10 alimentos bons para a memória

23 de novembro de 2013
Além de consumir alimentos que favoreçam seu desenvolvimento, pratique atividades de agilidade mental e fala cálculos e outros exercícios para exercitar o seu cérebro.

Porque investir nos alimentos bons para a memória é um ótimo negócio?

Por mais que a ciência evolua, não tem jeito, o processo de envelhecimento dos seres humanos continua sendo, até agora, irreversível.

Além disso, enquanto tratamentos estéticos e produtos de beleza têm conseguido ao menos retardar os efeitos do tempo externamente, como fazer para conseguir evitar a deterioração do cérebro e da memória, por exemplo?

Assim, uma das estratégias é ter uma alimentação saudável, apostando nos alimentos que comprovadamente são bons para a memória. Confira:

10 alimentos bons para a memória

1. Abacate

Abacate pra memória

O abacate é o primeiro dos alimentos bons para a memória que apresentamos aqui.

Assim, possui vitamina B3 (niacina), que participa da manutenção de substâncias químicas nervosas e hormônios que regulam a memória.

Além disso, frutas frescas, orgânicas, também são antioxidantes naturais e contêm elementos que ajudam a formar um neurotransmissor, a acetilcolina, substância que faz a comunicação de uma célula com outras.

2. Acerola

Acerola pra memória

Outro dos alimentos bons para a memória, por ser rica em vitamina C, a acerola combate às reações tóxicas que ocorrem nas células e no sistema nervoso.

Ela é de suma importância na formação de acetilcolina que participa do desenvolvimento cerebral, sendo importante para a formação de novas células, incluindo as células nervosas cerebrais e na reparação das células já lesadas.

Além disso, também é recomendada no combate aos radicais livres, intensificando a ação antioxidante de outros nutrientes.

Assim, a mesma auxilia no combate às reações tóxicas que ocorrem nas células e no sistema nervoso, e é de suma importância na formação de acetilcolina.

Saiba mais: Os incríveis benefícios da acerola

3. Amêndoa

Amêndoa para memória

A amêndoa contém vitamina B2 (riboflavina) que regula a glutationa, um dos maiores protetores celulares contra a ação dos radicais livres.

4. Amendoim

Amendoim para memória

Contém vitamina B3 (niacina) que participa da manutenção de substâncias químicas nervosas e hormônios que regulam a memória.

5. Arroz

Vitaminas do arroz ajudam na memória
(Foto: buriedalive__/Flickr)

Contém vitamina B2 (riboflavina) que regula a glutationa, um dos maiores protetores celulares, contra a ação dos radicais livres.

Entretanto, também contém magnésio, que está presente nos receptores NMDA (N-metil-D-aspártico) que existem no hipocampo, onde se dá a formação da memória.

6. Aveia

Aveia é um alimento que ajuda a memória

Possui vitamina B1 (tiamina), essencial para a transformação de glicose em energia, aumentando significante a formação de ATP (Adenosina Trifosfato), responsável pelo armazenamento de energia.

Além disso, também contém vitamina B2 (riboflavina) que regula a glutationa, um dos maiores protetores celulares contra a ação dos radicais livres e vitamina B6, importante para a formação de neurotransmissores.

Seu déficit diminui a formação de serotonina (neurotransmissor que fornece a sensação de bem estar). E assim como o arroz, também contém magnésio.

Também te interessará ler:4 vitaminas com leite de aveia para reduzir a fome

7. Avelã

Avelã para memória

Possui vitamina B1 (Tiamina), essencial para a transformação de glicose em energia, aumentando significante a formação de ATP (Adenosina Trifosfato), responsável pelo armazenamento de energia.

8. Azeite

Azeite para memória

Para o neurologista André Felício, o azeite de oliva cru, ou “in natura”, por sua vez, possui gorduras saudáveis para o cérebro. Assim elas auxiliam na formação de uma capa que, praticamente, todas as células do tecido nervoso têm, a mielina.

9. Banana

Banana é um alimento que contribui muito para memória

Possui vitamina B6, importante para a formação de neurotransmissores. Além disso, seu déficit diminui a formação de serotonina (neurotransmissor que fornece a sensação de bem estar).

10. Batata doce

Batata doce para memória

Por último, citamos a batata doce, que possui vitamina B3 (niacina).

Esta vitamina participa da manutenção de substâncias químicas nervosas e, além disso, de hormônios que regulam a memória, segundo a nutricionista Ariane Machado Pereira.

Em suma, ao planejar sua alimentação busque formas criativas de inserir todos estes alimentos. Assim, no futuro sua saúde física e mental te agradecerá.

de Menezes, M. F. G., Tavares, E. L., dos Santos, D. M., Targueta, C. L., & Prado, S. D. (2010).

Alimentação saudável na experiência de idosos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 13(2), 267-275.

Ribeiro, G. N. M., & Silva, J. B. L. D. (2014).

A alimentação no processo de aprendizagem. Eventos Pedagógicos, 4(2), 77-85.