialistas que trabalham no campo da intoxicação alimentar, ninguém deve comer frutos do mar crus. Por causa do aumento da temperatura no oceano, este tipo de produto se torna o ambiente perfeito para a reprodução de bactérias.

Como comê-las

Um especialista em comida sempre comeria as ostras cozinhadas. Sem dúvida alguma, uma boa opção para que não percam seu excelente sabor é optar por ingeri-las cozidas com um molho picante. Você verá que são igualmente deliciosas.

Leia também: 7 alimentos que não se deve consumir à noite

2. Suco recém-espremido

Acredita-se exatamente no contrário, mas a verdade é que o suco recém-espremido pode causar contaminação por vírus, bactérias e parasitas. Nesse caso, o risco seria maior do que o benefício.

Como substituí-lo:

Se você sentir vontade de beber suco, o mais seguro é que você os tome já pasteurizados. Além disso, se você está buscando preservar as vitaminas, prefira comer a peça de fruta.

3. Carne pouco cozida

A carne pouco cozida é uma opção para um especialista em comida, mas a verdade é que pratos que não se submetem a temperaturas abaixo de 71 ° C não matam a E. coli ou Salmonela.

Como substituí-la:

  • Cozinhe a carne completamente.

4. Grãos germinados

Grãos integrais para proteger a agilidade mental

As bactérias E. coli e Salmonela são encontradas mais frequentemente do que você pensa. Aqueles que são saudáveis ​​são os grãos que não foram processados ​​pelos químicos.

Como substituí-los:

Opte por grãos à base de trigo, alfafa… que foram cultivados de acordo com as regras ou com sementes cruas. Ou seja, como podem ser a linhaça, a abóbora, o girassol que são igualmente benéficos.

5. Leite ordenhado recentemente 

As condições em que o leite recém-ordenhado é produzido não são exatamente estéreis. E há um alto risco de contaminação por bactérias e vírus. Esses vírus só podem ser mortos pela fervura do leite.

Como substituí-lo:

Será suficiente ferver ou pasteurizar o leite.

6. Couve de Bruxelas não cozinhada

Nos últimos anos, houve alguns casos de intoxicação por comer couves de Bruxelas cruas.

Como substituí-la:

Para evitar E. coli e Salmonela, a couve terá que ser frita e assada pelo menos a 160 ° C.

7. Peixe de rio cozido

Peixe cru

O peixe do rio, mesmo que cozido, não é o prato mais recomendado. É que cientistas espanhóis descobriram que, durante a preparação dos peixes do rio, apenas 18% das cianotoxinas perigosas são neutralizadas.

As outras substâncias nocivas dos peixes passam para o caldo e geram uma alta concentração de toxinas.

Com o que substituir

O melhor é que você opte por um peixe cozido no vapor, pois isso neutralizará 26% das cianotoxinas.

8. Embutidos

Pesquisas mostraram que mesmo os embutidos mais caros e de alta qualidade contêm nitratos que causam câncer. 1 quilo de embutido contém 400% mais de sal e 50% mais de gordura do que um pedaço de carne crua.

Como substituí-lo

  • A carne seca que você pode preparar em casa seria igual ou melhor.

Visite ademais este artigo: 7 alimentos proibidos se você sofre com hipotireoidismo

9. Alimentos embalados que nenhum especialista em comida comeria

Os fabricantes de alimentos usam hidroxianisol butilado (BHA) e hidroxitolueno butilado (BHT) para preservar este tipo de produto e, se comermos essas substâncias em altas doses, poderemos desenvolver transtornos hormonais, e se abusar da BHA, poderemos desenvolver câncer.

Como substituí-lo:

  • Com conservas caseiras ou preparando alimentos diariamente.

10. Frutas e vegetais recentemente lavados são os escolhidos por um especialista em comida

Nenhum especialista em comida comeria tomate sem lavar

Frutas e vegetais que são vendidos já lavados e picados passaram por várias mãos, e quanto mais as pessoas tocam seus alimentos, maior a probabilidade de passar os micróbios.

Segundo um especialista em comida, bons substitutos seriam:

  • Em primeiro lugar, compre frutas no mercado.
  • Posteriormente, lave bem todas as peças.
  • Finalmente, prepare uma salada de frutas em casa.
  • Nauka, Ż. (2008). WPŁYW WARUNKÓW PRZECHOWYWANIA NA JAKOŚĆ WYBRANYCH, DOSTĘPNYCH W OBROCIE HANDLOWYM, MAŁO PRZETWORZONYCH PRODUKTÓW WARZYWNYCH. Technologia. Jakość.
  • Kowalczyk, D., Stryjecka, M., & Baraniak, B. (2007). CHARAKTERYSTYKA WŁAŚCIWOŚCI FUNKCJONALNYCH NIEMODYFIKOWANYCH I ACYLOWANYCH KONCENTRATÓW BIAŁEK SOCZEWICY I ICH TRYPSYNOWYCH HYDROLIZATÓW. Technologia. Jakość.